Essenciais
Estados Unidos: Informações essenciais - Leitura recomendada

Aterrissando na América

Aterrissando na América
1784

A América é a terra das oportunidades. Mas, se você estiver viajando para os Estados Unidos pela primeira vez, pode sentir-se um tanto intimidado com a imensidão do país, principalmente se você estiver se mudando sozinho. Não se preocupe! Há várias informações que você pode aprender antes de pegar o seu voo rumo aos States, que farão sua viagem ser bem mais tranquila.

Planejando com antecedência

Em um país tão grande quanto os Estados Unidos, a probabilidade de conseguir um voo direto para a sua cidade de destino é bem baixa. Cidades grandes como Nova York e Los Angeles possuem mais de um aeroporto internacional; e se você estiver viajando para algum local fora das metrópoles, é bem provável que precisará pegar um voo doméstico, após aterrissar nos EUA.

Não há como negar que estas conexões podem adicionar uma dose de stress à sua viagem, mas se você souber exatamente para onde está indo, não encontrará muitos problemas pelo caminho. Cheque com cuidado as informações da sua viagem: qual é ao horário do embarque? Onde você fará sua conexão? Qual é o seu destino final? Nova York, por exemplo, tem três grandes aeroportos; por isso, é de extrema importância que você saiba todas as informações de seus voos com antecedência.

Outro item a ser planejado o quanto antes é como você irá do aeroporto até a sua acomodação estudantil nos Estados Unidos. Algumas universidades oferecem serviços de transporte gratuito para buscar os novos estudantes internacionais no aeroporto. Se esta opção não fizer parte dos serviços da sua instituição, cheque se vale a pena pegar um ônibus ou um metrô. Há sempre estações próximas às saídas de aeroportos, assim como pontos de táxi. Este último costuma sair bem mais caro, mas também oferece maior comodidade, pois você não precisará viajar pelo sistema de transporte público carregando toda a sua bagagem.

Prepare os seus documentos

Quando você aterrissa em um aeroporto americano, precisa passar por um processo de inspeção realizada pela Imigração. Isto pode soar um tanto intimidante, mas é apenas uma exigência para todos os estrangeiros que querem adentrar o país. Durante o seu voo para os EUA, você receberá um formulário de Declaração de Direitos Alfandegários 6059B, e também precisará do formulário I-94 para entrar no país com um visto.

É importante ter passaporte e visto em mãos. O quanto antes você conseguir o seu visto de estudante, mais rápido será o seu processo de matrícula e a sua viagem para os EUA. Para a concessão do visto, você precisará de documentos que confirmem sua admissão em uma instituição americana e que comprovem os recursos financeiros disponíveis para bancar os estudos no exterior. Você também precisará mostrar o formulário I-20 assinado por sua universidade que demonstram ao governo americano a sua elegibilidade para o visto de estudante F-1.

Quando chegar a hora da sua viagem, tenha todos estes documentos com você, na sua bagagem de mão. Pode ser que você tenha de apresentá-los na passagem pela alfândega e sem a documentação correta a sua entrada nos Estados Unidos pode ser barrada.

Ter um visto, no entanto, não lhe garante a permissão para entrar no país. A Segurança Nacional e o Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteira podem permitir e negar a entrada de estrangeiros nos EUA. Por este motivo, os seus documentos precisam ser mantidos em segurança com você o tempo todo durante a viagem. Quando a sua entrada for permitida, o seu passaporte será carimbado, e você receberá um I-94 indicando o seu tempo de permanência no país.

Se algo der errado?

Além de toda a documentação mencionada acima, é aconselhável que você tenha anotado todas as informações de contato da sua universidade. Os estudantes internacionais costumam passar pela Imigração sem problemas, mas, em todo caso, é importante que você saiba como entrar em contato com a sua instituição se algo der errado.

De vez em quando, acontece algum imprevisto na passagem pela imigração. Com sorte, isto não acontecerá com você, mas mesmo com um visto válido e todos os documentos certos a entrada no país pode ser negada; é bom saber o que se procede se isto ocorrer. Se barrarem a sua entrada nos EUA, você será mantido em detenção ou em custódia temporária até arranjarem os detalhes para o seu retorno ao Brasil. Se o funcionário do controle alfandegário não estiver certo em relação ao seu status, pode ser que você precise passar por uma segunda entrevista – possivelmente, com a presença de um intérprete.

Durante a viagem para os EUA, podem ocorrer outros imprevistos, como um voo atrasado ou uma bagagem extraviada. Se um destes infortúnios acontecer, a pior coisa a se fazer é entrar m pânico. Procure um funcionário do aeroporto e peça informações sempre que necessário.

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Aterrissando na América

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.