Essenciais
Estude no exterior : Quando chegar lá

6 dicas para fazer trabalhos em grupo sem dor de cabeça

Dicas para um trabalho em equipe eficiente e bem feito, para que personalidades e estilos de escrita divergentes não dificultem o processo

6 dicas para fazer trabalhos em grupo sem dor de cabeça
207

Trabalhos em grupo existem para ajudar os estudantes a desenvolver habilidades de comunicação, de trabalho em equipe e de liderança. Os professores adoram, mas não são todos os alunos que gostam. Durante os seus anos universitários, você terá de fazer muitos trabalhos em equipe. Seja em dupla, trios ou mais integrantes, sempre haverá conflito de personalidades, de agendas e de ideias, tornando a tarefa ainda mais desafiadora. Isto é natural e pode ser muito bom se vocês souberem usar as diferenças a favor do grupo.

 

O desafio é ainda maior se o trabalho for escrito, como uma redação, exigindo um esforço coletivo para uma tarefa que costuma ser um processo de produção mais solitário. Se executados inadequadamente, os projetos colaborativos podem acabar causando muitas discussões entre os integrantes, resultando em um trabalho, redação ou em qualquer outra tarefa mal feita.

 

No entanto, é possível conseguir um trabalho preciso e bem-apresentado e uma experiência colaborativa bem-sucedida, sem choros e intrigas – e, claro, com uma nota alta! Os seis passos a seguir vão ajudar:

 

1. Comecem o trabalho com uma sessão conjunta de brainstorming

 

Comecem o processo de escrita colaborativa com uma sessão honesta e aberta de brainstorming. Toda ideia é válida e todos devem participar. Conversem sobre o que foi pedido pelo professor e nomeiem um integrante para tomar notas durante a discussão. Esta pessoa deve anotar todas as ideias principais que surgirem, que deverão ser revisadas depois.

 

2. Decidam um tema juntos

 

No término do brainstorming inicial, o seu grupo deve focar no desenvolvimento de uma tese forte que resuma concisamente a ideia principal do trabalho (e responda as questões feitas pelo professor). Cada membro do grupo deve ser capaz de explicar e elaborar sobre o tema decidido. É essencial que todos os integrantes compreendam e concordem com ele para que cada um possa contribuir efetivamente com o trabalho.

 

3. Estipulem uma função para cada membro do grupo

 

O ideal é que cada pessoa no grupo faça uma parte do trabalho. No entanto, dependendo do tamanho do grupo, alguns ou todos os integrantes podem precisar exercer mais de uma função. Uma forma de dividir o trabalho é por complexidade: identifiquem os pontos principais do tema e depois os separem por complexidade. Por exemplo, um membro do grupo pode focar em um aspecto bem detalhado e específico, enquanto outros membros assumem várias partes mais fáceis.

 

4. Mantenham um registro de seus recursos

 

Organização é fundamental. Especialmente quando se trabalha em equipe. Cada integrante deve manter uma lista contínua de recursos usados, que possam ajudar os demais membros, sem esquecer de citar as fontes no trabalho (isso é muito sério, cuidado com o plágio!). Citações individuais organizadas facilitarão a escrita final do trabalho.

 

5. Comuniquem-se com frequência

 

Os membros do grupo devem se comunicar regularmente. Agendem encontros presenciais uma ou duas vezes por semana, fora do horário de aula, e mantenham um grupo no Whatsapp ou por email para se atualizarem sobre o andamento do trabalho, tanto o individual quanto o geral. Uma comunicação eficiente ajudará a garantir uma distribuição justa de esforços, e também pode ajudar a resolver qualquer problema o quanto antes possível – ou seja, não deixar tudo para a última hora ou ter de consertar o atraso de um membro relaxado.

 

6. Revisem e editem o trabalho em grupo

 

Após a junção de todas as partes do trabalho para a criação do primeiro rascunho coletivo, selecionem alguém do grupo para lê-lo em voz alta para todos. Como cada um tem um estilo de escrita diferente, os trechos também estarão diferentes uns dos outros. O ideal é identificar cada uma destas partes incongruentes e depois revisá-las para melhorar o fluxo do texto. Após a edição, um membro deve reler o trabalho em voz alta para captar qualquer erro final ou áreas que ainda precisam ser melhoradas.

 

Este deve ser um trabalho em conjunto, com muita dedicação de todos e respeito pelas diferenças. Então por que você não envia este texto para os seus colegas de classe? O próximo trabalho em grupo deverá ser bem mais tranquilo!

 

Leia mais:

Mind map: como o mapeamento mental pode ajudar nos estudos

Uma rotina eficiente de dez minutos para se preparar para os estudos

Habilidades transferíveis que todo estudante tem

 

(Texto adaptado do USA Today.)

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

6 dicas para fazer trabalhos em grupo sem dor de cabeça

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...