Essenciais
Austrália: Antes de partir

A vida de estudantes internacionais na Austrália

Um guia sobre como é a vida de estudantes internacionais em um campus universitários na Austrália e também além das salas de aulas

A vida de estudante na Austrália
1264

Você já chegou a considerar estudar na Austrália? Muito desistem de levar este destino de estudo em consideração por estar do outro lado do mundo (um vôo que pode chegar a até 32 horas com escala é mesmo um pouco assustador). Mas há tantas outras coisas que fazem do país um lugar incrível para se estudar, desde suas universidades mundialmente famosas, grandes cidades (como Sydney, Melbourne, Brisbane e Perth), suas maravilhosas paisagens, sua rica biodiversidade e praias paradisíacas, entre vários outros fatores.

A seguir, o nosso resumo realístico sobre a vida estudantil na Austrália fará com que você tenha uma melhor ideia de como será quando você for um estudante no país.

Idioma

Apesar de o idioma oficial na Austrália ser o inglês, a forma inigualável que os australianos falam sua língua materna pode deixar alguns estudantes internacionais confusos: o que significa “bottle-o” e por que eles continuam a falar um “a” no final do meu nome? (Bottle-o é a gíria para loja de bebidas alcoólicas e é comum na Austrália dar apelidos às pessoas colocando um “a” ou um “o” no final do nome delas.)

O humor australiano é seco e as conversas normalmente incluem sarcasmo e ironia. Além disso, os australianos adoram abreviar palavras, dificultando mais ainda a compreensão do inglês. A convenção nacional gira em torno da transparência e franqueza, por isso, no início você pode se sentir um pouco confrontado. Mas não se assuste! Isso não significa que os australianos estão sendo brutos ou rudes: eles estão apenas usando o inglês da forma inigualável do país e provavelmente estão tentando te fazer rir.

Após fazer amizade com alguns australianos, você compreenderá as gírias rapidamente e o jeito que eles estão acostumados a usar ironia nos diálogos.

Cultura universitária

Diferente de vários países, a maioria dos estudantes acadêmicos na Austrália não mora em campi. De fato, a não ser que eles precisem se mudar para outro Estado para estudar em uma universidade, a maioria dos estudantes continua a morar em casa. Na Austrália, a ideia de vida estudantil é diferente a do Reino Unido e dos Estados Unidos: como os estudantes não moram dentro do campus, eles exercem um controle exclusivo sobre as maneiras de se envolver com a experiência universitária.

Na Austrália, o seu envolvimento com a universidade depende completamente de você. Se você decidir se imergir na experiência, frequentar todas as aulas e s esforçar para conhecer outros estudantes, todo mundo presumirá que esta é a sua escolha (não a sua obrigação). Isto também se aplica ao seu desempenho acadêmico: se você não entregar um trabalho dentro do prazo final, perderá uma porcentagem da sua nota final. Em universidades australianas, você é tratado como adulto e deverá assumir total responsabilidade por seus esforços acadêmicos e sociais.

Se você precisar de ajuda, não tenha receio de pedir: graças a uma série de medidas nacionais de garantia de qualidade, as universidades australianas têm os melhores padrões de proteção dos interesses e das necessidades de estudantes internacionais.

A vida no campus

Só porque a maioria dos estudantes não mora no campus não quer dizer que não há nada de interessante para se fazer por lá. Cada universidade australiana, principalmente as maiores localizadas em grandes cidades, tem uma diversidade de clubes e sociedades estudantis que normalmente são gerenciadas pelos próprios estudantes. Estes clubes recebem um pequeno orçamento da universidade para ser usado para organizar eventos e oferecer serviços, como churrascos, shows e piqueniques. Muitos destes grupos organizam excursões e eventos abertos a estudantes locais e internacionais por pequenos custos para cobrir a sua acomodação, gastos com festas ou refeições.

Por exemplo: cada faculdade da Universidade de Melbourne tem a sua própria sociedade que, no começo de cada ano acadêmico, conduz eventos de orientação organizados pelos próprios estudantes e voltados aos calouros do primeiro ano, mas que também são bastante populares entre os veteranos. Se você puder participar destes eventos de boas-vindas, não perca esta oportunidade. Ela serve para fazer novas amizades e se familiarizar com a cultura da universidade e com o campus. E lembre-se: os calouros australianos estão tão nervosos quanto você e também querem conhecer novos amigos.

Cultura do café

Comer fora é uma grande parte da cultura australiana, mas não precisa significar necessariamente gastar todo o seu dinheiro em restaurantes. A café culture na Austrália, principalmente em Melbourne e Sydney, se espalhou para outros países e inspirou a criação de novos cafés em cidades como Nova York, Londres e Paris. Os australianos têm muito orgulho da qualidade do seu café, além disso, a bebida costuma vir acompanhada de comidas deliciosas. A mistura de sabores ricos e de produção local tornou a cultura de brunch (refeição tomada próximo ao meio dia, um misto de café da manhã com almoço) bastante popular no país. As “cafeterias” australianas ofereceram todo tipo de bolos, doces e pães caseiros e também todo tipo de especialidade com ovos. Esteja aberto a inovações como pratos com abacate, chorizo, queijo feta, cogumelos, tomates frescos, entre outras “surpresas” para o seu paladar.

Vivendo como um australiano

Enquanto as belas paisagens naturais da Austrália são paradas obrigatórias para os estudantes internacionais no país, 98% dos australianos moram em áreas urbanas, portanto não precisam passar por desertos ou sertões no seu caminho às aulas. Além dos principais pontos turísticos conhecidos internacionalmente, as metrópoles australianas têm muito a oferecer em todos os aspectos: cultural, culinária, social, lazer, esporte, vida noturna, etc.

As cidades australianas são reconhecidamente caras, por isso, é comum se perguntar como os estudantes conseguem se manter financeiramente. O fato de que os pontos mais conhecidos são caros acaba ofuscando a infinidade de lugares para comer, beber e se divertir por preços bem mais acessíveis disponíveis pelas grandes cidades do país. Estes lugares mais “modestos” e pouco divulgados são os mais procurados pelos australianos numa sexta à noite ou aos finais de semana – como bares e restaurantes estudantis.

Leia mais:

Custo e vida na Austrália

Taxas de ensino na Austrália

Acomodações estudantis na Austrália

Pesquise por cursos

Austrália
Graduação
SOBRE O AUTOR

A vida de estudante na Austrália

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

GRATUITO

Ebook ‘Estudar na Austrália’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar na Austrália em um só livro digital.

Dê uma olhada...