Essenciais
Estados Unidos: Últimas notícias

Reforma de Imigração nos EUA beneficia estudantes internacionais

1499

Estudantes estrangeiros que estudam nos EUA têm tido tradicionalmente um ano após a formatura para arranjar um emprego. Esta legislação permite que eles vivam e trabalhem nos Estados Unidos durante esse tempo. Há três anos atrás, o Departamento de Segurança Interna dos EUA (DHS) mudou as regras de imigração para estender o período de 12 a 29 meses para alunos de graduação em certas disciplinas. O presidente Obama recentemente fez um discurso que descreve uma série de concessões mais recentes para estas regras. No artigo a seguir, a editora da Hotcourses - Alejandra - apresenta as mudanças e pergunta como elas afetarão os estudantes estrangeiros que desejam estudar nos EUA.

 

Em 12 de maio, o Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA (ICE) publicou uma lista expandida dos programas de graduação de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM). Os estudantes estrangeiros que se formaram  nestes assuntos são elegíveis para um treinamento prático opcional de extensão (OPT) de 12 a 27 meses. Fundamentalmente, isso permite que você permaneça no país e a fim de obter formação profissional depois de adquirir o seu diploma.
 

Oportunidades para estudantes de ciência

Atualmente, os estudantes internacionais no estado de F-1 não-imigrante que tenham sido matriculados em uma instituição aprovada integralmente por pelo menos um ano letivo completo, podem trabalhar por até 12 meses na sua área para um empregador dos EUA. No entanto, segundo as novas regras, os alunos que se formaram recentemente podem permanecer por um período adicional de 17 meses em uma extensão STEM OPT, tornando a possibilidade de estudar nos EUA e buscar uma profissão atraente e satisfatória.

 
Durante uma visita oficial a El Paso, Texas, o presidente Barack Obama declarou que os EUA precisa de uma reforma de imigração para permitir que os estudantes altamente qualificados permaneçam no país e trabalhem para o seu desenvolvimento:
 
"Em um mercado global, precisamos de todo o talento que podemos atrair, todo o talento que pode chegar a ficar aqui para iniciar negócios - não apenas para beneficiar os indivíduos, mas porque a sua contribuição irá beneficiar todos os americanos".
 

Boa notícia para os estudantes internacionais

As novas mudanças foram calorosamente recebidas pela comunidade de estudantes internacionais, mas tem havido alguma oposição dos grupos anti-imigração por ver tais mudanças como uma ameaça para os alunos nascidos nos EUA que estão lutando para ganhar uma oportuniade de trabalho após a graduação. O objetivo para a competitividade global do sistema educacional norte-americano, através do reforço das áreas de ciência e tecnologia, também está beneficiando os estudantes internacionais que têm agora um longo período de tempo para adquirir em primeira mão a experiência profissional de seus temas específicos.

 
Ainda não se sabe se outras disciplinas, tais como artes e humanas serão incluídas nesta extensão. No entanto, esta é uma grande oportunidade para os apaixonados por ciências para explorar o que o mercado educacional e de trabalho que os EUA têm para oferecer e, o recente anúncio é indicativo da mudança de atitude norte-americana em relação aos estudantes estrangeiros.

 

Saiba mais sobre cursos de Ciências Puras e Aplicadas nos Estados Unidos.

 

 

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Hotcourses Editor is the mysterious, faceless force made up of all our different contributors over the years. From masters in their field to top notch journos, take a peek at some of the talent we’ve had the pleasure of working with.

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Dê uma olhada...