Essenciais
Suécia: Acomodação

Acomodações estudantis na Suécia

Os diferentes tipos de acomodações para estudantes internacionais na Suécia: halls residenciais, dormitórios acadêmicos, aluguel particular, apartamentos compartilhados, Nations, etc.

Acomodações estudantis na Suécia
2036

Comumente considerado um destino para quem ama o inverso congelante, a Suécia tem instituições globalmente reconhecidas que irão contar como um enorme fator a favor para escolhê-la como o seu destino de estudos. Oito por cento dos universitários atualmente matriculados no país são estrangeiros, a maioria vindos de fora da Europa. Se o seu plano é fazer parte desta porcentagem nos próximos meses ou anos, um dos fatores a se considerar é: onde morar na Suécia durante os estudos? Deixe-nos ajudá-los com este assunto.

Dica: tire sempre as suas dúvidas em relação à acomodação com sua universidade. Utilize o botão "Mais informações" no Hotcourses Brasil para enviar emails diretamente a instituições suecas.

Atenção: 1 Coroa Sueca = R$ 0,32 = € 0,10 = £ 0,08 = US$ 0,12

QUAIS SÃO AS MINHAS OPÇÕES DE ACOMODAÇÃO NA SUÉCIA?

As suas opções de acomodação como um estudante na Suécia irão depender da sua nacionalidade. Acomodações organizadas pelas próprias universidades estão disponíveis apenas para estudantes não-europeus ou do Espaço Econômico Europeu (EEE) – ou seja, os brasileiros são elegíveis a vagas nestas acomodações. Todas as demais opções estão abertas a estudantes de qualquer nacionalidade.

ON-CAMPUS – Acomodações dentro do campus

Na Suécia, não existe nenhum sistema adicional e central que coordena as acomodações estudantis do país. Na verdade, as universidades suecas são proibidas por lei de organizar acomodações para estudantes europeus. Algumas instituições oferecem serviços de assistência para que seus universitários estrangeiros consigam assegurar uma moradia no país e em alguns casos consegue oferecer vagas em halls residenciais ou casas de estudantes. No entanto, a demanda é sempre maior do que a oferta de vagas, que são reservadas na base do “os primeiros que se inscreverem garantem um lugar”. Por isso, as universidades sempre aconselham que os novos estudantes reservem uma vaga o quanto antes possível, de preferência logo após receber a confirmação de admissão na instituição sueca.

Se não conseguir uma vaga no campus, você pode ser colocado em uma lista de espera e ser contatado se um quarto vagar. Entretanto, não há garantia de que isso aconteça; o melhor seria ter um plano B preparado em outro tipo de acomodação. Algumas universidades também têm acordos diferentes para estudantes da bolsa Erasmus. Por exemplo, a Universidade Uppsala tem uma cota de dormitórios em halls organizados por diferentes empresas e localizados em vários lugares da cidade Uppsala. Estes dormitórios só estão disponíveis para estudantes matriculados em um dos programas formais de intercâmbio da Universidade. As contas mensais e a internet já estão inclusos no valor pago pelo aluguel da acomodação e todos os dormitórios são mobiliados. No entanto, nem todos os estudantes conseguem um lugar nestas acomodações e devem sempre ter uma segunda opção. O aluguel é pago mensalmente; um quarto no hall residencial Flogsta custa em média Kr 3.769 (R$ 1.217). Os halls têm cozinhas e lavanderias compartilhadas, mas cada quarto tem um banheiro particular.

Acomodação garantida para não-europeus

Algumas instituições, como a Universidade Lund, tem um sistema chamado de “Garantia de Moradia” para não-europeus. Isto significa que você garante sua acomodação na Lund por toda a duração dos seus estudos, desde que pague as taxas e contratos de aluguel. Ao ser admitido na universidade, os estudantes recebem um email com informações de como se inscrever nas acomodações disponíveis. O estudante só garante uma vaga após ter feito o primeiro pagamento do curso. Na inscrição, você indicará suas preferências em relação à acomodação dentro de um prazo, normalmente até a metade de junho para cursos que começam em setembro, o início do ano letivo na Suécia.

Importante: Todos os estudantes não-europeus precisarão de uma “permissão de residência” para estudar na Suécia, que deve ser concedida antes de se mudar para o país. Para consegui-la, você precisará comprovar ter a quantia mínima de Kr 3.700 (R$ 1.217) por mês para manter-se por dez meses na Suécia durante os estudos. A taxa de inscrição na “permissão de residência” é de Kr 2.000 (R$ 658).

OFF-CAMPUS – Acomodações fora do campus

Afiliadas à universidade

Na Suécia, é comum viver em acomodações fora do campus, mas que sejam, de alguma forma, ligadas à universidade. Os estudantes costumam alugar um dormitório em um apartamento compartilhado com dois ou três outros universitários. Muitas universidades têm acordos com agências de habitação, que lidarão diretamente com a organização das acomodações estudantis. O contato dessas agências normalmente está disponível no site oficial da universidade. A maioria, mas não todas, as acomodações organizadas pelas universidades, mesmo que localizadas fora do campus, acolhe apenas estudantes de intercâmbio não-europeus.

Por exemplo, a Secretaria de Acomodação Internacional da Universidade Umeå oferece 450 dormitórios estudantis em cinco áreas residenciais fora do campus, disponíveis para estudantes de intercâmbio e de cursos acadêmicos da instituição. Os quartos são particulares, com banheiros individuais, mas com cozinha compartilhada entre todos os moradores do mesmo andar. O aluguel é pago por semestre/termo e varia entre Kr 10.500/Kr 17.000, incluindo taxas de serviços, instalações e internet. Os estudantes não precisam preencher uma inscrição separada para estas acomodações: quando estiverem se inscrevendo na universidade, eles precisarão apenas indicar se fecharão um acordo de um semestre ou de um ano com a Secretaria de Acomodação Internacional.

Os estudantes na Universidade de Estocolmo podem se juntar à união estudantil e colocar o nome em uma lista de espera por acomodações da instituição. Além de oferecer acomodações a estudantes de intercâmbio não-europeus, a secretaria de moradia da instituição tem diferentes contatos com agências externas e oferece serviços de orientação para quem estiver à procura de um lugar para morar durante os estudos. O valor do aluguel e as instalações mantidas pela universidade fora do campus variam de acordo com a área onde estão localizadas e com o tipo da propriedade. Um apartamento-estúdio na região de Idun, por exemplo, próximo ao centro da cidade, custa Kr 14.000 (R$ 4.606) por semestre, incluindo internet, uma cozinha e um banheiro particulares e contas mensais.

Nations

Os estudantes na Suécia têm a opção de se unir a uma das 13 “Nations” (Nações), organizações estudantis que podem, muitas vezes, oferecer acomodações ou ajudá-lo a encontra uma. Mais comum em algumas cidades como Lund e Uppsala, as Nations funcionam como uma espécie de comunidade estudantil independente e os seus membros são obrigados a contribuírem trabalhando em período parcial. Cada “Nação” organiza atividades e serviços estudantis e cada uma delas é famosa pela vida noturna que oferece. Você terá de pagar uma taxa para se tornar um membro, mas também conseguirá diferentes descontos em estabelecimentos locais. Os contatos da Nation local podem ser encontrados no site oficial de sua universidade sueca ou na página da união estudantil.

Alugueis particulares

Mais comum entre estudantes europeus, há o opção de alugar um imóvel durante os estudos na Suécia. O mercado imobiliário no país é altamente regulamentado e pode ser tratado de duas formas. Os acordos de “primeira mão” normalmente exigem um número de identidade pessoal sueca ou um comprovante de renda, portanto, tipicamente, não está disponível a estudantes internacionais. Já os acordos de aluguel de “segunda mão” são mais comuns e são feitos diretamente com o proprietário do imóvel ou com o titular do contrato de “primeira mão”. Ou seja, você não aluga um apartamento diretamente com a agência (porque isso exigiria os documentos que estrangeiros não podem providenciar), e sim com um terceiro envolvido. Por isso, é muito importante que você assine um contrato impresso formalmente como prova do acordo.

Os padrões e custos de vida são relativamente altos e muito abrangentes. Por um modesto apartamento de três quartos, você pode pagar entre Kr 7.000 e Kr 8.000 (R$ 2.303 e R$ 2.632) mensais. É particularmente difícil conseguir uma acomodação em grandes cidades, como Estocolmo e Göteborg, e em cidades estudantis como Lund e Uppsala. De forma bastante geral, o aluguel mensal de um dormitório em uma propriedade compartilhada em grandes cidades da Suécia vão de Kr 2.500 a Kr 4.500, enquanto um dormitório em uma cidade pequena provavelmente custará entre Kr 2.000 e Kr 3.500.

DICAS EXTRAS

  • A sua universidade sueca deve ser o seu primeiro contato quando estiver à procura de uma acomodação estudantil na Suécia. Ela saberá informar todas as opções e contatos seguros dentro e fora do campus.
  • Esteja pronto para se mudar assim que encontrar uma vaga aberta. A demanda por acomodações estudantis na Suécia é muito grande. Se você não se mudar a tempo, a sua vaga pode ser repassada a outro estudante pronto para preenchê-la. As instituições e agentes imobiliários suecos estão cientes da dificuldade em garantir uma acomodação, por isso, costumam oferecer uma série de recursos para ajudar os estudantes a encontrar um lugar para morar, independente da nacionalidade. Existem também alguns sites bastante úteis, como o www.sl.se, que ajudam a encontrar uma acomodação próxima à sua universidade. E as instituições também costumam ter uma página de anúncios onde os estudantes podem divulgar e pesquisar vagas abertas.
  • Não feche nenhum contrato suspeito. Não acredite em agentes que querem enviar as chaves da acomodação pelo correio. Apesar de parecer bem mais prático já ter um lugar garantido assim que você aterrissar na Suécia, é melhor fechar o contrato pessoalmente apenas depois de visitar o imóvel acompanhado do proprietário ou agente imobiliário. Apenas pague adiantado o aluguel para agentes certificados ou proprietários com uma conta bancária certificada em um banco sueco. E sempre peça uma cópia do contrato em inglês – se eles não oferecerem, não assine o contrato.
  • Tenha sempre um plano B. Pesquise por albergues onde você possa se hospedar nos primeiros dias na Suécia, caso não consiga fechar um contrato de aluguel quando se mudar.

Leia mais:

MBA na Suécia

O processo seletivo na Suécia

O ensino superior na Suécia

Como aproveitar o inverno polar da Suécia

Pesquise por cursos

Suécia
Graduação
SOBRE O AUTOR

Acomodações estudantis na Suécia

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.