Essenciais
Estude no exterior : Quando chegar lá

25 dicas de estudos para a semana de provas

Como estudar para aquela semana abarrotada de exames de final de semestre na faculdade? Nós temos 25 dicas para te ajudar nas provas!

25 dicas de estudos para a semana de provas
2800

Se você estiver desesperado porque a semana de provas de encerramento do semestre letivo está se aproximando – sério, quem não fica? –, este post é para você. O importante é manter a calma e estudar, estudar e estudar. A lista com 25 dicas para a semana de prova a seguir foi baseada em um texto do site USA Today para estudantes universitários na semana de finals, mas se encaixa em qualquer realidade acadêmica ou escolar. As dicas irão ajudá-lo a se organizar e a identificar estratégias eficientes de estudos para se dar bem nos estudos!

 

Encontre as suas estratégias preferidas e experimente algo novo se as suas técnicas de estudos atuais não estiverem surtindo o efeito desejado (ou seja, boas notas nas provas).

 

1. Crie uma mega lista-de-coisas-para-fazer e um cronograma para os dias restantes do semestre. Divida as próximas provas em unidades menores de estudo, o que irá preveni-lo de se sentir sobrecarregado e o ajudará a monitorar o seu progresso diário.

 

2. Comece! Não espere até a vontade de estudar aparecer – se esperar muito, correrá o risco de ela nunca aparecer.

 

3. Revise as suas anotações diariamente (mesmo quando não estiver em período de provas).

 

4. Identifique o formato das provas. Varie as suas técnicas de estudo de acordo com o tipo da prova (oral ou escrita, múltipla escolha ou dissertativa, etc.).

 

5. Preveja possíveis questões que cairão na prova. Como? Reveja provas antigas, converse com estudante que já cursaram a mesma disciplina, preste atenção nas orientações do professor sobre a prova, quais assuntos foram mais salientados em sala de aula, etc.

 

6. Entenda e crie respostas para as questões que você ainda não tem muito conhecimento. Se o conteúdo é cumulativo e você estiver com dificuldade em um assunto específico deste material, retorne a ele e só passe para o próximo quando sentir que compreendeu o suficientemente.

 

7. Desenvolva fichas de resumos para cada aula.

 

8. Conecte novas informações a coisas que você já sabe. Estas associações ajudam a reter informações.

 

9. Marque um horário para conversar com o professor, um tutor ou especialista da universidade, se necessário. (Às vezes, nem o Google tem a resposta que você precisa, então é melhor ir direto à fonte.)

 

10. Verifique em suas apostilas e materiais impressos se a editora fornece ajuda e materiais de estudo extras online.

 

11. Estipule objetivos mensuráveis para cada sessão de estudos, assim você se mantém na linha e evita frustrações. Por exemplo: hoje eu vou estudar os capítulos 2 e 3 e criarei um resumo para cada um deles.

 

12. Crie recursos mnemônicos, como acrósticos, rimas ou siglas, que possam ajudá-lo a memorizar as informações.

 

13. Faça pequenos intervalos entre os estudos. O cérebro processa uma quantia limitada de informação e precisa descansar um pouco.

 

14. Recompense-se com atividades naturalmente agradáveis, como jogar X-Box ou dar uma checada no Facebook.

 

15. Mantenha-se saudável. Durma bem e evite a cafeína. É sério, o seu cérebro agradecerá.

 

16. Desenhe tabelas, diagramas, mapas mentais ou imagens para representar e organizar informações.

 

17. Estude em voz alta. Em um quarto ou sala vazia, finja que está explicando o conteúdo para alguém, usando as suas próprias palavras. Isto ajudará a avaliar a sua compreensão do conteúdo e a estimular a memória.

 

18. Estude em um ambiente com poucas distrações. Desligue o celular, televisão e notificações do email. (Provavelmente, você precisará do computador ou laptop para estudar; por isso, faça o logoff em suas redes sociais para não correr a tentação de visitá-las o tempo todo.)

 

19. Identifique exemplos e ilustrações que simplifiquem o conceito estudado e demonstrem formas práticas de usá-lo.

 

20. Responda as questões no final de cada capítulo da sua apostila. (Chega de preguiça! Estas questões extras ajudam a revisar o capítulo e a memorizar o conteúdo aprendido.)

 

21. Teste a si mesmo. Crie fichas de estudo, estude-as, depois cubra as suas anotações e tente se lembrar do que está escrito. Se esta técnica não funcionar para você, invente outras formas de quiz para testar a si mesmo.

 

22. Forme um grupo de estudos e desenvolva um teste prático juntos.

 

23. Gerencie a sua ansiedade. Cada estudante tem uma forma diferente de se acalmar, seja ouvindo músicas tranquilas, alongando-se e respirando fundo, correndo ou praticando algum esporte, escrevendo em um blog, etc. Encontre uma maneira de evitar o estresse e liberar pensamentos negativos.

 

24. Quando você achar que já sabe tudo, continue! (Em inglês isto se chama overlearning, uma teoria pedagógica em que se pratica uma habilidade recém-adquirida além do domínio inicial, até se tornar automática.)

 

25. E por último, examine as suas crenças sobre o aprendizado. Aprender algo não acontece rápido e a compreensão não é fixa. Por isso, mantenha-se otimista, seja persistente, acredite no seu potencial. O talento pode ser desenvolvido. Você aprenderá ao trabalhar duro, procurar ajuda e usar estratégias eficientes.

 

Leia mais:

Cinco técnicas de preparação rápida para provas

Dicas para conciliar estudos e trabalho

10 desafios que você vai enfrentar e superar ao estudar no exterior

Habilidades surpreendentemente transferíveis que todo estudante tem

Como ser produtivo em 60 segundos

5 dicas para melhorar a sua experiência no exterior

O que fazer nos 15 minutos que antecedem uma entrevista de emprego

Como conseguir experiência profissional sem experiência profissional

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

25 dicas de estudos para a semana de provas

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...