Essenciais
Reino Unido: Últimas notícias

Estresse no meio acadêmico aumenta a cada ano

Pressão por publicações, grande número de alunos por sala e tempo perdido com burocracia aumenta condição entre professores britânicos, aponta estudo

Estresse no meio acadêmico aumenta a cada ano
217

Por G.A.T.E. Team

 

Não é só sobre os alunos que a pressão no mundo acadêmico é alta, seja no Brasil, na Europa ou em todo o mundo.O aumento do estresse sobre os professores pode acabar prejudicando os alunos e a instituição. A tese faz parte de uma pesquisa realizada por Ann Macaskill, chefe do departamento de Ética em Pesquisa e professora de psicologia da Sheffield Hallam University, Reino Unido. Publicada no Journal of Further and Higher Education – publicação voltada para o meio acadêmico sem versão online – a pesquisa chamada “Um Estudo Qualitativo Sobre o Papel Acadêmico no Reino Unido: Aspectos Positivos e Negativos e Causas de Estresse de uma Universidade Focada no Ensino” foi feita por Macaskill e um grupo de colegas. Juntos, eles analisaram 31 professores de faculdades britânicas com menos de 35 anos para entender como os professores lidavam com fatores estressantes no trabalho.

 

Os pesquisadores descobriram que o aumento da carga de trabalho, a ampliação do número de alunos e o fato de os professores terem, consequentemente, menos tempo para atender cada um deles contribuíram para o acréscimo do estresse entre os professores. Outras causas também identificadas foram as mudanças governamentais, que afetaram a qualidade do ensino superior e aumentaram o nível de insegurança das funções acadêmicas.

 

Segundo o estudo, 90% dos educadores estão extremamente infelizes com o nível de administração e burocracia com as quais eles são obrigados a lidar. Para a pesquisadora, o efeito dominó da má gestão, as mudanças na política e o excesso de papelada foram prejudicando o gratificante trabalho de ensino que os entrevistados tanto valorizam.

 

“A administração decepciona os acadêmicos porque ela cria uma barreira entre eles e os estudantes. Os organismos externos trouxeram uma série de burocracias sem pensar onde o trabalho mais importante realmente acontece – na sala de aula”, esclarece a pesquisadora.

 

Condição global

 

Não apenas na Grã-Bretanha o trabalho dos professores universitários tem sido apontado como altamente estressante. Nos Estados Unidos, uma pesquisa de 2013 colocou essa classe como a mais sujeita aos danos dessa condição que acomete milhões de pessoas a cada ano, à frente de outras consideradas ainda mais difíceis, como cabeleireiro e operador de máquinas em fábricas. A pressão por atualização constante e produção acadêmica sob a forma de publicação de artigos, aliados a salas superlotadas e muitas horas de trabalho fora da sala de aula foram apontados como as causas principais dessa situação.

 

 Não muito diferente, uma pesquisa de 2015 realizada pela Universidade Federal do Paraná apontou resultados semelhantes em professores das universidades daquele estado brasileiro. Como todos estes fatores estão relacionados com os salários recebidos pelos docentes – que aumentam seus rendimentos de acordo com o número de alunos por sala, orientandos sob sua tutela e títulos que possuem –a questão parece não ter solução simples à vista.

Pesquise por cursos

Reino Unido
Graduação
SOBRE O AUTOR

Estresse no meio acadêmico aumenta a cada ano

G.A.T.E. – Global Access Through Education é uma plataforma criada pelo STB – Student Travel Bureau com o objetivo de reunir educadores, pais, alunos e profissionais em um fórum, oferecendo conteúdo inovador sobre educação, cultura e desenvolvimento profissional e pessoal. G.A.T.E acontece durante todo o ano online, por meio do site e de palestras baseadas em conteúdos específicos em escolas, universidades e nos escritórios do STB.

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.

Dê uma olhada...