Essenciais
Estude no exterior : Antes de partir

15 dicas para treinar conversação em casa

15 sugestões bem fáceis e divertidas para você treinar a conversação em inglês em casa, no dia a dia.

15 dicas para treinar conversação em casa

Quando perguntamos no Facebook no que as pessoas têm mais dificuldade, leitura ou conversação no inglês, a grande maioria respondeu conversação. Além de saber as regras gramaticais em outro idioma, conversar exige exposição, e isso intimida. Não é à toa que um dos principais medos das pessoas é falar em público. Então, como melhorar a conversação?

 

O aprendizado de qualquer idioma consiste de duas coisas: habilidades passivas e habilidades ativas. As passivas são audição (compreensão oral) e leitura, tudo o que você absorve de um idioma. As ativas são escrita e conversação, tudo o que você produz em um idioma. E são nessas que as pessoas costumam ter mais dificuldades.

 

Inclusive, às vezes há até um certo bloqueio: a frase pode estar pronta na sua mente, mas na hora de falar você se enrola todo. Já viveu isso?

 

A menos que você tenha uma pessoa com quem possa conversar regularmente ou então more em um país onde o idioma é oficial, fica difícil mesmo praticar. É por isso que sempre incentivamos a fazer um curso de inglês no exterior!

 

No entanto, ao evitar aglomeração devido à pandemia do Covid-19, ficou impossível frequentar o seu curso em uma escola de idioma ou, muito menos, viajar para estudar no exterior por enquanto. Esta é a hora propícia para treinar conversação em casa, aproveitando o tempo de sobra por causa do isolamento social.

 

Há diversas formas de praticar a conversação sozinho ou com o uso de tecnologia e recursos online. Vamos focar na língua inglesa, mas as dicas a seguir funcionam para qualquer idioma.

 

1. Use tecnologias diferentes

 

Graças à tecnologia, mesmo em isolamento social, não estamos nunca sozinho. Ela, inclusive, facilitou o aprendizado de qualquer idioma.

 

Dá pra praticar as quatro habilidades – escrita, conversação, leitura e compreensão oral – sem ela, mas por quê? Com tantos recursos a um só clique, gratuitos e acessíveis, computadores e aparelhos móveis são excelentes aliados na aceleração do seu aprendizado, especialmente estudando em casa.

 

Algumas sugestões:

 

 

2. Converse por vídeo com algum amigo

 

Converse em inglês com um amigo

 

Unir o útil ao agradável: matar as saudades do amigo e conversar em inglês ao mesmo tempo. Marquem um horário semanal para se falarem apenas na língua inglesa durante toda a ligação, por Whatsapp ou Skype, mas de preferência com vídeo.

 

Conversar com alguém com quem você se sente à vontade ajuda a perder a vergonha de se expor e de cometer algum erro. Além disso, vocês têm bastante assunto em comum e vão poder variar no vocabulário, de coisas cotidianas à última série que assistiram ou game que estão jogando no momento.

 

3. Mande áudios em inglês pelo Whatsapp

 

Você tem contatos no seu Whatsapp que falam ou estudam o idioma? Então quando for mandar áudios, fale apenas em inglês! Vai ser uma excelente forma de treinar speaking e, inclusive, listening se eles responderem em inglês também. Você verá como seus áudios in English farão sucesso!

 

Você pode cancelar o áudio se não gostar do resultado, mas tente não ser muito crítico. É interessante que eles sejam o mais natural possível.

 

4. Converse consigo mesmo

 

A gente já vive falando sozinho o tempo todo, né? Ainda mais agora em quarentena, sem sair de casa e bater papo por aí, é comum nos pegar falando em voz alta pela casa. Aproveite esses momentos e adquira o hábito de falar consigo em inglês. Quer companhia melhor do que você mesmo? Além disso, você não precisa ter vergonha de praticar, praticar e praticar. Aí quando tiver a chance de conversar com alguém, você já estará se sentindo mais confiante.

 

5. Narre a sua vida

 

Narre o seu dia a dia em inglês

 

Enquanto estiver fazendo as suas atividades cotidianas, vá narrando passo a passo como se estivesse pintando a cena para alguém. Aqui vai um exemplo:

 

-Eu abro a geladeira, pego o leite. Coloco o leite na mesa e busco o copo no armário. Coloco o leite no copo e levo ao microondas. Pego uma colher e misturo achocolatado. Bebo todo o leite enquanto olho meu celular. Vou à pia e lavo a louça suja.

 

E assim por diante, TUDO EM INGLÊS e de preferência em voz alta!

 

O ideal é que você mude esse exercício todos os dias:

 

  • Na manhã seguinte, use os verbos no passado: Eu abri a geladeira, peguei o leite...
  • Na manhã seguinte, use a terceira pessoa do singular: Ela abre a geladeira, pega o leite...
  • No dia seguinte, narre algo em outro cômodo, por exemplo: Eu pego o controle remoto e ligo a televisão. Procuro um canal interessante. Encontro o programa que eu gosto no canal 560. (Desse jeito você usa palavras e vocabulários em diferentes ambientes e ocasiões.)

 

6. Faça uma live no Instagram

 

Tá, tudo bem, sabemos que o Instagram está saturado de lives de todos os tipos. Mas essa é a sua chance de criar coragem e enfrentar o medo de exposição. Se você já se sente confiante o suficiente, marque um horário para uma live, divulgue entre os amigos e peça a participação deles para treinar conversação inglês.

 

Enquanto você estiver ao vivo, sugira que eles façam perguntas nos comentários e você as responde em inglês. Vai ser uma forma divertida de as pessoas te conhecerem um pouco mais e também de treinarem o listening.

 

7. Traduza tudo instantaneamente

 

Outro hábito bastante útil: traduzir em voz alta tudo o que você vê pela frente. Está dirigindo e leu um outdoor? Traduza-o para o inglês. Leu o rótulo de um shampoo? Traduza-o para o inglês. Viu um post no Instagram? Traduza-o para o inglês.

 

Quando menos perceber, a tradução se tornará algo automático no seu dia a dia.

 

8. Repita o que você escuta

 

Repita o que você escuta em inglês

 

Vamos brincar de papagaio? Escolha um podcast, um canal no YouTube ou uma série em inglês que você gosta, aperte o play e tente repetir em voz alta tudo o que você escuta. Esse é um exercício bem difícil (é um mecanismo de treino de agilidade para intérpretes), por isso sugerimos que escolha alguma mídia com vocabulário mais fácil no começo, alguém que fale devagar e pausadamente. À medida que se sentir mais confortável, vá aumentando a dificuldade do exercício.

 

9. Fale em frente ao espelho

 

Gaste alguns minutinhos do seu dia (de dois a 5 minutos já está bom!) para ficar em frente a um espelho da sua casa e falar em voz alta. Escolha um tópico diferente todos os dias, marque o tempo no relógio e fale até o alarme tocar. Finja que está conversando com alguém ou então dando uma palestra – pode inventar o cenário que você quiser.

 

Este exercício tem dois objetivos: 1. Observar-se enquanto você fala, sua boca, expressões, a linguagem do seu corpo. 2. Treinar vocabulários e conversação de diferentes assuntos. Estas duas coisas te ajudarão a se sentir mais confiante quando conversar em inglês com outras pessoas.

 

Não pare de falar até o alarme soar. Se der branco ou esquecer alguma palavra, tente expressar a sua ideia de outra forma. Quando acabar, lembre-se de procurar no dicionário as palavras que não conseguiu usar durante o exercício.

 

Aqui vão algumas sugestões de assuntos, dos rotineiros aos mais sérios:

 

  • Qual é o seu livro preferido e por quê?
  • Qual é seu hobby preferido e por quê?
  • Por que você gostaria de estudar no exterior?
  • Qual graduação você quer fazer e por quê?
  • Como é a sua rotina de trabalho?
  • Como o uso da tecnologia influencia a sua vida?
  • Onde você se imagina daqui a cinco anos?
  • O que você pode fazer para ajudar na sustentabilidade?

 

10. Preocupe-se com a fluência e não a gramática

 

Quantas vezes você para quando está falando em inglês? Quando conversamos em um idioma estrangeiro precisamos pensar o tempo todo em coisas que nos são naturais no português. O resultado são pausas incômodas para lembrar da gramática, que atrapalham a fluidez do diálogo e a nossa linha de raciocínio.

 

Na hora de treinar conversação, especialmente em situações informais (em casa sozinho ou na ligação com o amigo, por exemplo), tente se focar na fluididade e espontainedade da fala e não na gramática. Continue mesmo se cometer algum erro gramatical ou não se lembrar a conjugação correta de algum verbo. O exercício do espelho do item acima é uma boa oportunidade de colocar isso em prática.

 

Isso significa que as suas frases estarão gramaticalmente incorretas? Sim, é verdade. Mas na conversação, o objetivo é se acostumar a se comunicar verbalmente. Deixe para fortalecer a gramática quanto treinar leitura e escrita.

 

Por isso é tão importante treinar todas as habilidades do idioma: quanto mais você estuda reading e writing (e, consequentemente, gramática e vocabulário), mais fácil será conversar em inglês sem pausar tanto. Quanto mais treina listening, mais aprende a pronúncia das palavras.

 

11. Pratique trava-línguas

 

Falando em pronúncia, os trava-línguas são uma maneira divertida de treinar o movimento da boca e da língua e ficar cada vez mais ágil na pronunciação e articulação dos sons e sílabas do inglês.

 

Tente falar em voz altas esses trava-línguas:

 

  • How much wood would a woodchuck chuck if a woodchuck could chuck wood?
  • Which witch switched the Swiss wristwatches?
  • She sells seashells by the seashore.
  • The thirty-three thieves thought that they thrilled the throne throughout Thursday.
  • A big black bug bit a big black dog on his big black nose.
  • Four furious friends fought for the phone.

 

E aí, conseguiu? Quando começar a ficar fácil, aumente a velocidade e repita a frase várias vezes seguidas.

 

12. Grave a sua voz

 

A gente sabe que nem sempre é agradável ouvir a nossa própria voz, mas isso ajuda mesmo na prática de conversação. Tudo pelo aprendizado, né? Ouvir-se faz com que note coisas que passam despercebidas quando está falando – por exemplo, algum erro de pronúncia ou aqueles “éeee” nos intervalos enquanto pensa na próxima frase.

 

Você pode unir o exercício 9 com esse e gravar a sua voz enquanto você fala em frente ao espelho!

 

13. Decore letras de músicas

 

Olha que exercício gostoso! Faça da seguinte maneira:

 

1. Use sites como o Genius para encontrar a letra oficial de músicas que você goste muito;

2. Antes de ouvir a música, leia a letra inteira em voz alta e procure o significado das palavras que você não conhece;

3. Coloque a música para tocar e primeiro acompanhe a letra apenas com o olhar;

4. Coloque a música do início novamente e agora tente cantar junto;

5. Repita isso algumas vezes.

 

Quando menos perceber, terá decorado a letra, aprendido algumas palavras novas e vai conseguir acompanhar as suas músicas preferidas. Isso traz os mesmos benefícios que o exercício de trava-línguas.

 

14. Leia em voz alta

 

Leia textos em inglês em voz alta

 

Abra um site em inglês – pode ser, por exemplo, de algum jornal estrangeiro –, escolha um texto e leia-o em voz alta. Tente articular bem as palavras e procurar no Google Translate a pronúncia daquelas que você não sabe. Escolha um artigo por dia!

 

Se você tem uma revista ou livro em inglês em casa, esse é o momento ideal para usá-lo no treino de conversação. Ler em voz alta é um ótimo exercício de pronúncia e fluidez sem ter que se preocupar em pensar no que falar.

 

Comece com textos adequados ao seu nível de fluência e depois vá aumentando dificuldade à medida que se sentir mais confiante.

 

15. Brinque bastante!

 

Tudo fica mais fácil quando nos divertimos! Encontre formas de brincar em inglês e falar o máximo possível em situações informais, onde se sinta bem à vontade.

 

Uma ótima sugestão: se você tiver com quem praticar em casa ou algum amigo para fazer aquela ligação sugerida no item 2, pense em frases para vocês completarem ou perguntas para responderem:

 

  • Se eu ficasse rico amanhã, eu...
  • Quando eu puder sair de casa de novo, eu...
  • Se eu abrisse minha própria empresa, eu...
  • Minha viagem dos sonhos é... Porque...
  • Três fatos sobre mim.
  • Três melhores séries que já assisti e por que você deveria ver também.

 

Esperamos ter ajudado a treinar a conversação e também a se divertir durante o isolamento social!

 

Leia também:

5 canais no YouTube para aprender inglês

Gírias em inglês famosas nos Estados Unidos – atuais e atemporais

Qual é a importância do inglês para a sua carreira internacional

Um curso de inglês de curta duração é suficiente para aprender o idioma

CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA

Leitura recomendada

Cheerleading: Como ser uma líder de torcida no Brasil?

Você já as viu em filmes norte-americanos ou em grandes eventos esportivos dos Estados Unidos. Você sabe quem elas são! As cheerleaders, ou líderes de torcida, são parte integral da cena esportiva americana. Cada time tem o seu grupo de meninas (e, em grande parte, meninos também) que preparam apresentações cheias de dança, acrobacias, ginástica, ritmo e pom-poms com um só intuito: agitar a torcida.      Criado pela Princeton

70.6K

8 motivos para estudar no exterior

Seja por conta própria ou por um intercâmbio oferecido pela sua universidade brasileira, estudar no exterior será sempre uma opção beneficial à sua vida de maneira absolutamente geral. Existem inúmeras razões pelas quais a experiência de viver em outro país e frequentar uma instituição internacional deveria ser uma opção obrigatória do sistema educacional de qualquer lugar do mundo. Se você ainda não estiver convencido sobre os benefícios desta experiência, leia

40.4K

5 coisas que toda au pair precisa considerar antes de escolher uma host family

A escolha da sua host family é, sem dúvidas, a parte mais importante do seu intercâmbio. Afinal, você morará com eles por no mínimo um ano e eles serão não só responsáveis pela segurança como também os seus chefes durante toda a sua estadia.   Existem casos e casos, tanto positivos quanto negativos, sobre a relação entre a intercambista e a família estrangeira. Algumas pessoas precisam passar por rematch em poucos dias, enquanto outras são

31.2K

10 coisas engraçadas que você vai fazer ao se preparar para estudar fora

O que fazer quando você vai estudar no exterior? Nós temos artigos e mais artigos sobre este assunto aqui . Tudo para ajudá-lo a se preparar para a partida e também para os estudos, a adaptação, a vida em outro país, etc. Mas há algumas coisas que são difíceis de evitar e outras completamente essenciais na hora de fazer as malas para estudar no exterior...   1. Alegria avassaladora   Aquele momento de alegria pura e genuína. Uma

6.4K