Essenciais
Reino Unido: Inscrevendo-se em uma universidade

Entrevista: processo seletivo e admissões na University of Dundee

Funcionária da Equipe de Admissões Internacionais da Universidade de Dundee dá dicas de como passar pelo processe seletivo no exterior.

Entrevista: processo seletivo e admissões na University of Dundee
843

*Imagem do site oficial da University of Dundee

 

Helen Cunningham é funcionária do escritório de admissão da University of Dundee, uma das mais importantes instituições escocesas. O International Admissions Team, ou Equipe de Admissão Internacional, é responsável por orientar os estudantes estrangeiros durante todo o processo seletivo, e de analisar os documentos submetidos por eles. Parte da equipe da Dundee, Helen respondeu nosso questionário, com a intenção de esclarecer mais detalhes e dúvidas que possam surgir durante o processo.

 

Como é o processo de análise de cada inscrito e quanto tempo leva para que o estudante receba uma resposta?

 

Primeiramente, nós checamos as qualificações do estudante, para nos assegurar que ele conheça as disciplinas essenciais e que tenha conquistado os níveis de realização escolares que atendam às nossas necessidades. Frequentemente, precisamos de mais informações sobre as qualificações dos estudantes internacionais, para isso os enviamos e-mails com algumas perguntas. Nós checamos as cartas de referência e as personal statements para analisar se os estudantes possuem a aptidão necessária para o curso, demonstrem motivação e relevância, etc.

 

Em seguida, iremos analisar outros fatores para certificar que nada represente um obstáculo no caminho da admissão do estudante, para então tentar localizar erros em suas inscrições! Isto pode aparecer de várias formas; um exemplo comum é ter um bom inglês, mas não atingir as notas mínimas nos exames de proficiências exigidos pela Dundee – importantíssimos para a concessão do visto de estudante. Nestes casos, entramos em contato com o estudante e perguntamos se eles possuem outras qualificações no idioma, além de orientá-los sobre o que poderiam para resolver esta questão. Outro exemplo são os estudantes com alguma deficiência; entramos em contato com eles e exploramos todas as provisões que os nossos funcionários do University Disability Service pode providenciar para assisti-los.

 

Quanto tempo o processo leva?

 

Nós tratamos cada inscrito como um indivíduo, então não determinamos um período de tempo. Todas as inscrições recebidas são analisadas completamente por dois membros diferentes da nossa equipe, o que acaba dobrando a carga de trabalho e o tempo necessário, mas é uma forma de assegurar a precisão do processo.

 

Como vocês avaliam as referências acadêmicas enviadas pelos candidatos?

 

Nós queremos saber, de alguém em algum cargo de autoridade que tenha ensinado pessoalmente o estudante, que ele está pronto para o nível de estudo ao qual se inscreveu e que será um trunfo para a nossa instituição.

 

Cada nação tem um sistema de notas específico para avaliar seus estudantes nas escolas e universidades. Como vocês trabalham com as equivalências de notas de diferentes países?

 

Nós temos várias fontes de informação: organismos nacionais que concedem diplomas acadêmicos, o British Council, instituições internacionais parceiras, e agências de recrutamento. Coletamos todas as informações regularmente, e sempre atualizamos, mudamos e adicionamos detalhes sobre as qualificações escolares do mundo todo – esta uma parte fascinante e um aspecto sempre em evolução do nosso trabalho.

 

De que forma o estudante internacional pode conseguir orientação durante o processo de inscrição?

 

Nós disponibilizamos todas as nossas informações atualizadas em nosso website oficial. A seção do site para estudantes internacionais é bem mais completa que a das demais universidades – preferimos usar a transparência a nosso favor. Se o nosso website diz que aceitamos algo, então é porque realmente aceitamos! Por isso, o candidato pode ter uma noção bem completa pelo site se ele tem chances de ser admitido. Além disso, nós temos um princípio: se três estudantes nos fizerem a mesma pergunta, então ela é uma questão que deve ser abordada no site!

 

Você tem algum conselho específico para estudantes internacionais sobre o preenchimento da inscrição online?

 

O processo é bastante claro e auto-explicativo. Eu apenas acrescentaria que é melhor nos fornecer TODAS as suas informações, ao invés de selecioná-las. Pode ser importante para nós saber se você já fez um ano em outra universidade, ou se fez outros cursos – não os subestime. Nós temos que passar bastante tempo entrando em contato com os estudantes para preencher as lacunas que ficaram faltando na inscrição, por isto é ótimo quando o candidato já informou tudo de uma vez.

 

Você realiza entrevistas com os candidatos? Se sim, o que você espera dos estudantes?

 

Sim, nós conduzimos entrevistas para alguns dos nossos cursos. Entretanto, cada entrevista e cada área de estudo terão diferentes questões e propósitos. Você pode checar as informações completas nas páginas dos cursos.

 

O que mais lhe impressiona em uma inscrição e em uma essay?

 

Nós queremos perceber que o estudante é uma pessoa talentosa, apaixonada pela área de estudo escolhida, e que fará uma contribuição positiva ao curso, à universidade e à nossa comunidade estudantil.

 

Quais são os erros mais comuns cometidos pelos estudantes em suas inscrições?

 

As personal statements ou essays costumam ser bem planejadas e bem escritas. Mas às vezes, os estudantes caem na armadilha de listar suas conquistas, sem nos dizer o que aprenderam com estas experiências. Às vezes, os candidatos não explicam o porquê de terem optado pelo curso ou porque querem estudar na Dundee. Mas, no geral, nós sentimos que nós realmente conhecemos os candidatos após ler suas redações.

 

Leia mais:

O que esperar do processo seletivo em uma Escola de Business internacional?

Pesquise por cursos

Reino Unido
Graduação
SOBRE O AUTOR

Entrevista: processo seletivo e admissões na University of Dundee

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.

Dê uma olhada...