Essenciais
Estude no exterior : Inscrevendo-se em uma universidade

O que é admissão condicional?

Admissão condicional: estudantes estrangeiros que não atingem a proficiência mínima exigida no inglês pelas universidades internacionais podem passar por aulas de EFL antes de ser admitido incondicionalmente.

O que é admissão condicional?
6269

Algumas instituições internacionais de ensino superior oferecem o que elas chamam de "admissão condicional" ou, no original, conditional admission. Esta forma de seleção acadêmica está disponível aos estudantes internacionais que possuem mérito escolar suficiente – ou seja, bons resultados no histórico escolar – e que atenderam a todas as exigências do processo de seleção, com exceção de uma muito importante: a proficiência adequada na língua inglesa.

 

O que é admissão condicional?

 

A fluência mínima na língua inglesa, costumeiramente comprovada com um exame oficial padronizado como o IELTS ou o TOEFL, é essencial para estudar em uma universidade internacional cujo idioma de instrução é o inglês. Os Estados Unidos, Reino Unido e Austrália são três exemplos mais comuns, no entanto, outros países que não possuem o inglês como língua oficial também optam por ministrar vários cursos no idioma, como é o caso da Suécia e da Holanda.

 

Os estudantes interessados em qualquer curso lecionado em inglês precisam estar aptos a compreender o conteúdo em sala de aula, além de serem capazes de se comunicar com eficiência oralmente, ler materiais acadêmicos e produzir textos no idioma ao longo dos estudos.

 

Não é incomum que o candidato tenha todos os requisitos acadêmicos necessários para ser admitido – histórico escolar, bom desempenho, potencial acadêmico, cartas de referência, uma forte personal statement e tudo o mais que a universidade busca em seus discentes – mas não atinja a nota mínima obrigatória em um teste de inglês para comprovar a proficiência adequada.

 

A instituição não eliminará o requisito de proficiência para a admissão do candidato academicamente preparado, porque a desenvoltura no inglês é, de fato, importante, entretanto, também entende que a fluência pode ser adquirida mais rapidamente com uma imersão no meio universitário, em um país falante do idioma. Aí que entra a admissão condicional!

 

O candidato pode ser admitido desde que consiga a proficiência necessária na língua inglesa antes de dar início ao seu curso acadêmico, seja ele uma graduação ou uma pós-graduação.

 

Atenção: Em alguns casos, há também quem receba a admissão condicional para providenciar algum documento que ainda não tenha sido entregue até o prazo final das inscrições – o certificado de conclusão do ensino médio, por exemplo.

 

Consegui uma admissão condicional. E agora?

 

do you speak english

 

Você foi admitido com uma condição: conseguir o nível de proficiência necessário antes de dar início ao seu curso acadêmico, seja ele uma graduação ou uma pós-graduação.

 

Com a admissão condicional, os estudantes passarão por aulas de EFL (English as a Foreign Language; Inglês como Língua Estrangeira) ministradas por um departamento da universidade ou por alguma escola de idiomas que seja parceira dela.

 

Após atingir um nível satisfatório de fluência em inglês, os estudantes então podem passar diretamente a frequentar as aulas da graduação/pós-graduação almejada, sem precisar se inscrever novamente no processo seletivo da instituição ou até mesmo por um novo exame padrão de proficiência.

 

Desta forma, o início do seu curso acadêmico depende do seu desempenho nas aulas de inglês, por isto a admissão na universidade é condicionada.

 

O curso de inglês

 

Estes cursos de EFL oferecidos como exigência da admissão condicional (às vezes, também chamada de English Conditional Admission, Conditional Acceptance ou Provisional Admission) costumam ser divididos em níveis de proficiência, por exemplo, do iniciante ou básico ao avançado, dependendo da universidade. O nível em que você iniciará as aulas, normalmente, varia de acordo com a sua nota no TOEFL ou IELTS. À medida que você progride no curso, vai subindo de nível e as aulas, de grau de dificuldade.

 

Cada instituição ou escola tem uma grade curricular diferente, apesar de focarem sempre nas habilidades essenciais, como escrita, leitura, conversação, compreensão oral, gramática, pronúncia, vocabulário, entre outras.

 

Além disso, os cursos de inglês também costumam ser preparatórios para os estudos acadêmicos. Isto significa que as sessões de aulas de inglês podem incluir disciplinas no que eles chamam de “habilidades de estudo”: discussão em grupo, como tomar notas em sala de aula, redação, leitura de textos acadêmicos em inglês, trabalho acadêmico em equipe e outros diferentes tipos de aprendizados importantes para se adaptar ao novo sistema de ensino.

 

Algumas universidades têm até aulas de cultura e costumes do país, para que os estrangeiros se familiarizem com a nova vida e tenham uma adaptação mais tranquila antes de começarem os estudos acadêmicos.

 

Há aquelas que permitem que o estudante admitido condicionalmente curse uma das disciplinas acadêmicas da sua graduação juntamente ao curso EFL, valendo crédito, para que comece a se acostumar com o formato das aulas.

 

Uma característica comum é o método de ensino intensivo, com horas extensas de aulas por dia, a fim de acelerar o desenvolvimento das habilidades no inglês.

 

Quando eu passo do curso EFL para o meu programa acadêmico?

 

Cada universidade estipula o método de avaliação para saber se o estudante atingiu a proficiência necessária para começar o curso acadêmico. As formas mais comuns são:

 

  • Concluir de maneira bem-sucedida um nível de proficiência do curso EFL indicado pela instituição: por exemplo, completar o nível Intermediário-Avançado;
  • Após o curso EFL, passar em um “exame de colocação” (no original, placement test) que avalia a melhoria no conhecimento do inglês do estudante, normalmente aplicado pela própria universidade ou escola.

 

Caso, mesmo após as aulas de inglês, você não atinja o requisito obrigatório de fluência, pode ter sua admissão rejeitada pela universidade e precisar retornar ao Brasil. Algumas universidades proporcionam a chance de continuar os estudos e tentar novamente alcançar a fluência para o curso acadêmico. No entanto, ainda que você possa fazer mais aulas de EFL, esteja ciente do custo adicional que isso representará ao seu orçamento para estudar no exterior.

 

Tudo depende da sua dedicação!

 

6 exemplos de universidade que oferecem a admissão condicional

 

Universidade de Bristol, Reino Unido

University of Bristol, Reino Unido (Imagem: iStock Photo.)

 

Se o seu resultado no TOEFL ou no IELTS não foi satisfatório para a admissão incondicional durante o processo seletivo no exterior, uma opção válida seria procurar saber se a sua universidade internacional de interesse possui programas de admissão condicional.

 

A seguir, separamos alguns exemplos de instituições de ensino superior que tem algum tipo de programa de admissão condicional e de cursos de EFL:

 

1. Syracuse University, Estados Unidos

 

A Universidade de Syracuse, no estado de Nova York, tem dois tipos de admissão condicional: se o candidato tiver a comprovação de proficiência no inglês pendente, ou então a comprovação de suporte financeiro.

 

Se o seu caso for referente à proficiência, quer dizer que você não conseguiu a nota mínima geral e também a nota mínima em cada seção do TOEFL, IELTS ou Cambridge exigidas pela sua faculdade/departamento da Syracuse.

 

Neste caso, você deve prestar uma destas provas novamente e tentar alcançar o resultado obrigatório, ou então se matricular em no Instituto de Língua Inglesa (English Language Institute – ELI) da própria Universidade.

 

Baixe o catálogo universitário da Syracuse University gratuitamente.

 

2. University of Southamptom, Reino Unido

 

A Universidade de Southampton concede admissão condicional aos estudantes internacionais que não fornecerem todos os documentos necessários até o prazo final de inscrição, como o resultado em exames oficiais ou certificados de inglês.

 

Se o candidato tiver todos os outros requisitos obrigatórios, pode receber uma oferta condicional que lhe garante uma vaga após a conclusão bem-sucedida dos exames com nota mínima exigida, um certificado adequado de inglês ou qualquer outra condição da instituição.

 

Entre em contato com a University of Southampton.

 

3. University of Arizona, Estados Unidos

 

Na Universidade do Arizona, a Faculdade de Pós-Graduação oferece a admissão condicional aos candidatos internacionais que tiverem todos os requisitos necessário, com exceção da proficiência no inglês.

 

Os estudantes selecionados condicionalmente tem duas opções: matricularem-se por conta própria no Centro para Inglês como Segunda Língua (CESL) da Universidade do Arizona e estudar até conseguir um endosso no idioma; ou então apresentar notas aceitáveis em um teste de proficiência antes da decisão final de admissão. Em ambos os casos, os alunos têm até um ano para atender ao requisito de proficiência a partir da oferta condicional.

 

Entre em contato com a University of Arizona.

 

4. Victoria University, Austrália

 

Receber uma oferta condicional da Universidade Victoria, em Melbourne, significa que você garantirá uma vaga no seu curso escolhido desde que, primeiramente, atenda às condições informadas na “Carta de Oferta”.

 

A Universidade especificará quais documentos você ainda precisa providenciar para que, depois, receba uma Carta de Oferta sem condições.

 

Entre em contato com a Victoria University.

 

5. University of Bristol, Reino Unido

 

Com a oferta condicional da Universidade de Bristol, a sua admissão depende dos requisitos solicitados na sua oferta de vaga, que podem ser proficiência no inglês, concluir o seu curso em um nível específico ou fornecer informações adicionais que a Universidade possa precisar.

 

Entre em contato com a University of Bristol.

 

6. Australian National University, Austrália

 

A Universidade Nacional Australiana (NAU) cria um “ranking de seleção” a partir da avaliação dos documentos enviados por cada candidato e, com os resultados, cria uma lista de desempenho e aptidão acadêmica. Depois, ela baseia-se neste “ranking de seleção” para enviar ofertas completas ou condicionais aos estudantes.

 

Para ganhar uma admissão incondicional, os estudantes precisam de um resultado final mínimo do ranking da NAU. A Universidade ira especificar os requisitos necessários a fim de atingir o padrão obrigatório na carta de oferta.

 

Entre em contato com a Australian National University.

 

Leia também:

O que é declaração de suporte financeiro?

Como se preparar para o ensino superior no Reino Unido?

O que são e por que fazer cursos preparatórios no exterior?

 

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

O que é admissão condicional?

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

Exame IELTS: qual versão é a certa para você?

Quase toda universidade internacional tem como parte do seu processo seletivo um exame de proficiência em inglês.  Os mais famosos e os mais reconhecidos entre eles são o TOEFL e o IELTS. Este segundo está cada vez mais conhecido no exterior e é aceito por 8 mil universidades e associações profissionais do mundo inteiro. Segundo o  British Council  (organização britânica responsável pela prova), mais de 2 milhões de pessoas fazem o IELTS a cada

9206

Entrevista: diretor de consultoria da Steinberg Consultancy

O Hotcourses conversou com Stephan Reichenberger, diretor e consultor da companhia  Steinberg Consultancy , que oferece serviços de consultoria aos estudantes brasileiros interessados em passar pelo processo seletivo de universidades dos Estados Unidos e Reino Unido. Leia a entrevista a seguir.   Quais são os serviços oferecidos pela Steinberg Consultancy?   Nós oferecemos serviços de College Counseling para alunos de colegial e

2988