Essenciais
Estados Unidos: Últimas notícias

Pesquisa divulga recorde de estudantes internacionais nos EUA

Estudar nos Estados Unidos: Relatório informa quantos estudantes internacionais estudaram no país em 2011

Estudantes internacionais nos Estados Unidos
1681

O número de estudantes internacionais em faculdades e universidades nos Estados Unidos aumentou em 6,5%, batendo o recorde de 764.495 alunos no ano acadêmico de 2011/12 e contribuindo U$ 22,7 bilhões com a economia americana. Estes são os dados divulgados recentemente no Open Door 2012, relatório sobre estudantes estrangeiros nos EUA realizado desde 1954 pelo Institute of International Education (IIE).

 

A pesquisa demonstra que o envolvimento internacional em universidades nos EUA aumentou 6,5% desde a pesquisa de 2010/11. Este aumento pode ter sido influenciado com a vinda de mais estudantes chineses: 194.029 – representando um aumento de 23% em relação ao ano passado e 25% do total de estrangeiros nos EUA neste ano. China é seguida por Índia e Coréia do Sul, mas o quarto lugar representou a maior mudança na lista deste ano: a Arábia Saudita aumentou o número de estudantes nos EUA em 50%. Brasil aparece em 14º lugar, tendo enviado 9.029 brasileiros para a América – 2,7% a mais que em 2010/11.

 

Os dez estados americanos mais procurados foram Califórnia, Nova York, Texas, Massachusetts, Illinois, Pensilvânia, Flórida, Ohio, Michigan e Indiana. E dentre as universidades que mais receberam estrangeiros estão a University of Southern California, New York University, Michigan State University, Boston University e a renomada Harvard University.

 

Nível acadêmico

 

Em relação ao nível acadêmico dos cursos, o ano de 2011/12 marcou a maior procura por graduações (309.342 estudantes) do que pós-graduações (300.430). Mas o aumento da procura por cursos non-degrees – ou seja, técnicos, profissionalizantes ou de idiomas – foi a mais surpreendente: 17,4% a mais que ano passado. Mesmo assim, ainda é o tipo de curso menos procurado, com o número de 69.566 estudantes.

 

Área de estudo

 

As áreas de estudo em STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics) estão entre as mais procuradas por estrangeiros, mas a líder é a de Business e Gestão representando 21,8% do total, seguida por Engenharia (18,5%), Matemática e Ciência da Computação (9,3%), Ciências Sociais (8,7%), Ciências Físicas e Biológicas (8,6%), Belas Artes e Artes Aplicadas (5,5%), Inglês Intensivo (5,1%), entre outras.

 

Estudantes americanos nos exterior

 

O Open Doors Report também traz os números da situação reversa: estudantes americanos que vão conquistar um diploma no exterior. No ano acadêmico de 2010/11, 273.996 norte-americanos estudaram em algum outro país, apenas 1,7% a mais que no ano anterior. Apesar do pequeno aumento no período de um ano, o número de americanos no exterior triplicou em duas décadas. Os dez destinos de estudo preferidos por eles foram Reino Unido, Itália, Espanha, França, China, Austrália, Alemanha, Costa Rica, Irlanda e Argentina. O Brasil recebeu 3.485 americanos, aparecendo em 15º lugar da lista.

 

Para conhecer a pesquisa completa, acesse o site do Open Doors 2012.

 

Pesquise cursos nos Estados Unidos.

 

Leia mais:

O que é o exame Graduate Management Admission Test (GMAT)?

Pós-graduação de gestão nos Estados Unidos

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Graduação
SOBRE O AUTOR

Estudantes internacionais nos Estados Unidos

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Dê uma olhada...