Essenciais
Estados Unidos: Informações essenciais - Leitura recomendada

Uma introdução à culinária americana

Uma introdução à culinária americana
7224

É impossível falar da culinária americana sem mencionar as redes de fast food, uma opção bastante popular no país devido à variedade, praticidade, rapidez e, sem dúvida, os preços bem mais acessíveis. Mas também não é correto limitar a diversidade culinária da América aos hambúrgueres, fritas, tacos e pizzas. Em um país tão grande, acontece o mesmo que no Brasil: cada estado é conhecido por pratos regionais populares - como o nosso pão de queijo mineiro e o vatapá baiano.

Como conhecer as opções mais próximas

O estado e a cidade onde você estudará pode definir melhor que tipo de culinária você encontrará com mais frequência (sem esquecer que os restaurantes fast food estão em TODOS os lugares, portanto, há sempre opções rápidas e com gosto de “conhecida”).

Tomemos como exemplo o canto nordeste dos Estados Unidos conhecido como New England (Nova Inglaterra). A região é formada pelos estados de Maine, New Hampshire, Vermont, Massachusetts, Rhode Island e Connecticut, e é conhecida pelas fartas refeições importadas para os EUA pelos colonos britânicos. Além disso, por terem uma grande costa marítima, os estados são conhecidos pelos pratos com frutos do mar, como a lagosta de Maine e as várias opções de restaurantes famosos em Boston (Massachusetts).

Soul food: Em consequência ao comércio de escravos nos estados sulistas no passado, hoje ainda há uma forte influência dos sabores africanos na comida da região. Na década de 60, a culinária popularizada pelos afro-americanos no sul do país ficou conhecida por “soul food” (“alimento da alma”), uma vez que a palavra soul é comumente usada para referir-se à cultura e à influência africana nos EUA (como em soul music). São diferentes receitas de frituras e molhos fortes, geralmente com carne suína ou frango.

Califórnia: O “estado dourado” americano não é só abençoado por praias fantásticas, como também pela enorme variedade de ingredientes novos em uma culinária em constante evolução. Isto porque a região não tem receio de experimentar e incorporar novos gostos e sabores. Se você provar algo bem diferente em algum outro estado, pode estar quase certo de que a invenção surgiu na Califórnia.

Tex-Mex: A fronteira do estado do Texas com o México proporcionou o que os americanos chamam de Tex-Mex. Burritos, nachos, tacos, chili beans e outros pratos bem apimentados são heranças mexicanas que chegam pelas fronteiras e se espalham pelo restante do país (a famosa rede de fast food de pratos mexicanos Taco Bell é uma prova da influência da nação vizinha).

Takeaway

E, é claro, como já mencionado, não tem como falar de comida nos Estados Unidos sem falar de fast food. Você encontra redes famosas como McDonalds, Burguer King, Subway e Pizza Hut em todos os cantos, seja nas cidades grandes ou nas cidadezinhas. As opções de restaurante especializados em "comidas rápidas" – ou o que muitos chamariam de junk food –, no entanto, são bastante variadas. Você pode comer comida mexicana no Taco Bell, donuts variados e coloridos no Dunkin Donuts, o hambúrguer tradicional americano no Wendy's, tomar um latte ou um cappuccino do Starbucks, e muito, muito mais. Tem para todos os gostos! Além disso, você pode comprar sua comida no drive thru ou no estilo "takeaway" – para viagem.

Saudades da comida caseira brasileira?

Estes são só alguns exemplos das inúmeras opções de culinárias que você encontrará nos Estados Unidos. Conhecido pela sua mistura étnica, os pratos tem influência francesas, espanholas, italianas e asiáticas; os restaurantes temáticos estão em todos os lugares, inclusive redes famosas de churrascarias no melhor estilo brasileiro, como o Fogo de Chão (apenas prepare o bolso, porque os rodízios costumam ser caros).

Há também supermercados com itens e ingredientes do mundo todo, facilitando para quem tem vontade da comida homemade, preparada em casa. Gosta de cozinhar? É só encontrar ingredientes brasileiros do seu gosto no mercado mais próximo e preparar o nosso arroz e feijão – nada comum nas refeições norte-americanas.

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Uma introdução à culinária americana

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.