Essenciais
Estude no exterior : Perspectivas profissionais

Coisas sobre as quais intercambistas não conseguem parar de falar

“Crepe francês? Comia todo dia em Paris por dois euros! E aquela balada maravilhosa em Miami?” Estas e outras coisas que você vai repetir infinitas vezes quando voltar do exterior

Coisas sobre as quais intercambistas não conseguem parar de falar
1290

Quando você retornar do exterior, vai ter muitas coisas novas, aprendizados, histórias e causos para compartilhar com amigos e familiares! No começo, as pessoas se mostrarão interessados em saber sobre a sua aventura, mas logo todo mundo se saturará de suas histórias e você ainda estará pilhado e cheio de saudades dos dias que passou no exterior.

 

Não fique triste e saiba que isso é completamente normal! Você não é repetitivo, na verdade, a experiência que foi tão incrível que você não consegue se desapegar. Tem coisa que demora a ser superada! E, convenhamos, uma experiência tão sensacional como estudar no exterior nem deve ser superada! Ela vai ser uma das melhores partes da sua vida para sempre.

 

Por isso, com base em uma matéria do BuzzFeed e adaptado à nossa realidade, listamos coisas sobre as quais quem estudou no exterior não consegue parar de falar:

 

1. Como as casas eram mais lindas onde moravam.

2. Como as comidas eram muito mais saborosas e macias onde estudaram.

3. Quantos quilos ganharam durante o intercâmbio.

 

 

4. O quanto melhoraram a proficiência em [insira uma língua estrangeira aqui].

5. O tanto de festas e baladas eles iam todo final de semana (principalmente uma balada específica da qual se tornaram fregueses).

6. Aquela noite que eles literalmente não dormiram e foram direto para a aula.

7. Como eram lindas as pessoas de [inserir local].

8. Como eram feias as pessoas de [inserir local].

9. Como as aulas eram tão fáceis.

10. Como eles podiam literalmente andar por toda a cidade a pé.

11. Como a cerveja (ou qualquer outra bebida/comida) era absurdamente barata.

12. Como as baladas eram caras demais.

13. Como eles acabaram fazendo amizade com o promoter e entravam de graça em festas.

14. Como o transporte público em [inserir local] era incomparavelmente melhor.

 

 

15. Aquele amigo que foi roubado durante a viagem.

16. Como casariam facilmente com aquele (a) ficante de tal balada.

17. Aquele local específico que eles e os amigos adoravam passar o tempo juntos.

18. Como era possível fazer uma refeição completa por menos de cinco dólares.

19. Como foi difícil entender como dar gorjeta nas primeiras saídas.

20. Como foi difícil entender que o preço na etiqueta não continha o imposto, que era incluído na hora de pagar a compra.

21. Aquele museu incrível com entrada gratuita.

22. Aquela vez em que leram um livro/fizeram piquenique/acamparam no parque em [insira local].

23. Aquela viagem de ônibus que levou hooooooras.

24. O quanto eles beberam naquela viagem de final de semana.

25. O dia em que sentiram como se fossem um nativo pela primeira vez.

26. Como um amigo do intercâmbio era igualzinho um amigo brasileiro.

27. Como os amigos que fizeram durante o intercâmbio eram loucos.

28. O tanto de amigos estrangeiros de todas as partes do mundo que fizeram.

29. Aquela vez que se perderam em [inserir local].

30. Como eram absurdamente baratos os voos da Ryanair.

31. Como eram precários os voos da Ryanair.

32. Aquela vez que eles acharam que iam morrer durante um voo da Ryanair por causa da turbulência.

 

 

33. Como o intercâmbio mudou a vida deles.

34. Como viajar deveria ser uma obrigação para todos.

35. Quão quebrados eles estavam após os estudos no exterior.

36. Aquele hostel nojento onde ficaram hospedados.

37. Aquele hostel incrível onde ficaram hospedados – e conheceram um monte de mochileiros estrangeiros.

38. Aquela pessoa assustadora que dividiu o quarto com eles em um hostel.

39. Como as pessoas se vestiam muito melhor em [inserir local].

40. Todas as coisas que compraram durante o intercâmbio (principalmente as pechinchas).

41. Como [inserir local] é MUITO melhor que o Brasil.

42. O quanto eles sentem falta e querem voltar para [inserir local].

43. O quanto eles sentem falta de viajar.

44. Como era possível conhecer outro país pegando um ônibus ou trem por poucas horas.

45. Como conseguiam reconhecer outros brasileiros só de olhar.

46. O quanto sentiram falta de pastel, pão de queijo e coxinha.

47. Como teriam desistido do intercâmbio se não fosse pelo Skype e Facebook para matar a saudade de casa.

48. Como sentem saudades daquela comida maravilhosa que vendiam na esquina da casa no exterior.

49. Como era bom conseguir fazer tudo com pouco dinheiro.

 

 

50. Como nunca mais serão a mesma pessoa.

 

E você? Do que não consegue parar de falar sobre o seu intercâmbio?

 

Leia mais:

10 coisas engraçadas que você vai fazer ao se preparar para estudar fora

Os melhores gifs sobre a vida de um intercambista

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Coisas sobre as quais intercambistas não conseguem parar de falar

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...