Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

Relações públicas: a ponte entre organização e público

O que faz um profissional de relações públicas e como é uma graduação na área.

Cursos de relações públicas no exterior
4769

Relações públicas (RP) envolvem aspectos da comunicação, administração, recursos humanos, marketing, publicidade, assessoria de imprensa, e várias outras áreas, com o intuito de criar e manter a relação e a comunicação entre organização e público. Quando se diz “organização”, pode-se referir a uma empresa privada ou pública, instituição, ou órgão público; já o público pode ser interno, setorial ou externo, ou seja, clientes, fornecedores, consumidores, funcionários e todo ou qualquer entidade que tenha contato direta ou indiretamente com a organização.

Manter a comunicação de forma, assim, tão ampla não é tão simples. O profissional de RP precisa lidar com diversas funções e desafios diários, como:

  • Criar uma boa imagem da empresa e encontrar estratégias para divulgá-la e fazer-se crível entre o público.
  • Manter a comunicação interna, entre gerentes-funcionários e funcionários-funcionários, sem atrito e de forma transparente.
  • Atender à imprensa, servindo de ponte entre os veículos de comunicação e a organização. Para isto, precisa estar a par dos acontecimentos gerais que se passam dentro da empresa e conhecer os líderes de cada setor. É preciso também estar preparado para lidar com situações de crise da organização que se tornam assuntos públicos.
  • Estar familiarizados com os diferentes meios de comunicação e publicidades e com a produção de seus respectivos conteúdos: revista, jornal, rádio, TV, banner, podcast, panfleto, internet, etc.
  • Precisa manter um mailing (com endereços físicos ou online), produzir e distribuir releases, promover coletivas de imprensa, etc.
  • Promover eventos dentro da organização.
  • Manter contato próximo e constante com o público, de forma ética e transparente. Avalia o seu comportamento e a sua reação em relação a tudo que envolve a organização.

Estes são apenas poucos exemplos do que é parte da rotina do profissional de RP, que deve ser multifuncional e multimídia. Além disso, atualmente, a internet representa novos desafios à área. Com as redes sociais, os blogs e os sites interativos, o público exige cada vez mais uma comunicação transparente por parte das organizações. O contato é mais direto, a reação é mais imediata e rapidamente disseminada na rede, e o feedback é constante – com comentários, tweets, posts, compartilhamentos, etc.

Onde estudar reações públicas no exterior?

No exterior, a área de relações públicas recebe o nome de public affairs. As universidades internacionais oferecem uma grande variedade de especializações e pós-graduações em RP com diferentes focos, entre eles:

  • Política e relações públicas
  • Relações públicas – Gestão sem fins lucrativos
  • Relações públicas e o governo
  • Relações públicas – Justiça criminal
  • Relações Públicas e comunicação
  • Recursos naturais – Meio ambiente, sociedade e relações públicas
  • Relações públicas – Sociologia aplicada

A maioria das universidades exige que os estudantes comprovem ter completado um bacharelado em qualquer área de estudo para passar pelo processo seletivo de pós-graduações em relações públicas. No entanto, você pode ter mais facilidade com o conteúdo caso tenha concluído uma graduação em publicidade e propaganda, administração de empresas, jornalismo, marketing, mídias, direito e relações internacionais, por exemplo. Você estudará disciplinas básicas de RP e específicas da sua área de especialização.

Pesquise pós-graduações em relações públicas nos Estados Unidos, Inglaterra e Austrália.

 

Leia mais:

O que é o exame Graduate Management Admission Test (GMAT)?

Pós-graduação de gestão nos Estados Unidos

Pós-graduação em marketing nos Estados Unidos

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Cursos de relações públicas no exterior

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.