Essenciais
Estude no exterior : Últimas notícias

Brasil concede mais de 73 mil vistos de trabalho para estrangeiros em 2012

Brasil concede mais de 73 mil vistos de trabalho para estrangeiros em 2012.

Visto de trabalho no Brasil
1002

Nós debatemos bastante sobre o processo de solicitação de visto para outros países aqui. Focamos no visto de estudante, e vez ou outra mencionamos quando é possível estender a sua estadia no exterior para trabalhar após a conclusão dos estudos. No entanto, recentemente o Ministério do Trabalho e Emprego do governo brasileiro divulgou dados sobre a situação reversa: em 2012, foram concedidos pelo Brasil 73.022 vistos de trabalho para estrangeiros. Este número é 3,54% maior que o de 2011 e – impressionantes – 70,15% que o de 2009.

Segundo as informações divulgadas, os americanos foram os mais beneficiados, com 9.209 vistos concedidos, seguidos pelos filipinos, com 5.179. Em terceiro lugar, encontram-se os haitianos, que adentraram o país de forma ilegal após o terremoto de 2010 e acabaram conseguindo a concessão do visto até o ano passado. No entanto, o número de visto de trabalho para portugueses, espanhóis e chineses foi o que mais aumentou em relação a 2012 – 81%, 53% e 24%, respectivamente. Do total de vistos, quase 90% foram temporários e o restante permanente.

E mesmo com este número significante de vistos de trabalho cedidos a estrangeiros, o Brasil possui um dos processos de concessão mais demorados e exigentes do mundo. Um estudo da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) do ano passado indica que um estrangeiro leva, em média, 52 dias para conseguir o seu visto brasileiro. Primeiramente, segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, “o requisito básico para a vinda de profissionais estrangeiros é que esses profissionais não ocupem vagas que possam ser preenchidas por trabalhadores brasileiros”. Segundo, é exigido a conclusão de uma graduação e pós-graduação e o certificado de antecedentes criminais dos estrangeiros.

Além disso, o imigrante precisa providenciar em média 19 documentos diferentes durante todo o processo. Reino Unido e Austrália, por exemplo, pedem aproximadamente 12 documentos. Isto faz com a espera pelo visto de trabalho brasileiro seja mais longa, pois os oficiais precisam de mais tempo para analisar os papéis submetidos pelos estrangeiros. O governo tenta mudar esta situação, diminuindo o número de documentos exigidos para 10. Diz-se que a importação de mão-de-obra estrangeira qualificada melhora o mercado de trabalho do país e aumenta a competitividade com outras nações.

Visto permanente

Desde agosto de 2012, o Ministério da Justiça mudou parte das regras em relação ao visto de trabalho para quem já está no país: os estrangeiros que possuem um vínculo empregatício no Brasil há dois anos podem pedir a transformação do visto de trabalho temporário para permanente. Até ano passado, esta mudança só podia ser feita após quatro anos de trabalho no Brasil.

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Visto de trabalho no Brasil

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...