Essenciais
Itália: Acomodação - Leitura recomendada

As acomodações estudantis na Itália

Os diferentes tipos de acomodações para estudantes internacionais na Itália: residenciais estudantis, acomodações compartilhadas e aluguel de imóvel

As acomodações estudantis na Itália
322

Moradia na Itália varia amplamente dependendo de onde você decidir estudar. Os acordos de acomodação em cidades grandes como Roma e Milão serão bem mais caros do que em áreas rurais, em compensação, as opções serão mais variadas.

 

Tipo de acomodações

 

Acomodações estudantis das instituições

Apenas poucas universidades italianas oferecem acomodações para estudantes. Esta informação deve ser verificada diretamente com a sua instituição e, se a resposta for positiva, procure se inscrever para uma vaga o quanto antes possível, já que as opções são limitadas.

 

Acomodações estudantis compartilhadas

Muitos estudantes preferem compartilhar uma casa ou um apartamento com outros estudantes. Estas acomodações costumam ser mais baratas, custando entre € 250 e € 700 por mês, dependendo do tamanho da moradia, as contas mensais e a localização.

 

Os estudantes na Itália frequentemente publicam anúncios online de quartos vagos, assim você não precisa necessariamente conhecer outros estudantes antes de achar um lugar na Itália. Muitas universidades oferecem suporte para assisti-lo na procura por uma acomodação, no entanto, algumas cobram uma taxa pelo serviço.

 

Se você for estudar na Itália com uma bolsa de estudo da Erasmus, há um serviço gratuito chamado Sportello Casa para ajudá-lo a encontrar uma acomodação em áreas específicas. Em alguns casos, este serviço também é oferecido a estudantes fora do programa Erasmus, vale a pena se certificar se você pode usá-lo.

 

Acomodações particulares

Há sempre a opção de procurar por uma acomodação independente, no entanto, este é o tipo de moradia mais caro (afinal, você não dividirá o aluguel com ninguém). O aluguel na Itália pode ir de € 300 a mais de € 1.000 mensais, mas cabe a você encontrar um lugar de acordo com o seu orçamento.

 

Dicas importantes:

 

  • Acomodação ao norte, na parte industrial da Itália, costuma ser mais cara do que no sul, na parte agrícola do país;
  • Verifique se a sua universidade oferece acomodações próprias ou então serviço de suporte ao estudante internacional, que podem ser recursos valiosos;
  • Comece a sua procura por uma acomodação na Itália com antecedência – principalmente se você pretende começar os estudos no semestre de inverno;
  • Pesquise bastante! As acomodações na Itália podem ser caras, portanto, visite todos os sites disponíveis para fazer a sua pesquisa e encontrar as melhores opções;
  • Quando for organizar uma acomodação compartilhada ou a sua própria acomodação, certifique-se de checar o contrato com cuidado e ver o que está incluso e o que NÃO está;
  • Na hora de calcular o seu orçamento e gastos, lembre-se de que você terá que pagar as suas próprias contas, como energia e internet.

 

Na hora de escolher a sua acomodação na Itália, considere os seguintes fatores:

 

  • Proximidade a sua instituição;
  • Onde você gostaria de morar (na cidade, no campo, em uma casa, em um apartamento, etc.);
  • Quanto tempo você gastará indo às aulas todos os dias;
  • Colegas de quarto (você quer compartilhar a casa/apartamento/quarto com outros estudantes? Se sim, com quantos? Não se importa de morar em uma acomodação mista?);
  • Comodidades (você quer ter um banheiro só para você? Prefere uma acomodação com uma cozinha completa? Quer uma janela com vista? Qualquer outra exigência?);

 

Despesas adicionais:

 

As despesas adicionais são gastos que você terá além do aluguel semanal ou mensal. Elas podem incluir:

  • Água;
  • Calefação;
  • Eletricidade;
  • Estacionamento;
  • Internet;
  • Transporte.

 

É importante lembrar-se destas despesas na hora de considerar o seu orçamento para saber uma quantia aproximada de gastos mensais.

Pesquise por cursos

Itália
Graduação
SOBRE O AUTOR

As acomodações estudantis na Itália

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.