Essenciais
Estados Unidos: Inscrevendo-se em uma universidade

O processo seletivo nos Estados Unidos

UMA EXPLICAÇÃO E DICAS SOBRE O PROCESSO DE INSCRIÇÃO EM UNIVERSIDADES DOS ESTADOS UNIDOS

O processo seletivo nos Estados Unidos
2650

Consistentemente classificadas entre líderes globais em várias áreas de pesquisa e inovação, as universidades americanas oferecem aos estudantes internacionais uma valiosíssima experiência de estudos no exterior. Com mais de 5.500 instituições, incontáveis áreas universitárias, e corpos estudantis diversos, não é de se espantar que o processo seletivo nos Estados Unidos seja competitivo. Um dos fatores principais para se ter sucesso em sua inscrição é iniciá-la o quanto antes possível para poder se preparar adequadamente.

 

A seguir, explicamos alguns pontos principais sobre o processo seletivo norte-americano, para ajudá-lo a planejar os seus estudos no país.

 

PESQUISA

 

Com um sistema acadêmico inigualável e rígidas leis de imigração, os estudantes são aconselhados a começar a pesquisar por instituições com dois anos de antecedência antes da data de início dos cursos, para ter tempo suficiente de se organizar. As universidades americanas funcionam de acordo com um modelo geral de educação em graduações, por isso, se atualmente você estiver cursando um bacharelado no Brasil, deve intensificar a sua pesquisa por instituições que possam aceitar os seus créditos acadêmicos brasileiros. Inúmeras universidades e faculdades disponibilizam catálogos universitários para download gratuito em seus sites oficiais. Com eles, você tem todas as informações necessárias de graça e sem sair do país.

 

A grade curricular

Nas universidades americanas, os estudantes montam suas próprias grades curriculares a cada semestre. As disciplinas oferecidas por ano dependem dos professores que as lecionam. A admissão dos estudantes nas disciplinas também é provisória e, às vezes, não é confirmada até próxima à data de início. Os estudantes são aconselhados a ter várias opções reservas de disciplinas, caso não consigam vagas nas opções principais, para poder manter o número de créditos acadêmicos obrigatórios por semestre. Também são incentivados a confirmar a transferência de créditos diretamente com a instituição e com o professor de cada disciplina para que não seja tarde demais para se inscrever em outras matérias.

 

MATRÍCULAS E PRAZOS FINAIS

 

Os prazos das inscrições em graduações para o primeiro semestre do ano letivo (normalmente, com início em setembro) são em janeiro, apesar de algumas universidades receberem inscrições até março. Os estudantes que precisarem de uma prova de proficiência em inglês como parte do processo seletivo devem se organizar para prestá-la antes do prazo final de inscrição. Normalmente, os candidatos recebem uma resposta quanto à admissão no final de março ou começo de abril. Já as inscrições para o segundo semestre do ano letivo, com início em janeiro/fevereiro, recebem resposta entre julho e agosto do ano anterior ao começo das aulas.

 

Os prazos finais de inscrição para cursos de pós-graduação são estipulados por cada instituição e muitos irão variar de acordo com a área de estudo e os requisitos do curso – variam, inclusive, entre instituições públicas e particulares.

 

Às vezes, o estudante pode ficar em uma "lista de espera", o que significa que todas as vagas para os cursos já foram preenchidas, mas o candidato pode ser considerado a uma admissão tardia se algum lugar vagar.

 

Testes de admissão e aptidão

Devido ao sistema acadêmico único dos Estados Unidos, as qualificações brasileiras podem não ser reconhecidas pela sua universidade americana. Sendo assim, o estudante estrangeiro teria que prestar os mesmos testes de admissão prestados pelos nativos, como SAT e o ACT. A proficiência no inglês é comprovada com o resultado em um teste padrão, normalmente o IELTS ou o TOEFL.

 

A admissão em cursos de pós-graduação também requer notas mínimas em exames de aptidão específicos. Como é o caso do GMAT, para os cursos de negócios, o LSAT de direito, e o MCAT de medicina.

 

INSCRIÇÕES

 

A maioria das instituições americanas realiza seus processos de inscrição de forma online, diretamente em seus sites oficiais. Basta se cadastrar, criar um login e preencher o formulário de inscrição. Normalmente, os candidatos podem fazer o upload de seus documentos pelo site para enviá-los juntamente com o formulário online e acompanhar o status da inscrição pelo seu perfil no site da universidade.

 

Há também um serviço centralizado de inscrições chamado Common Application usado por mais de 475 universidades americanas. Quase dois terços destas mesmas instituições que usam o serviço exigem que os candidatos enviem seus documentos diretamente a elas.

 

Documentos necessários

As universidades americanas exigem um comprovante de todas as qualificações já cursadas pelo estudante, como históricos escolares e acadêmicos, diplomas e certificados, cartas de recomendação de algum professor, além da declaração de suporte financeiro (para comprovar que você poderá pagar pelos estudos e a estadia nos Estados Unidos) e documentos de identificação, como uma cópia do passaporte ou carteira de motorista.

 

Quase todas as universidades exigirão uma declaração pessoal (essay ou personal statement), uma redação que explique porque você quer continuar seus estudos, quais motivos levaram você optar pela sua área, pela instituição e pelos EUA, etc.

 

Após o recebimento de uma carta de admissão, você deve requerer o seu visto de estudante. Leia mais sobre o visto de estudante americano aqui.

 

DICAS PARA A INSCRIÇÃO

 

Sua declaração pessoal terá um papel importante em sua inscrição - ela funciona como sua apresentação pessoal -, por isso, é importante que você tenha tempo suficiente de escrevê-la em inglês e revisá-la com cuidado. Demonstre o seu entusiasmo e o seu domínio do inglês, e explique porque você quer estudar especificamente nos Estados Unidos ao invés de qualquer outro país.

 

Os estudantes devem se certificar de explicar claramente as razões que os levaram a optar pela área de estudo e destacar qualquer habilidades, conhecimentos e experiências práticas que possam comprovar o interesse pela área. Lembre-se: os agentes de admissão lêem centenas de inscrições, por isso, a sua declaração deve fazer com que você se destaque dentre os demais candidatos.

 

As universidades americanas utilizam um modelo holístico para o processo seletivo. Isto significa que eles analisam cada estudante de forma completa: não só avaliam históricos acadêmicos e resultados em exames, como também fazem entrevistas, lêem as declarações pessoais e cartas de referência, entre outros fatores.

 

Pesquise universidades americanas pelo Hotcourses Brasil aqui e comece já o seu processo seletivo. Utilize o botão "Mais informações" para enviar emails diretamente às instituições.

 

Leia mais:

O ensino superior nos Estados Unidos

O que é e como escrever uma declaração de suporte financeiro?

Regras para trabalhar nos EUA com visto de estudante

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Graduação
SOBRE O AUTOR

O processo seletivo nos Estados Unidos

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Dê uma olhada...