Essenciais
Estude no exterior : Vida de estudante

O meu inglês é bom o suficiente para estudar no exterior?

Cursos de inglês internacionais: o meu inglês é bom o suficiente para estudar no exterior?

Estudar inglês no exterior
5692

Uma dúvida quase constante que notamos nos brasileiros que gostariam de estudar no exterior é: o meu inglês é bom o suficiente? A resposta para esta pergunta é extremamente subjetiva por vários motivos. Mas o principal deles é: qual curso você quer estudar no exterior?

 

Graduação ou pós-graduação?

 

Se a sua intenção é fazer uma graduação ou uma pós-graduação no exterior, consequentemente você precisará prestar o IELTS ou o TOEFL - dependendo de qual deles a sua instituição aceitar no processo seletivo. Estes são testes de proficiência no idioma que provarão se você está apto a frequentar um curso ministrado em inglês. Afinal, você precisará compreender o conteúdo das suas aulas e conviver em um ambiente acadêmico. A nota mínima a ser atingida nos exames vai variar dependendo da universidade que você quer estudar e da sua área de estudo. Portanto, é de extrema importância que você cheque esta informação com a sua universidade.

 

Uma vez descoberta a nota que você precisa atingir no IELTS ou no TOEFL, é hora de procurar saber se você está pronto para o teste. Como? Os próprios sites oficiais dos exames têm pacotes de treinamento à venda (em dólares), inclusive alguns online.

 

Pacotes de treinamento para o IELTS

Pacotes de treinamento para o TOEFL

 

Estes são os treinamentos oficiais, mas há diversas maneiras de praticar para os exames de fluência em inglês sem precisar desembolsar dólares. Na rede, existem vários sites que oferecem testes e treinamentos gratuitos para o TOEFL e o IELTS. Quer ter uma ideia? Digite “Online TOEFL training” e veja quantos resultados a pesquisa irá surtir. A mesma coisa acontece com “Online IELTS training”. Conheça alguns sites de preparo online (todos em inglês):

 

IELTS Study

British Council

TestPrepPractice IELTS

TestPrepPractice TOEFL

GoodluckTOEFL

 

Importantes universidades brasileiras, como a Unicamp, também oferecem cursos de preparo, palestras e aplicam a prova. Uma simulação dos testes é a melhor forma de identificar o quanto você está preparado ou quais são os seus pontos fracos, para assim melhorá-los antes de prestar a prova real. E mesmo que você não atinja a nota mínima de primeira, você pode sempre tentar outra vez! Atingindo a nota mínima exigida pela sua universidade, subentende-se que o seu inglês é bom o suficiente para fazer o seu curso se interesse.

 

Ainda há outra opção: preparar-se para os exames no exterior. Várias universidades, faculdades e escolas de idioma internacionais oferecem cursos preparatórios para o TOEFL e o IELTS. Além de já estudar no idioma, é uma ótima forma de inserir-se no ambiente escolar/acadêmico do seu destino de estudo e conquistar uma experiência internacional que poderá contar bastante durante o processo seletivo para a sua graduação ou pós no exterior.

 

Cursos preparatórios para o TOEFL

Cursos preparatórios para o IETLS

 

Cursos de inglês?

 

Agora se a sua vontade é estudar inglês no exterior, a história muda. Não é necessária a realização do TOEFL ou do IELTS, mas é bem provável que você precise passar por uma prova oral por telefone com algum funcionário da escola internacional para checar qual é o nível do seu inglês e qual é o curso certo para você. Afinal, se o seu inglês é básico, você não irá se matricular em um curso intermediário ou avançado, ou vice-versa, certo?

 

Pode ser que precise providenciar documentos que comprovem a realização de cursos prévios no idioma. No entanto, a cobrança em se ter a fluência no idioma é muito menor, afinal o propósito da sua viagem é aprender ou aperfeiçoar o seu inglês.

 

Encontre cursos de inglês no exterior. Para saber quais as exigências das instituições, clique em “Mais informações” ou em “Visite website”.

 

Eu saberei entender e me comunicar em inglês?

 

Isto, sim, é bastante subjetivo. Se o seu inglês é intermediário e avançado, tenha certeza de que se sairá muito bem. Se ainda tiver no nível básico, as coisas podem parecer mais difíceis de entender, principalmente pela velocidade e o sotaque que os nativos falam. No entanto, é bastante possível se comunicar, mesmo cometendo um erro ou outro (ou até mesmo vários), o que é bastante normal. Você é um estrangeiro, ninguém espera que fale o inglês impecavelmente.

 

O mais importante, independente do nível do seu inglês, é não ter vergonha. De tentar, de conversar, errar, perguntar, tirar dúvidas, aceitar correções, etc. É assim que se aprende!

 

Leia mais:

10 dicas para melhorar o seu inglês antes de ir estudar no exterior

Os benefícios de ser bilíngue

Pesquise por cursos

Selecione país
Vocacional
SOBRE O AUTOR

Estudar inglês no exterior

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...