Essenciais
ESTUDE NO EXTERIOR : Antes de partir - Leitura recomendada

10 coisas engraçadas que você vai fazer ao se preparar para estudar fora

Da alegria avassaladora de ser admitido ao desespero durante a primeira semana de intercâmbio: são tantas emoções que fica difícil de lidar!

10 coisas engraçadas que você vai fazer ao se preparar para estudar fora
4563

O que fazer quando você vai estudar no exterior? Nós temos artigos e mais artigos sobre este assunto aqui. Tudo para ajudá-lo a se preparar para a partida e também para os estudos, a adaptação, a vida em outro país, etc. Mas há algumas coisas que são difíceis de evitar e outras completamente essenciais na hora de fazer as malas para estudar no exterior...

 

Alegria avassaladora

 

Aquele momento de alegria pura e genuína. Uma sensação indescritível de felicidade avassaladora quando você descobre que foi admitido no programa e na universidade que você queria. Você é o rei do mundo!

 

 

É hora das compras

 

Precisa de uma desculpa para fazer compras? Esta é uma excelente! Um casaco bem quentinho para aguentar o inverno? Vestidos novos? Itens para a sua acomodação estudantil? Mandar imprimir fotos para levar em porta-retratos? Só não se esqueça de que a bagagem tem limite de peso!

 

 

Encontrar uma acomodação

 

Ficar perdido na hora de escolher onde morar! E se eu não quiser morar no campus, como encontro um lugar para mim? E se eu tiver um roommate que ronca? Que gosta de ficar acordado até tarde? Oras, basta ler os nossos guias.

 

(Onde NÃO é o banheiro?)

 

Comidas = vida

 

Se você for ficar em apartamento fora do campus, será responsabilidade sua cuidar de cada uma de suas refeições. Aí vem a pergunta: você sabe cozinhar? Neste momento, é normal se preocupar em acabar engordando horrores durante o intercâmbio porque, além de só saber fazer miojo e fritar ovo, você vai querer provar todas as delícias gastronômicas que o país tem a oferecer. Cuidado com o Freshman 15!

 

(A última vez que eu comi salada foi nunca.)

 

The book is on the table

 

Nós sabemos que você atingiu a nota exigida no TOEFL ou no IELTS (afinal, você foi admitido). Mas entender alguns sotaques – o britânico, australiano e canadense, por exemplo – pode ser complicado. Adicione à situação a variação de sotaques de cada região de cada país – como o de Yorkshire e o sulista no Reino Unido. Tudo bem se sentir apreensivo (ou achar que todo mundo está falando uma língua diferente do inglês que você aprendeu)!

 

 

Problemas climáticos

 

Você deve estar acostumado com o calor do Brasil. Aí chega ao norte do Canadá ou no inverno da Suécia, e... Quase morre congelado! No verão, surpreende-se com o calor escaldante de algumas partes dos EUA ou da Austrália... Os intercambistas são “trollados” pelo clima.

 

 

Injeção!? Eu tenho medo de agulhas!

 

Parte da preparação para a mudança é tomar vacinas contra doenças contagiosas – uma exigência feita por vários países. De fato, é possível que você precise apresentar sua carteira de vacinação na passagem pela imigração, quando aterrissar no seu destino. Portanto, prepare-se para tomar injeções se a sua carteira não estiver em dia.

 

(Não sei lidar!)

 

Preciso mesmo dizer adeus?

 

A parte mais difícil de partir: se despedir de quem vai ficar! Sabemos que é triste e emocionante, então está permitido chorar. Mas lembre-se que vai valer a pena, que o tempo passa rápido e que existe Skype e Facebook para lidar com a saudade.

 

 

Pegar o voo

 

Você não quer viver a história do filme “Esqueceram de mim 2” e chegar no seu destino sem mala. Certifique-se de que tem tudo o que precisa com você. Tudo bem verificar sua mala e sua bolsa de mão duas, cinco, dez vezes antes de embarcar só para ter certeza! (E mesmo assim esquecer alguma coisinha... Mas não faz mal, você pode comprá-la no seu destino.)

 

 

A chegada e a orientação estudantil

 

As orientações oferecidas pela universidade a novos estudantes são divertidas e extremamente úteis – podem durar de um dia a uma semana. Provavelmente haverá também festas de boas-vindas, cheias de eventos e atividades! Durante este período, você terá que fazer várias coisas antes das aulas começarem, como abrir uma conta bancária, desfazer as malas, acertar últimos detalhes da sua matrícula ou da acomodação, fazer amizades, conhecer o seu rooommate e aprender as regras da universidade. É muita coisa em pouco tempo! Não se desespere, a primeira semana é bem cheia mesmo, mas logo passa e as coisas se acalmam.

 

 

Aproveite!!!

 

Leia mais:

Os melhores gifs sobre a vida de intercambista

10 desafios que você vai enfrentar (e superar) ao estudar no exterior

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

10 coisas engraçadas que você vai fazer ao se preparar para estudar fora

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

Cheerleading: Como ser uma líder de torcida no Brasil?

Você já as viu em filmes norte-americanos ou em grandes eventos esportivos dos Estados Unidos. Você sabe quem elas são! As cheerleaders, ou líderes de torcida, são parte integral da cena esportiva americana. Cada time tem o seu grupo de meninas (e, em grande parte, meninos também) que preparam apresentações cheias de dança, acrobacias, ginástica, ritmo e pom-poms com um só intuito: agitar a torcida.      Criado pela Princeton

42209

8 motivos para estudar no exterior

Seja por conta própria ou por um intercâmbio oferecido pela sua universidade brasileira, estudar no exterior será sempre uma opção beneficial à sua vida de maneira absolutamente geral. Existem inúmeras razões pelas quais a experiência de viver em outro país e frequentar uma instituição internacional deveria ser uma opção obrigatória do sistema educacional de qualquer lugar do mundo. Se você ainda não estiver convencido sobre os benefícios desta experiência, leia

36745

5 coisas que toda au pair precisa considerar antes de escolher uma host family

A escolha da sua host family é, sem dúvidas, a parte mais importante do seu intercâmbio. Afinal, você morará com eles por no mínimo um ano e eles serão não só responsáveis pela segurança como também os seus chefes durante toda a sua estadia.   Existem casos e casos, tanto positivos quanto negativos, sobre a relação entre a intercambista e a família estrangeira. Algumas pessoas precisam passar por rematch em poucos dias, enquanto outras são

5775

Consultora explica como é o trabalho de orientação para quem quer estudar no exterior

O Hotcourses Brasil entrevistou Emily Dobson, consultora educacional coorporativa, criadora da Brazil College Counseling , agência de orientação universitária para brasileiros que gostariam de estudar nos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá. Reconhecida oficialmente pela UCLA Credentialed Higher Education Consultants Association e autorizada a trabalhar no Brasil, Emily, que é americana e mora no Brasil há mais de dez anos, explicou como é o trabalho de um

3927