Essenciais
Estude no exterior : Inscrevendo-se em uma universidade

IELTS, TOEFL e Duolingo: entenda os resultados dos testes de proficiência

Entenda como funcionam a avaliação e o resultado no IELTS, TOEFL e Duolingo, os três testes de proficiência no inglês mais populares do mundo.

IELTS, TOEFL e Duolingo: entenda os resultados dos testes de proficiência

Se você vem considerando estudar no exterior há algum tempo, já deve saber que uma das partes essenciais do processo de inscrição é comprovar a sua proficiência na língua inglesa se o seu destino de estudo for anglófono – como os principais destinos Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Irlanda e Nova Zelândia. As universidades precisam dessa demonstração de fluência adequada para comprovar que você tem os requisitos para os estudos acadêmicos no país.

 

Mas além de haver diferentes provas renomadas e aceitas pela maioria das instituições de ensino superior do mundo, cada uma delas tem uma forma de avaliar os candidatos e a pontuação apresentada como resultado difere amplamente entre elas.

 

Como são os resultados? Quem decide a minha nota? Como as universidades interpretam essa pontuação? Descubra tudo isso a seguir sobre as três principais provas de proficiência no inglês no momento: IELTS, TOEFL e Duolingo – que, inclusive, têm versões 100% online para serem prestadas durante a pandemia.

 

O que os testes de proficiência no inglês avaliam?

 

Os testes de proficiência no inglês têm como objetivo avaliar as habilidades dos candidatos em áreas essenciais para os estudos acadêmicos e a comunicação no idioma:

 

  • Reading: Leitura
  • Writing: Escrita
  • Listening: Compreensão Oral
  • Speaking: Conversação

 

Estas provas determinam o nível do seu desempenho em cada uma dessas seções usando escalas de pontuação baseadas em um padrão geral previamente acordado. Os resultados dão às universidades uma indicação da sua fluência linguística e se você precisa ou não de um curso de inglês antes de dar início à sua graduação ou pós-graduação a fim de alcançar a proficiência adequada.

 

Ser capaz de ler em inglês é vital para o sucesso dos seus estudos no exterior em um curso acadêmico ministrado no idioma e também para viver em um país onde a língua inglesa é oficial. Também é importante para compreender sinalizações, documentos, instruções e informações por escrito.

 

Durante as atividades diárias do seu curso você precisará comunicar ideias e conceitos, além de responder adequadamente na escrita. Saber como escrever um email parece simples, mas é algo crucial nesse contexto.

 

Outro quesito fundamental para dominar o idioma é a capacidade de ouvir, interpretar, entender e responder adequadamente tanto em uma conversa quanto na decisão do que fazer com as informações e instruções que foram lhe fornecidas.

 

Por fim, você expressará seus sentimentos, opiniões e ideias, participará de trabalhos em equipe e debates em sala. Por isso, precisa de uma compreensão do inglês falado, incluindo vocabulário, pronúncia e sintaxe.

 

Por que a proficiência no inglês é tão importante?

 

É bem simples entender por que as universidades exigem uma fluência adequada para estudar no exterior. Sabe tudo o que você precisa fazer em uma graduação? Ler textos teóricos, escrever trabalhos, fazer provas, apresentar um tema à sala, participar de discussões em grupo, tirar suas dúvidas com o professor, escrever seu TCC, etc.

 

Tudo isso já é desafiador e potencialmente estressante em uma instituição brasileira, no seu idioma nativo... Imagina em um idioma estrangeiro e em outro país? O seu sucesso acadêmico no exterior está intrinsecamente ligado à sua proficiência adequada no inglês.

 

Como os resultados nos testes de proficiência são calculados?

 

A maioria dos testes de inglês são estruturados para refletir o Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (Common European Framework - CEFR), que é um padrão internacional de avaliação da fluência no inglês e em outros idiomas. O resultado no CEFR é dividido em três camadas compostas por seis escalas de pontuação. As categorias avaliativas são “usuário básico”, “usuário independente” e “usuário proficiente”.

 

1. IELTS

 

O IELTS tem diferentes pontuações e notas para cada seção da prova de acordo com o seu desempenho. Todos os resultados no IELTS vão de 0 a 9, que são, respectivamente, o menor e o maior resultado possível na prova. Você recebe uma pontuação para cada uma das quatro seções da prova e depois uma média geral (band score e overall score).

 

Você também pode receber pontuação de 0,5 a 0,5, que representa as faixas de nota na seção. No entanto, na nota final, as pontuações são sempre arredondadas para baixo ou cima. Por exemplo:

 

  • 6.15 é convertida para 6;
  • 6.75 é convertida para 7;
  • 6.25 é convertida para 6.5.

 

O IELTS usa quatro critérios de listening, reading, writing e speaking. A nota de listening baseia-se em 40 questões. Se você responde 39 ou 40 corretamente, recebe nota 9; se você acerta aproximadamente 50% – de 18 a 22 questões –, você costuma receber a média mínima de 5.5 necessária para admissão universitária.

 

A seção de leitura é similar. Ela é dividida em duas partes chamadas academic reading (AC) e general training reading (GT), e você recebe uma nota diferente para cada uma delas. O seu desempenho no GT influencia a sua nota no AC.

 

Para os componentes de writing e speaking, você também é pontuado de 0 a 9, mas o foco é em como você usa a linguagem, da fluência na fala à coerência na argumentação.

 

A sua pontuação geral no teste é calculada somando suas notas em cada uma das quatro seções para chegar a uma média.

 

Exemplo de cálculo de pontuação geral do IELTS:

 

A conta é a seguinte:

 

Listening band score + Reading band score + Writing band score + Speaking band score / 4 = IELTS overall score

 

Assim, podemos similar uma pontuação geral:

 

Cálculo da pontuação geral no IELTS

 

A sua pontuação no IELTS se encaixa em algum dos dez níveis finais da prova:

 

NOTA IELTS

NÍVEL

DESCRIÇÃO

9

Usuário Experiente

Comando total do idioma. O uso do inglês é adequado, preciso e fluente. Demonstra compreensão total.

8

Usuário Muito Bom

Comando total do idioma com apenas algumas imprecisões ocasionais não sistemáticas e usos inapropriados. Incompreensão ocasional de algumas coisas em situações não familiares. Consegue lidar bem com argumentação complexa e detalhada.

7

Usuário Bom

Comando operacional do idioma, com imprecisões, uso inapropriado e erros ocasionais em algumas situações. No geral, consegue lidar com linguagem complexa e compreender raciocínio detalhado.

6

Usuário Competente

Comando eficiente do idioma apenas de algumas imprecisões, uso inapropriado e erros. Consegue usar e compreender razoavelmente linguagem complexa, principalmente em situações familiares.

5

Usuário Modesto

Comando parcial da linguagem e compreende o significado geral na maioria das situações, apesar de provavelmente cometer vários erros. Deve ser capaz de lidar com comunicação básica na sua própria área de conhecimento.

4

Usuário Limitado

Competência básica limitada em situações familiares. Mostra problemas frequentes de compreensão e expressão. Não é capaz de usar linguagem complexa.

3

Usuário Extremamente Limitado

Transmite e entende apenas o significado geral em situações bastante familiares. Interrupções frequentes na comunicação.

2

Usuário Intermitente

Grande dificuldade de compreender o inglês falado e escrito.

1

Não Usuário

Não tem habilidade para usar a linguagem, com exceção de palavras isoladas.

0

Não fez o teste

Não respondeu as questões.

 

2. IELTS Indicator

 

O IELTS Inicator é a versão 100% online da prova, que avalia a sua proficiência no inglês usando a mesma estrutura do exame paper based. Você recebe uma nota para cada seção (band score) e uma média geral (overall score) como pontuação final.

 

No entanto, embora diversas universidades tenham adaptado os seus requisitos para aceitar o IELTS Indicator dos candidatos enquanto os centros oficiais de aplicação presencial do teste permanecem fechados por conta da pandemia da Covid-19, ele não é um substituto do IELTS original. Mesmo que você use uma nota no Indicator, pode ser que, mais para a frente, a sua instituição solicite outro teste de inglês, quando possível.

 

Saiba tudo sobre o IELTS Indicator.

 

3. TOEFL iBT

 

 No TOEFL iBT (internet-based test), sua pontuação geral é calculada usando uma combinação das notas nas quatro seções da prova. Cada uma delas – reading, writing, listening e speaking – é classificada em até 30 pontos e depois são somadas para chegar à sua nota final. Portanto, a pontuação total máxima do TOEFL iBT é de 120.

 

A avaliação de cada seção utiliza uma estrutura de faixas de pontuações com quatro categorias para reading e listening e cinco categorias distintas para speaking e writing.

 

Categorias de pontuação para reading e listening:

 

Pontuação de listening e reading do TOEFL

 

Categorias de pontuação para speaking e writing:

 

Pontuação de speaking e writing do TOEFL

 

Se você for usar a sua nota no TOEFL iBT para a admissão em uma universidade no exterior, você precisará tirar aproximadamente 90. Mas como a exigência varia de acordo com a instituição, área e nível de estudo, é importante verificar essa informação com a sua universidade antes de prestar a prova.

 

4. Duolingo

 

O teste Duolingo avalia as mesmas habilidades que o IELTS, mas usa uma estrutura de pontuação diferente.

 

Os resultados no Duolingo são classificados em quatro categorias:

 

Pontuação

Categoria*

10 - 55

Compreensão e entendimento básicos:

  • Capaz de entender palavras e expressões básicas em inglês
  • Capaz de entender informações diretas e expressar-se em contextos familiares.

60 – 85

Compreensão e entendimento razoáveis, mas com desafios:

  • Capaz de entender os pontos principais de um texto ou discurso concreto sobre assuntos cotidianos, como o trabalho e os estudos.
  • Capaz de descrever experiências, ambições, opiniões e planos, ainda que com alguma dificuldade.

90 – 115

Boa compreensão e comunicação:

  • Capaz de cumprir a maioria dos objetivos de comunicação.
  • Capaz de entender as principais ideais em contextos concretos e abstratos.
  • Capaz de interagir com falantes proficientes de modo relativamente fácil.

120 - 160

Compreensão e entendimento excelentes:

  • Capaz de entender uma variedade de usos complexos da língua escrita e falada.
  • Capaz de entender linguagem implícita, figurativa, pragmática e idiomática.
  • Capaz de usar o idioma de forma eficaz e flexível para a maioria dos propósitos sociais, acadêmicos e profissionais.

*A descrição de cada categoria foi retirada do site oficial do Duolingo.

 

Uma nota geral de 5.5 no IELTS é equivalente à pontuação 85-90 no Duolingo.

 

Esse teste online é adaptativo, o que significa que as perguntas que você recebe ao longo da prova são baseadas no desempenho das suas respostas. Assim se você responde corretamente, o nível de dificuldade aumenta.

 

Você será pontuado usando incrementos de cinco pontos, incluindo para a seção de entrevista em vídeo e para a sua redação.

 

Como as provas marcam a sua pontuação?

 

O mecanismo de pontuação depende da prova e do formato que você escolher prestar.

 

1. IELTS

 

A sua prova do IELTS passa por examinadores nomeados que precisam ter qualificações e treinamento específicos para conseguirem esse trabalho: um diploma de graduação em uma área adequada; uma qualificação de ensino da língua inglesa como o TEFOL ou TESOL; e experiência como professor de inglês. Todos os examinadores são monitorados e avaliados a fim de garantir o padrão de qualidade e que a estrutura de pontuação seja respeitada.

 

Como explicado acima, o IELTS tem categorias e descrições de cada nível da pontuação, de zero a nove (sendo que zero é dado apenas a quem falta no dia do teste), de acordo com o desempenho do candidato. Os examinadores analisam indicadores específicos, como vocabulário, gramática, compreensão e pronúncia, que vão do “Não Usuário” (1) ao “Usuário Experiente” (9).

 

2. IELTS Indicator

 

Já o IELTS Indicator é um exame cronometrado de duas horas e 45 minutos para as seções de reading, writing e listening. A parte de speaking é agendada para uma entrevista de vídeo com um examinador e dura de 11 a 14 minutos.

 

A estrutura do teste reflete a da versão acadêmica presencial do IELTS, inclusive no conteúdo e no formato. Portanto, a avaliação e correção também são feitas por examinadores certificados que seguem os mesmos critérios do IELTS tradicional.

 

3. TOEFL iBT

 

A avaliação do TOEFL iBT é um pouco diferente da do IELTS e IELTS Indicator. As seções de reading e listening são corrigidas de acordo com uma rede de pontuação central usando uma marcação por computador.

 

Já as seções de speaking e writing da prova são avaliadas utilizando uma combinação de pontuação de inteligência artificial e examinadores certificados.

 

4. Duolingo

 

Você deverá reservar uma hora para fazer o teste Duolingo sem interrupções. Você notará que a prova usa uma estrutura completamente diferente da do IELTS e TOEFL. As perguntas são adaptáveis, ou seja, elas mudam de dificuldade de acordo com as suas respostas. Se você acerta, o nível de dificuldade aumenta.

 

Além disso, a parte de speaking do teste não é avaliada por um examinador; você grava suas respostas em voz alta pelo aplicativo da prova e o vídeo pode ser enviado às universidades.

 

As suas respostas nas demais seções são corrigidas por inteligência artificial a partir de textos curtos, imagens e opções como preencher lacunas com letras e palavras ausentes. A sua pontuação é uma nota geral única de 10 a 160, sem pontuações específicas para cada seção.

 

O requisito para a admissão em uma universidade internacional geralmente é de no mínimo 120, mas, como sempre, é importante verificar essa informação diretamente com a sua instituição antes de prestar a prova. Inclusive, cheque se o Duolingo é aceito como demonstração de proficiência, uma vez que o teste ainda é recente e está começando só agora a ser reconhecido por universidades do mundo todo.

 

Como os resultados são informados?

 

Após a conclusão da prova e a correção oficial, como eu recebo a minha nota?

 

1. IELTS

 

O resultado oficial do IELTS paper-based é divulgado em 12 a 14 dias. Ele contém as suas notas para cada seção e a sua média geral. Se você prestou a versão computer-based, receberá o resultado em cinco a sete dias.

 

O IELTS Indicator divulga o resultado em sete dias.

 

2. TOEFL iBT

 

A espera pelo resultado oficial do TOEFL iBT costuma ser de seis dias. Você pode acessar sua nota online pelo portal da prova e ela é válida por dois anos a partir da data de realização.

 

Você tem a opção de pedir por uma cópia impressa do resultado oficial, que deve chegar por correio em até 12 dias após a realização da prova. Em alguns casos, há inclusive a opção de solicitar que o seu resultado seja enviado diretamente à universidade na qual você estiver se inscrevendo.

 

3. Duolingo

 

O Duolingo English test (DET) tem o menor tempo de espera de apenas 48 horas. Afinal, a correção é toda feita por inteligência artificial. A única participação humana neste processo é na revisão dos resultados como tentativa de identificação de 75 comportamentos suspeitos que iniquem fraudes.

 

No entanto, com a demanda por testes virtuais causada pela pandemia, a espera pelo resultado do DET aumentou para cinco dias. Você recebe sua nota por email ou acessando a sua conta oficial no Duolingo.

 

Qual é a equivalência de pontuação entre os três testes?

 

Essa é uma questão importante e que gera certa confusão. Entender a equivalências dos testes ajuda na hora de a universidade avaliar sua proficiência relativa e se você precisará de aulas adicionais de inglês antes de começar a sua graduação ou pós-graduação no exterior.

 

A equivalência da pontuação entre IELTS, TOEFL e Duolingo é a seguinte:

 

Equivalência entre IELTS, TOEFL e Duolingo

 

Leia também:

CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA

Leitura recomendada

Exame IELTS: qual versão é a certa para você?

Quase toda universidade internacional tem como parte do seu processo seletivo um exame de proficiência em inglês.  Os mais famosos e os mais reconhecidos entre eles são o TOEFL e o IELTS. Este segundo está cada vez mais conhecido no exterior e é aceito por 8 mil universidades e associações profissionais do mundo inteiro. Segundo o  British Council  (organização britânica responsável pela prova), mais de 2 milhões de pessoas fazem o IELTS a cada

9.8K

Entrevista: diretor de consultoria da Steinberg Consultancy

O Hotcourses conversou com Stephan Reichenberger, diretor e consultor da companhia  Steinberg Consultancy , que oferece serviços de consultoria aos estudantes brasileiros interessados em passar pelo processo seletivo de universidades dos Estados Unidos e Reino Unido. Leia a entrevista a seguir.   Quais são os serviços oferecidos pela Steinberg Consultancy?   Nós oferecemos serviços de College Counseling para alunos de colegial e

3.1K