Essenciais
Estude no exterior : Antes de partir

O que esperar da passagem pela Imigração em aeroportos dos Estados Unidos?

Imigração americana nos aeroportos dos Estados Unidos: quais documentos mostrar e o que responder?

Passagem pela Imigração dos Estados Unidos
21916

O último passo para adentrar o seu destino de estudo é a Imigração. Assim que você aterrissa no aeroporto, antes mesmo de pegar a sua bagagem despachada, você é encaminhado à fila da Immigration – guichês onde será entrevistado por funcionários americanos - que permitirá ou não a sua entrada definitiva no país.

Se você estiver indo estudar nos Estados Unidos, durante o seu voo, os comissários de bordo irão distribuir formulários para todos os passageiros, que deverão ser preenchidos antes da aterrissagem. Trata-se do Customs Declaration form 6059B – formulário de Declaração de Direitos Alfandegários 6059B; nele você terá de detalhar o conteúdo de suas bagagens respondendo com um xis em “Yes” ou “No” se está trazendo, por exemplos, “frutas, vegetais, alimentos...” ou então “carnes ou animais”. Você deverá preencher também o endereço de onde vai morar nos Estados Unidos, por isso, se você ainda não houver o decorado, leve anotado em algum lugar da sua mala de mão. Outras informações que o formulário pede:

-Número de familiares viajando com você.

-Número do seu passaporte.

-Nome de outros países visitados nesta mesma viagem antes dos Estados Unidos (se o seu voo é direto Brasil-EUA, então basta deixar o espaço em braço).

-Número do voo.

-Responder com “Yes” ou “No” se está trazendo uma quantia maior que U$ 10.000,00 – ou o equivalente na sua moeda local.

-Responder com “Yes” ou “No” se está trazendo mercadorias comerciais em sua bagagem (se sim, terá que detalhá-la).

Se tiver qualquer dúvida durante o preenchimento, pode perguntar para os comissários que costumam ser bastante solícitos e estão cientes das dúvidas dos passageiros. Uma vez completado, mantenha o formulário em um local fácil de achar dentro da sua bagagem de mão, para quando precisar entregá-lo na Imigração, você ter acesso rápido a ele.

Você será direcionado às filas de non-citizens, não-nativos, e irá esperar até a sua vez de ser atendido em um dos guichês dos funcionários da Imigração. Sendo um estrangeiro, provável que seja solicitado a mostrar documentos que comprovem as razões da sua viagem para os Estados Unidos. Como a sua viagem é a estudos, é importante que você tenha com você documentos que confirmem a sua matrícula na instituição de ensino. O funcionário pode perguntar sobre a sua estadia, portanto, tenha na ponta da língua o nome da sua universidade/faculdade, o nome do seu curso, quanto tempo irá durar, quando pretende partir do país, onde irá morar, e coisas do tipo. A conversa será em inglês.

Quando passei pela Imigração dos Estados Unidos, o funcionário perguntou o motivo da minha viagem. Quando soube que estava viajando como au pair, quis saber onde morava minha hostfamily, de quantas crianças eu ia cuidar, e por que eu quis ser au pair. Perguntas semelhantes a que eu já havia respondido na entrevista do consulado americano no Brasil. Mantive comigo os papéis mandados pela agência de au pairs que comprovavam o meu pagamento do programa, o documento que confirmava o meu acordo de morar e trabalhar para a minha hostfamily, e coisas do tipo, para caso o funcionário me pedisse por comprovações, mas não foi necessário.

Tenha também o seu passaporte em mãos, será a primeira coisa entregue ao funcionário. A passagem pelo guichê deve demorar poucos minutos. No entanto, todo imigrante está sujeito a passar por uma inspeção de bagagem por um dos funcionários da U.S. Customs and Border Protection (CBP) – ou Proteção da Alfândega e Fronteiras dos EUA. Estas inspeções têm fundamento legal vindo do Immigration and Nationality Act (INA) – ou Ato de Imigração e Nacionalidade. Portanto, você poderá ser requisitado a abrir as suas bagagens de mão e expor o conteúdo.

Uma vez aceito no país, você é permitido continuar a sua entrada no aeroporto. Antes, o funcionário irá carimbar o seu passaporte e o seu formulário Custom Declaration, e lhe entregará um Form I-94 preenchido que detalhará qual classificação é a sua dentre os tipos de imigrantes e por quanto tempo a sua estadia nos Estados Unidos é permitida.

Ah! E não se assuste com a cara amarrada dos funcionários; já escutei bastante gente dizendo que a pessoa que a entrevistou estava com cara feia ou de mau humor, mas isto não irá interferir na sua entrada se você tiver documentos em mãos e souber as informações da sua estadia.

 

Leia mais:

Preconceito: brasileiros nos Estados Unidos

Beijar ou não beijar: como cumprimentar americanos

Como usar o correio nos EUA

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Passagem pela Imigração dos Estados Unidos

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...