Essenciais
Estude no exterior : Destino de Estudo

Teas, beers and cokes: bebidas que caracterizam nações

706

 

 

Como os hachis (os pauzinhos que substituem os talheres) orientais ou a pimenta mexicana, cada país tem uma imagem relacionada à culinária e caracteriza a cultura local. São itens cotidianos introduzidos à nossa cultura brasileira que, no entanto, nos remetem a diferentes nações de onde surgiram ou tornaram-se famosos. As bebidas são ótimos exemplos: elas estão no seu café da manhã, durante suas refeições, nos churrascos à brasileira, na mesa do bar com seus amigos... Mas, de onde elas vieram?

 

Já imaginou aprender sobre as origens de algumas bebidas nos países de onde vieram? Tomar um chá típico inglês na Inglaterra, tomar cerveja no St Patrick’s Day na Irlanda, e visitar o museu da Coca nos EUA?

 

Estude na Inglaterra e experimente o chá da tarde - 5 o’clock tea

 

O famoso chá da tarde da Inglaterra foi inserido nos costumes ingleses em meados de 1660, quando criaram o hábito de dar tea parties, elegantes reuniões para encontrar amigos e tomar chá. O chazinho como evento social, evidentemente, passou por várias transformações durante os séculos, mas ainda é comum na Inglaterra. A bebida continua sendo bastante servida em todos os lugares, é uma opção muito querida pelos britânicos, e faz parte definitiva da cultura inglesa.

 

Muita gente ainda faz a pausa para o chá da tarde, o “afternoon tea”, ou vai a locais especializados nos diferentes tipos desta bebida: normal, com champanhe, acompanhado de sanduíches, doces, tortas (foto)... Mas o mais famoso chá entre os britânicos é o “Traditional English Breakfast”, um estilo mate com um pouquinho de leite.

 

Estude na Irlanda e experimente a cerveja verde

 

A cerveja foi criada na Gália, área que atualmente é ocupada pela França, Bélgica e parte da Alemanha e Itália. Mas foi a Irlanda que ficou mundialmente conhecida pela sua cerveja Guiness. A dry stout (ou Irish stout) foi criada na Irlanda, feita do malte ou cevada assada, originando a cerveja escura. Além da Guiness, outras destas bebidas alcoólicas irlandesas são exportadas para o mundo todo, como a Murphy’s e a Beamish.

 

O São Patrício é o santo patrono da Irlanda, desta forma o St. Patrick’s Day (Dia de São Patrício), 17 de março, é feriado irlandês, e transformou-se em um dia de comemorações também em vários outros países. A tradição: beber muita cerveja! Há também o costume de vestir e enfeitar os lugares com a cor verde, característica da Irlanda. Alguns bares e pubs inclusive tingem a cerveja de verde.

 

Estude nos EUA e experimente o Natal da Coca-Cola

 

Você sabe por que algumas pessoas gostam de enfeitar suas casas com neves artificiais como parte dos adornos natalinos? Porque em dezembro é inverno no hemisfério norte, portanto durante o Natal, a paisagem é branquinha e gelada devido às nevascas. Mas por que gostamos de imitar o clima destes países sendo que no Brasil é verão no final do ano? Porque a maior marca de refrigerantes do mundo, a Coca-Cola, criou os famosos comerciais com ursos polares, muita neve, e luzes natalinas, que viraram um fenômeno mundial e um costume anual. A cada Natal, a Coke (como é chamada nos Estados Unidos) cria uma campanha publicitária do gênero assistida à exaustão nas redes de televisão brasileiras. Existe até um rumor de que foi a marca que mudou a cor do Papai-Noel para vermelho, mas isto é apenas um mito.

 

Veja o comercial do Natal de 2011 aqui.

 

A Coca-Cola é comercializada em mais de 200 países, mas foi criada em Atlanta, no estado americano da Georgia, onde se encontra, desde 2007, o museu da marca, o World of Coca-Cola.

 

Encontre cursos na Georgia, EUA.

 

Foto por Fabricia Watson

Pesquise por cursos

Selecione país
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.