Essenciais
Estude no exterior : Últimas notícias

Diário de um estudante internacional

370

 

Estudar no exterior pode ser muito estimulante e gratificante, mas requer muita força de vontade e paciência. Ainda mais se o idioma do país escolhido não é sua língua nativa. Quando eu saí do Brasil em 2005, eu estava muito animado para descobrir o mundo lá fora e ganhar experiência de vida.

 Então eu apliquei para um intercâmbio universitário em uma pequena cidade próxima a Paris chamada Rouen. Para ser premiado com a bolsa, eu tive que fazer um exame e uma entrevista com o Decano da Universidade. Fui selecionado entre os 15 outros estudantes. Eu arrumei minhas malas e voei para o velho continente, um mês de ante mao, para ter tempo de  viajar e aproveitar antes do estresse sobre os livros e exames.

 A vida na França, era otima, eu estava morando em um alojamento de estudantes a cinco minutos da Universidade. Meus colegas eram meus vizinhos e nós estudavamos e faziamos festas juntos. O tempo passa muito rápido quando as coisas são boas. Quando chegou a hora de voltar para casa, eu não estava realmente querendo isso. Os seis meses passados la foram tão intensos que eu decidi voltar ao Brasil, terminar meus estudos e retornar, desta vez, com planejamento para ficar mais tempo.

 Como meus avós eram da Itália, eu tinha o direito de ter minha cidadania reconhecida.Entao meu primeiro plano depois de receber o meu diploma, foi reunir a documentação necessária, como certidões de nascimento e ir pra Itália. Felizmente um bom amigo meu estava morando em Milão. Trocamos alguns e-mails e foi lá  o lugar que eu acabei morando há quase dois anos. A experiência foi absolutamente positiva, aprendi italiano, trabalhei o suficiente para poder pagar os meus custos e o mais importante: Eu fui recompensado com a cidadania italiana. Isso era um sonho para mim. Talvez, para aqueles que nasceram na Europa e nunca tentaram viver em paises estrangeiros, não soa muito empolgante, mas para aqueles que nao tiveram ate enrtao , é uma excelente oportunidade para viver e ter seus direitos assegurados no pais.

 Com o passaporte em mãos, eu poderia escolher onde viver e, sem dúvida, Londres foi a próxima aventura. Em julho de 2008 me mudei para este país e tive momentos incríveis com velhos amigos do Brasil que estavam morando aqui. Comecei a trabalhar dentro de poucos dias da minha chegada ja pesando em fazer algum dinheiro para depois iniciar um curso de pós-graduação.

 

Pesquise por cursos

Selecione país
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Hotcourses Brasil editor