Essenciais
Estados Unidos: Perspectivas profissionais

Acabei meu curso nos Estados Unidos... E agora?

APRENDA AS OPÇÕES PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS NOS ESTADOS UNIDOS APÓS A GRADUAÇÃO: PERSPECTIVAS PROFISSIONAIS, VISTOS DE TRABALHO E PERMISSÃO DE PERMANÊNCIA.

Procurar emprego nos EUA
4420

Nomeados como a "terra da oportunidade", os Estados Unidos recebem milhares de estudantes e profissionais todos os anos com o interesse de começar ou melhorar sua carreira profissional. Mesmo a nação sendo um centro econômico e político, ainda assim pode ser complicado encontrar uma vaga na imensidão de setores e oportunidades disponíveis. No entanto, inúmeros estudantes conseguem permanecer no país após os estudos. Para que este seja o seu caso, criamos o nosso guia a seguir.

 

O MERCADO DE TRABALHO NOS ESTADOS UNIDOS PARA QUEM ACABA DE SE GRADUAR

 

Os Estados Unidos permanecem sendo a maior economia do mundo; mas o mercado de trabalho nacional já teve dias melhores. O número de mão de obra do país caiu quase meio milhão de fevereiro para março de 2013; a proporção de adultos ativos também caiu 63,3% em maio do mesmo ano. No entanto, 2014 deve produzir o maior crescimento desde a recessão de 2009. Por isso, ainda há esperança para quem quer estudar na América.

 

As oportunidades, a taxa de empregabilidade e os mercados específicos variam de estado para estado. Por este motivo, será necessário pesquisar suas opções por todo o país, idealmente durante os seus estudos, antes de formular a sua estratégia de procura por empregos nos EUA. Por exemplo, Washington D.C., a capital americana, tem uma vaga aberta para cada cidadão desempregado da região, incluindo seções nos estados de Maryland e Virginia, enquanto os recém-formados em Las Vegas enfrentam uma taxa de desemprego desanimadora de 14,5%.

 

De forma bem geral, os Estados Unidos tem forte indústrias de economia, finanças, serviços bancários e mídia.

 

EU POSSO PERMANECER NOS ESTADOS UNIDOS APÓS A MINHA GRADUAÇÃO?

 

Os estudantes internacionais interessados em permanecer nos EUA após a conclusão dos estudos têm duas opções principais:

 

1. inscrever-se no programa Optional Practical Training (OPT), ou;

2. conseguir um visto de trabalho.

 

Após o vencimento do seu visto de estudante, você pode permanecer no país durante o período chamado de "grace period" ("prazo de carência") para acertar os detalhes da viagem de volta ou estender/trocar o seu visto. A duração desse período extra depende do tipo do visto de estudante: estudantes F-1 podem ficar até 60 dias; M-1 e J-1 têm 30 dias.

 

Optional Practical Training (OPT)

 

Se estiver nos Estados Unidos com um visto de estudante F-1, você é permitido completar até um ano de treinamento prático em um emprego diretamente relacionado à sua área de estudo. O programa OPT permite que você permaneça um ano em um trabalho temporário para cada qualificação que você completar. Por exemplo: um ano de OPT após a conclusão do seu bacharelado nos Estados Unidos e outro ano após o seu mestrado.

 

Primeiramente, você deve enviar um pedido de OPT I-20 à secretaria internacional da sua universidade, para receber uma permissão. Se o pedido for aceito, a instituição passará seus dados para o Student and Exchange Visitor System (SEVIS). Então, você receberá novos documentos de imigração necessários para completar a sua inscrição no OPT, que deve ser enviada ao Departamento de Imigração dos EUA.

 

Visto de trabalho

 

Há vários tipos de visto de trabalho nos Estados Unidos. Como um estudante internacional recém-formado no país, é muito provável que o visto mais indicado para você seja o Visto Temporário de Trabalho (H-1B). Com ele, você pode permanecer nos EUA por até três anos, com possibilidade de extensão para seis. Veja uma lista completa de vistos de trabalhos temporários no site US Bureau of Consular Affairs.

 

Os graduados estrangeiros NÃO podem requerer o visto por sozinhos: quando receber uma oferta de trabalho nos Estados Unidos, o próprio empregador deve preencher o requerimento em seu nome. Para se qualificar à troca de visto de estudante para o de trabalho, você deve ter uma qualificação acadêmica (um bacharelado ou outro diploma).

 

Se você tiver interesse de ficar permanentemente nos Estados Unidos, então precisará de um Green Card. Para requerê-lo, você precisa estar no país com um visto de trabalho temporário e, também neste caso, o seu empregador deverá completar os formulários em seu nome. As especificidades da inscrição para um Green Card são um tanto complicadas e você deve verificar com cuidado se se qualifica aos requisitos exigidos pelo Departamento de Segurança Nacional.

 

COMO ENCONTRAR VAGAS PROFISSIONAIS NOS ESTADOS UNIDOS?

 

Você precisa de uma oferta de trabalho de um empregador americano para conseguir o visto de trabalho. De forma geral, as vagas nos EUA estão disponíveis em dois mercados: hidden e open.

 

No hidden market ("mercado escondido"), as vagas não são anunciadas publicamente e costumam ser encontradas por meio de contatos e conexões, como, por exemplo, a sua universidade ou um profissional que você conheceu em uma feira de carreiras. Estas oportunidades são mais difíceis de descobrir, então, mantenha-se sempre em contato com outros estudantes, professores e orientadores profissionais. Atualmente, as redes sociais são uma boa fonte de informação, já que várias organizações as utilizam com frequência, inclusive para anunciar processos de seleção. Outras companhias permitem também que você cadastre-se no site para receber newsletter ou aviso de novas vagas em seu email. No entanto, as vagas do hidden market são anunciadas de forma particular, por isso, você também pode se associar a organizações ou associações da sua área para receber informações oficiais.

 

As oportunidades do open market são divulgadas publicamente. Você encontra todo tipo de vagas em banco de dados como o IdealList, USA Jobs e American Job Centre. Os Estados Unidos é um país enorme e, dependendo de onde você morar, fica mais fácil pesquisar por fontes do próprio estado, como jornais locais e classificados. Os estudantes em Los Angeles, por exemplo, podem pesquisar pelo Los Angeles Times ou, em Boston, pelo Boston Jobs Today.

 

Lembre-se: um currículo bem escrito em inglês ajuda bastante na hora de se candidatar a uma vaga.

 

COMO A MINHA UNIVERSIDADE AMERICANA PODE ME AJUDAR?

 

Na maioria dos casos, as universidades americanas são extremamente prestativas em dar suporte aos estudantes internacionais e ajudá-los com a burocracia do país. Infelizmente, é realidade que os estrangeiros encontram mais dificuldade que os nativos na hora de achar oportunidades profissionais. Mas inúmeras empresas americanas estão à procura de jovens talentos, determinados e dispostos a fazer a diferença, sejam eles profissionais locais ou internacionais (há, inclusive, novas leis que pretendem manter no país estrangeiros de demonstrem excelente desempenho durante os estudos).

 

Toda instituição de ensino superior que admite estudantes internacionais é obrigada, por lei, a ter, pelo menos, um Designated School Official (DSO), funcionário responsável pelos estrangeiros. Marcar um horário para conversar com ele ou com algum dos orientadores da Secretaria Internacional de sua instituição irá ajudar a compreender as suas opções, a se preparar para a cultura profissional americana e, provavelmente, a definir quais seriam os primeiros passos a serem dados. A Cornell University, por exemplo, tem um eBook gratuito para guiar os estudantes na procura por emprego, no processo de seleção, recursos, dicas para a entrevista, informação sobre imigração e etiqueta profissional nos Estados Unidos.

 

As universidades americanas se preocupam em preparar seus estudantes para uma carreira de sucesso e costumam organizar feiras profissionais todos os anos. Durante esses eventos, você tem a chance de conhecer profissionais da sua área e fazer networking, o que, em pouco tempo, pode ser essencial à sua carreira.  Não tenha receio de ser direto e confiante:  empregadores americanos valorizam iniciativas.

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Graduação
SOBRE O AUTOR

Procurar emprego nos EUA

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Dê uma olhada...