Essenciais
ESTUDE NO EXTERIOR : Antes de partir - Leitura recomendada

Consultora explica como é o trabalho de orientação para quem quer estudar no exterior

Como uma agência de consultoria pode ajudar no processo seletivo nos Estados Unidos, Inglaterra e Canadá.

Consultora explica como é o trabalho de orientação para quem quer estudar no exterior
2275

O Hotcourses Brasil entrevistou Emily Dobson, consultora educacional coorporativa, criadora da Brazil College Counseling, agência de orientação universitária para brasileiros que gostariam de estudar nos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá. Reconhecida oficialmente pela UCLA Credentialed Higher Education Consultants Association e autorizada a trabalhar no Brasil, Emily, que é americana e mora no Brasil há mais de dez anos, explicou como é o trabalho de um consultor acadêmico e de sua equipe brasileira na agência.

 

Com as suas respostas, fica mais claro para compreendermos de que forma o estudante pode receber orientação de um profissional durante o processo seletivo no exterior.

 

Primeiramente, gostaríamos de compreender o trabalho de um counselor (consultor) no Brasil. Como é a sua rotina profissional? 

 

Como uma consultora educacional coorporativa e orientadora acadêmica, eu trabalho com parcerias com colégios, faculdades e universidades, além de oferecer orientações individuais a estudantes. É muito importante, no início dos meus dias, passar um período me interando sobre as novas tendências e mudanças no mundo da educação no exterior em veículos de comunicação de confiança, dentre eles os sites Hotcourses. Depois, checo datas importantes para postar em nossas redes sociais, como o prazo de inscrição para a prova SAT ou para processos seletivos de universidades internacionais. Além disso, mantenho nossas redes sociais atualizadas com informações que acredito ser úteis, tentando atender as dúvidas e a demanda dos estudantes.

 

A segunda parte da minha rotina profissional é atender aos nossos clientes, estudantes e universidades. Alguns dias são preenchidos com a construção do networking com instituições, ajudando os estudantes a formarem as suas listas de universidades as quais se inscreverão, e consultando representantes no sistema educacional brasileiro. Faz parte do meu trabalho também providenciar feedback de essays escritos por clientes estudantes, desenvolver projetos de serviços e voluntariados, ministrar treinamentos em escolas sobre como escrever cartas de recomendação, dar palestras, organizar feiras educacionais, e agendar visitas de representantes em escolas brasileiras.

 

Eu viajo para os Estados Unidos diversas vezes ao ano para participar de conferências e visitar universidades, para que eu possa me atualizar e continuar a oferecer os melhores serviços de consultoria aqui no Brasil. Este ano, por exemplo, participarei da conferência da Higher Education Consultants Association (HECA) em Nashville, e na conferência da Overseas Association for College Admission Counseling (OACAC) em Nova York.

 

Qual é o melhor período para o estudante procurar a orientação de um consultor? Como é o trabalho realizado junto ao estudante?

 

Apesar das admissões serem feitas apenas durante alguns períodos específicos do ano, a preparação para a inscrição não tem data certa, é feita o ano todo.

 

O sistema de ensino brasileiro é engajado em preparar os estudantes para o vestibular; por este motivo, é comum que os brasileiros decidam dar início ao processo de inscrição no exterior no último minuto. No entanto, no exterior, o processo de admissão é holístico; isto significa que o estudante é avaliado por completo: terá que demonstrar interesse real pela universidade e provar que atende aos requerimentos e aos objetivos da instituição – ou seja, não é apenas uma nota em um teste que dirá se ele deve ser admitido ou não (apesar da nota também ser importante). Tendo isto esclarecido, acredito que os estudantes interessados em cursar o ensino superior no exterior devem procurar orientação desde o começo do ensino médio (o colegial), para planejar suas inscrições o mais cedo possível.

 

Converse com o diretor da sua escola e sugira a realização de uma palestra com um consultor profissional, que saberá explicar as estratégias de planejamento ano a ano. Em muitas escolas internacionais, nós começamos a orientar os estudantes na oitava série (ou nono ano), para que eles possam começar a planejar suas inscrições e objetivos a serem colocados em prática durante o colegial; e para que compreendam o processo de forma completa (inclusive as provas, SAT/ACT/TOEFL).

 

Os estudantes que não têm acesso a um consultor podem receber ajuda gratuita pelo www.collegeboard.org, um dos websites universitários mais inclusivos e respeitados do mundo. É também o site para se inscrever nos testes padronizados exigidos pelas universidades americanas, como o SAT.

 

Quando você trabalha em conjunto com um counselor profissional, você:

 

1.       Tem uma melhor compreensão individual como pessoa e estudante;

2.       Trabalha com uma lista realista de instituições americanas;

3.       Completa os requerimentos de admissão de maneira bem sucedida e dentro do prazo exigido;

4.       Melhora as suas habilidades de organização, escrita, edição, raciocínio crítico e comunicação.

 

Como é a sua equipe de aconselhamento no Brasil? Quais serviços vocês oferecem?

 

Minha equipe foi formada com base em alguns fatores: o que os nossos clientes precisam, experiências prévias e respeito pela ética na prática de consultoria. Na agência Brazil College Counseling (BCC), você encontrará especialistas em diferentes áreas do planejamento acadêmico. Meus consultores são todos registrados oficialmente em consultoria acadêmica, são membros de associações de consultores, e mantêm um relacionamento com as equipes de admissão das universidades internacionais.

 

Charline é a nossa especialista em UCAS. O UCAS é o site de inscrição para o processo seletivo de instituições do Reino Unido, que trabalha com diferentes requerimentos e prazos para cada universidade. Por ser britânica, Charline divide o seu tempo entre Estados Unidos e Reino Unido, o que significa que ela está interada sobre o processo seletivo dos dois países. Sandy é especialista em colégios internos, deficiências de aprendizado e cursos de verão nos Estados Unidos.

 

Eu, Emily, a fundadora da BCC, estou no Brasil há mais de dez anos; sou especialista no processo de seleção acadêmico como um todo, com ênfase em universidades americanas e canadenses; apresentações e palestras em escolas brasileiras; cursos de inglês em escolas de idioma; desenvolvimento de projetos de serviços e voluntariados; preparação para testes padrões de admissão; orientação na construção de essays, currículos e cartas de recomendação; e treinamento intensivo para a inscrição (incluindo preparação para o SAT, simulações e workshops).

 

Mariana é nossa tradutora e diretora de divulgação; além disso, é a responsável em acompanhar as inscrições às provas padrões. Ela planeja as apresentações e também ajuda os estudantes em questões tecnológicas, como, por exemplo, navegar na conta no MyCCA.net, nosso sistema de planejamento acadêmico.

 

Também oferecemos os seguintes serviços:

 

Tours universitários – Pelos últimos três anos, eu tenho trabalhado exclusivamente com uma empresa de turismo universitário, cujo fundador é também um consultor acadêmico. Ele planeja os tours com base nas necessidades específicas de estudantes internacionais, o que é bastante raro de se encontrar em agências de turismo. Ele oferece diferentes pacotes de viagens em junho e julho para todos os Estados Unidos, desde Harvard até a Universidade de San Diego.

 

Preparatórios para o SAT/ACT/GRE/TOEFL – Como consultora da Escola Americana de Brasília, eu recebi vários pedidos para realizar cursos preparatórios para estes testes padrões através de uma empresa registrada. Depois de considerar diversas possibilidades, eu fechei um acordo com uma companhia de Nova York que oferece diferentes cursos, que demonstraram bons resultados com todos os tipos de estudantes. Os professores são formados por universidades da Ive League ou de outras instituições renomadas. Em conjunto, nós ministramos cursos intensivos de uma semana em locais selecionados, e também cursos online e simulações de exames.

 

Estudantes experts – Nós temos um grupo de estudantes brasileiros admitidos em universidades do mundo todo que trabalha como voluntário para nos ajudar em diversas atividades, como na realização de apresentações escolares e na orientação de estudantes.

 

Além disso, temos na nossa equipe um psicólogo para os estudantes que precisam de qualquer tipo de suporte; trabalhamos também com o EducationUSA e com tradutores registrados.

 

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Consultora explica como é o trabalho de orientação para quem quer estudar no exterior

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...