Essenciais
Reino Unido: informações de assunto

Estudando Direito no Reino Unido

942

Todos nós temos uma visão sobre advogados, das nossas experiências pessoais, estórias da mídia, filmes ou televisão. Porém, muitas vezes, a realidade de estudar e trabalhar com o Direito difere das nossas percepções. Uma carreira em Direito pode te trazer status, um bom salário e perspectivas de promoção, mas tenha em mente que o sucesso na profissão requere trabalho árduo, boas notas e muitas vezes, horas de trabalho. Mas isso tudo pode ser muito recompensador – se você está interessado no Direito com a intenção de se tornar um advogado, um procurador ou gostaria de entrar no mundo da política, negócios ou relações internacionais e bancos, as oportunidades trazidas pela graduação em Direito são muitas e totalmente variadas.

O Direito e as atividades legais estão no topo de todas as mudanças sociais, mas não são somente decisões de interesse nacional ou de grande importância que estão dentro do processo legal: eventos do dia-a-dia que afetam nossas vidas, desde comprar uma casa a fazer um testamento envolvem procuradores, advogados e conselheiros legais.

Essa profissão multifacetada com seus próprios métodos, argumentos e linguagem têm impactos em nossas famílias, negócios, educação, taxas e transporte. Fazer uma faculdade de Direito permite que os estudantes façam, apliquem e critiquem as distinções precisas desses métodos.

ESTUDANDO DIREITO

O curso de Direito e suas matérias podem variar, dependendo da instituição. Algumas instituições europeias oferecem Direito Comercial como parte do curso de Direito geral, enquanto outras oferecem como graduações separadas. Escolas diferentes enfatizam aspectos diferentes do estudo legal.

A faculdade de Direito apresenta ao estudante as sete matérias básicas que formam um profissional de Direito e que possibilitam ao licenciado com a insenção da taxa paga ao Exame Comum Profissional (CPE) aplicado pela Sociedade das Leis do Reino Unido. As matérias essenciais são: Leis Constitucionais, Lei Criminal, Lei de Danos, Lei de Contratos, Lei das Obrigações (Igualdade) e as Leis da União Europeia.

O estudo dessas areas dura dois anos, com estudantes començando a se especializar no seu segundo ano. Os estudantes têm a chance de estudar no exterior no terceiro ano com a intenção de ganhar uma visão de como funciona o sistema legal de outros países.

Julgamentos falsos, ou “moots” (um argumento legal baseado em um set de fatos prescritos), são um recurso credenciado em várias faculdades de Direito. Eles aumentam as habilidades práticas e mostram como a lei é conduzida no sistema jurídico. Eles também ajudam a desenvolver o poder de análise, resolução de problemas, comunicação, debate e habilidades de articulação, todas imperativas na profissão legal.  A avaliação é feita através de exames ao final de cada ano, que dirão se o aluno passará para o ano seguinte ou não.

EXPERIÊNCIA DE TRABALHO

56.450 estudantes estudaram em período integral para um curso de graduação em Direito em 2008-9 (fonte: HESA), e a disputa por vagas de trabalho após a graduação é cada vez mais acirrada. A experiência no trabalho legal é essencial já que as habilidades adquiridas e os projetos trabalhados te darão muitos argumentos para discutir em entrevistas, e qualquer forma de trabalho dentro da área legal mostra que você tem comprometimento com a carreira legal. Em algumas firmas, aqueles com uma boa performance durante o período de trabalho podem te dar uma posição permanente.

Muitos grandes escritórios de direito oferecem vagas de estágio durante as férias da universidade mas geralmente esses programas são tão difíceis de conseguir como um contrato de experiência. Se você não conseguir um trabalho desses, não desista – a chave para impressionar o entrevistador é ter alguma experiência na área jurídica. Você pode passar algum tempo trabalhando em um pequeno escritório de advocacia, departamentos governamentais legais locais, centros de leis e cortes. Você poderá encontrar trabalho remunerado, mas mesmo um trabalho voluntário deve ser visto como um investimento para o futuro.

CONSIDERAÇÕES SOBRE A INSCRIÇÃO

Se você está pensando em fazer a sua inscrição em um curso de Direito em alguma das mais competitivas universidades do Reino Unido, como Oxford, Cambridge, Durham ou Bristol, você deverá fazer o Teste Nacional de Admissão para Direito, também conhecido como LNAT. Esse exame deve ser feito antes que você envie seu UCAS, pois o resultado deve ser enviado junto com a sua inscrição para as instituições de sua escolha.

É importante que você comece a planejar seus estudos o mais cedo possível – se você está pensando em aplicar para Oxford ou Cambridge, deverá se registrar e agendar um teste LNAT até Outubro e fazer o teste até o meio de Novembro (Consulte o UCAS para as datas exatas que podem variar de ano para ano). Para outras universidades que requerem o LNAT, você deverá se registrar e agendar seu teste em Janeiro. Para maiores informações sobre o LNAT, visite o site www.lnat.ac.uk.

Veja mais sobre cursos de Direito no Reino Unido e Direito Internacional.

Pesquise por cursos

Reino Unido
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Hotcourses Editor is the mysterious, faceless force made up of all our different contributors over the years. From masters in their field to top notch journos, take a peek at some of the talent we’ve had the pleasure of working with.

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.