Essenciais
Estados Unidos: Informações essenciais - Leitura recomendada

Dicas para economizar nos Estados Unidos

Dicas para economizar nos Estados Unidos
1721

Umas das coisas mais importantes e, talvez, mais difíceis de cuidar enquanto vive em outro país são as suas finanças. Você precisa aprender a lidar com o dólar, a criar uma conta em um banco americano (que provavelmente realiza negócios bancários de forma diferente do que você está acostumado no Brasil), a usar o cartão de crédito, a fazer compras... Além das várias formas de se economizar dinheiro em um novo país. Como estudante internacional nos Estados Unidos, você tem que manter-se dentro do seu orçamento - às vezes, bastante curto - para conseguir pagar o seu curso e os seus custos de vida.

Por isso, reunimos aqui algumas dicas importantes que o ajudará a ficar longe do negativo!

Sua conta em um banco norte-americano

Uma das primeiras coisas que você precisa fazer ao se instalar no país é procurar um banco americano que melhor atenda às suas necessidades financeiras e ofereça boas opções de contas estudantis. Muitos bancos terão ofertas, incentivos gratuitos, e descontos para estudantes, o que é ótimo, mas não se deixe levar pelos "brindes", pesquise tudo que o banco tem a oferecer!

A maioria dos estudantes estrangeiros abre uma conta em algum banco americano (até porque, existem poucas agências em comum com o Brasil). Mas nada impede que você procure alguma opção que trabalhe diretamente com o seu banco brasileiro – isto pode, inclusive, facilitar a transferência de dinheiro.

Vá pessoalmente à agência que você escolher portando todos os documentos necessários (você pode se informar pelo site oficial do banco ou por telefone). É aconselhável que opte por um banco mais conceituado e conhecido (em contrapartida às agências locais), assim será mais fácil de encontrar agências e caixas eletrônicos em qualquer lugar.

Antes de abrir a conta, faça uma lista de dúvidas e perguntas para esclarecer com o funcionário que lhe atender. Não há problema nenhum pesquisar pela melhor opção, e que principalmente lhe ajudará a economizar! A sua universidade ou faculdade é uma excelente fonte de informação e saberá lhe dizer quais agências oferecem as melhores opções para estudantes.

Saiba como abrir uma conta bancária nos Estados Unidos.

Mantendo-se em contato

Ter um celular pode ser pode ser uma forma de manter contato com sua família e amigos, e várias companhias telefônicas americanas oferecem planos internacionais bastante vantajosos. Mas se você levar com você – ou pretende comprar nos EUA – um laptop, opções como o Skype, Facebook e Google + saem bem mais baratas, já que você pode fazer ligações gratuitas e ainda usar a webcam.

Ou ainda, existem aplicativos de mensagens e ligações gratuitas para o celular, como o WhatsApp e o Viber – tudo o que você precisa é de acesso à internet. Vários cafés, como a rede Starbucks, e restaurantes oferecem rede wi-fi de graça para os clientes. Assim, você pode relaxar, comer e matar a saudade da família!

Imposto e horas de trabalho

A grande maioria dos estudantes internacionais pretende trabalhar nos Estados Unidos durante os estudos. Esta é uma ótima opção para ajudar a bancar o seu curso, mas antes de sair à procura de uma vaga, cheque se o seu visto de estudante americano e se a sua instituição permitem trabalhar no país.

Nos EUA, geralmente, estudantes estrangeiros são permitidos a trabalhar no máximo 20 horas semanais dentro do campus universitário - no refeitório, na biblioteca, em algum departamento, etc. A maioria dos empregos em campi acadêmicos paga um pouco mais que o mínimo exigido de U$7,25 por hora - apesar de alguns estados terem um valor mínimo maior de U$9,19/hora. Pode ser também que o seu visto e a sua universidade permitam trabalhar além do campus, e por uma quantia um pouco maior de horas durante as férias acadêmicas; é importante checar esta informação diretamente com a sua instituição.

Todos os estudantes estrangeiros com um visto F-1 e J-1 precisam de um Social Security Number, documento de identidade americano, que mantém o registro dos ganhos de cada indivíduo ao longo de sua vida ativa de trabalho.

Há também uma série de pequenas coisas que você pode fazer rotineiramente para economizar nos Estados Unidos. Uma delas é investir em um ISE card, principalmente se você planeja viajar pelo país. Este cartão funciona como uma carteirinha internacional de estudante e lhe ajudará a conseguir descontos em várias atrações turísticas por todo o país. A carteira de estudante da sua própria universidade pode lhe proporcionar descontos local e regionalmente em transportes públicos, cinemas, restaurantes, mercados e shows. Verifique esta informação com a sua universidade.

Se você resolver dividir uma acomodação com outros estudantes, pode considerar fazer as compras em conjunto, assim vocês dividem igualmente os gastos com itens essenciais, como comida, utensílios e produtos de limpeza. Muitos supermercados oferecem promoções super vantajosas do estilo "buy one, get one free" (compre um, leve outro de graça); e redes como o Walmart sempre terá araras de roupas e prateleiras com peças em promoção, podendo custar quantias mínimas de U$3 a U$1.

Uma das formas mais populares de se economizar nos Estados Unidos é com cupons. Geralmente você os encontra em jornais, revistas ou panfletos publicitários; basta recortá-los e apresentá-los no caixa no momento da compra, e você consegue bons negócios. Existem também vários sites de cupons disponíveis, nos quais você pode imprimi-los e usá-los, como o Retail Me Not, o Current Codes e o Coupon Cabin.

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Dicas para economizar nos Estados Unidos

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.