Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

Engenharia Elétrica: a profissão indispensável para o funcionamento de inúmeras outras

Engenheiros elétricos são sempre bem vindos se você deseja ter uma experiência profissional no exterior. E no Brasil o futuro é promissor, de acordo com o MEC precisamos triplicar o número de engenheiros no Brasil.

125

 

É preciso apenas alguns minutos com a sua ausência para notarmos o seu enorme valor no nosso dia-a-dia. Precisamos dela o tempo todo; se mostra em luz, movimento e calor. A energia elétrica é essencial ao ser humano. E o profissional responsável pela geração, transmissão e distribuição dela é o engenheiro eletricista. Neste ramo da engenharia, o trabalho envolve planejamento, supervisão e execução nas áreas relacionadas à eletricidade e ao eletromagnetismo. Este profissional está longe de ser extremamente importante apenas no âmbito doméstico: o engenheiro eletricista pode especializar-se em diferentes áreas como eletrônica, eletrotécnica, telecomunicações, computação ou automação e controle.

Um indício que pode indicar se este é o curso certo para você é a curiosidade: sempre se perguntar como as coisas funcionam ou gostar de abrir e analisar aparelhos domésticos.

 

O curso de engenharia elétrica

Matemática, física e informática estarão constantemente presentes nos primeiros dos quatro anos dos cursos de engenharia elétrica. Prepare-se para muitos cálculos. Além das salas de aulas, os estudantes passarão bastante tempo em laboratórios, em aulas práticas e experimentos. Indiferente das graduações nas demais engenharias, o eletricista também realizará o trabalho de conclusão de curso e o estágio obrigatório durante o último ano da graduação.

 

O campo de trabalho é muito vasto. Estes profissionais são procurados em empresas de energia, computação, telecomunicações, indústrias de equipamentos, automação, fábricas de motores e geradores, consultorias ou prestação de serviços, entre outras. Além de instituições privadas, o engenheiro eletricista pode encontrar um cargo em órgãos governamentais.

 

Engenharia Elétrica no Exterior

 

Para ingressar em um curso de engenharia elétrica no exterior, as regras variam entre as instituições. O melhor a fazer é contatar a instituição diretamente e checar os requisitos. Normalmente, é cobrado um bom histórico escolar nas matérias básicas do curso (matemática e física) e apresentar o diploma de conclusão do Ensino Médio.

 

Além disso, o estudante que tem o inglês como segunda língua precisa passar pelos testes IELTS ou TOEFL e atingir a nota mínima exigida pela instituição para ser admitido.

 

Engenheiros são sempre bem vindos se você deseja ter uma experiência profissional no exterior. E no Brasil o futuro é promissor, de acordo com o MEC precisamos triplicar o número de engenheiros no Brasil.

Encontre a melhor opção para você de cursos de engenharia elétrica no exterior no Hotcourses Brasil.

Veja como fazer um curso no exterior sem deixar o Brasil: são 36 instituições com cursos de engenharia elétrica à distância.

 

Pesquise aqui:

Cursos de graduação em engenharia elétrica nos Estados Unidos

Cursos de pós-graduação em engenharia elétrica em Londres

Cursos de engenharia elétrica na Austrália

 

Saiba mais sobre outras áreas da engenharia:

Engenharia aeroespacial, engenharia mecânica e engenharia civil.

 

 

 

 

Pesquise por cursos

Selecione país
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...