Essenciais
Estude no exterior : Quando chegar lá

Quer alavancar sua carreira?

Os contatos pessoais feitos em viagens internacionais são uma forma prazerosa de ampliar a sua rede de networking e de mudar o seu patamar de contatos.

Criar um networking para sua carreira
1361

Hoje em dia já virou clichê falar sobre a importância do networking para alavancar a carreira, não é mesmo? Todavia, vamos bater nessa tecla novamente — porém, com um enfoque ligeiramente diferente: a importância das viagens e cursos no exterior para o seu networking ser eficiente no desenvolvimento da sua carreira.

Depois do advento da internet, o mundo ficou pequeno. É a chamada globalização. E isso afeta diretamente o seu planejamento de carreira, quer você esteja nos passos iniciais (buscando um curso de línguas ou ainda escolhendo onde fazer o seu curso superior) ou já está em uma fase de “refinamento” (quando já está procurando por cursos de especialização, pós-graduação ou MBA’s).

Estudar no exterior, há décadas, era coisa para gente rica. Não havia muita informação disponível sobre os cursos, o domínio de uma língua estrangeira era um “luxo”, e morar fora do país, mesmo que somente por alguns meses, era uma realidade muito distante da maioria das pessoas.

Atualmente isso mudou, especialmente pela concorrência acirrada entre as companhias aéreas e sites onde você pode inclusive comparar preços como o Skyscanner.  Estudar em outro país é não somente uma opção cada vez mais procurada pelos brasileiros, mas também uma fonte relevante de contatos que podem ser muito importantes no decorrer da vida profissional. O mesmo vale para a presença em eventos internacionais, como congressos e feiras.

Os contatos pessoais feitos em viagens internacionais — seja em universidades, congressos ou eventos profissionais — são uma forma prazerosa de ampliar a sua rede de networking e de mudar o seu patamar de contatos, elevando-o ao nível internacional. Conhecer alguém cara a cara traz uma vantagem imaterial que os contatos virtuais não possuem. O velho “olho no olho” estabelece uma relação humana mais próxima, que inspira mais confiança. Então, quando estiver viajando, nada de preguiça! Participe das atividades, você só tem a ganhar.

É claro que não estamos falando de uma simples troca de cartões. Isso é coisa do passado. Os tempos mudaram e os dias de hoje exigem que o networking seja ativo, e o engajamento e envolvimento contam muito. É preciso “cultivar” os contatos feitos tanto durante as viagens quanto depois que você volta para casa. Também não vale só falar com alguém quando estiver procurando alguma coisa. A sua rede de contatos precisa ser “cultivada” com carinho. É nessas horas que a sua presença nas redes sociais fará a diferença. 

Então, quando estiver planejando a sua viagem internacional de estudos ou a negócios, procurando suas passagens aéreas e hospedagem, lembre-se também de pesquisar os lugares onde você conhecerá pessoas relacionadas ao seu desenvolvimento profissional, seja galerias, eventos específicos, museus ou festas patrocinadas por empresas do seu interesse.

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Criar um networking para sua carreira

Senior Digital Marketing Executive

Dê uma olhada...