Essenciais
Estude no exterior : Antes de partir

Você já está sonhando com as próximas férias? Confira 5 destinos turísticos que selecionamos!

Selecionamos cinco opções turísticas para as suas férias escolares de acordo com preços, segurança e variedade de atrações para jovens

5 destinos turísticos para as suas férias escolares
720

Retornar à rotina após as férias não é fácil e, com certeza, o ano parece voar – e isso significa que as datas das provas estão se aproximando impiedosamente! Enquanto você estuda muito, uma forma excelente de sentir-se motivado é planejar uma viagem para quando as férias chegarem, enquanto você ainda tem tempo de guardar dinheiro. Para dar um up no astral deste semestre letivo, o Hotcourses Brasil selecionou cinco destinos incríveis para viajar entre o ensino médio e o superior (ou nas férias acadêmicas também!). Com certeza, você vai ansiar por estas férias mais do que qualquer outra!

 

Nós usamos, principalmente, três fatores de referência e seleção para compilar nossa lista: segurança local, custo de vida acessível e variedade de atrações para jovens. (No final deste post, você pode visitar alguns dos links que usamos como fonte!)

 

1. Toronto, Canadá

 

 

Canadá é um dos países mais seguros do mundo para se visitar de acordo com a lista da Condé Nast Traveler. Apesar de ser maior do que o seu vizinho ao sul, o país bilíngue (inglês e francês são considerados idiomas oficiais) é muito mais seguro que os Estados Unidos. Toronto é uma das dez cidades mais acolhedoras do país, ainda segundo a mesma fonte. Apesar de ser uma metrópole, ela tem aspectos positivos de uma cidade pequena: é limpa, segura, fácil de conhecer e sua população é extremamente simpática.

 

Em Toronto, Ontário, maior cidade do Canadá, você tem que visitar a NC Tower, de 553 metros, e o Museu Real de Ontário; fazer compras no Toronto Eaton Centre; assistir a uma partida de hóquei, ou até mesmo tentar praticar o esporte mais famoso do país em um dos 50 ringues disponíveis na cidade durante o inverno. Toronto é uma cidade multicultural – segundo a TimeOut, quase metade da sua população nasceu em outro país. Isto significa que o ambiente é diversificado, com inúmeras opções culturais e culinárias, e também tolerante e seguro para turistas de todas as nacionalidades.

 

2. Barcelona, Espanha

 

 

Barcelona, na costa leste da Espanha, aparece na lista dos 30 países mais baratos do mundo para se visitar da Forbes, graças aos preços baixos de seus restaurantes e às inúmeras atrações gratuitas. Um dos destinos mais populares da Europa, juntamente com Paris e Londres, e a maior cidade catalã, nela, você pode visitar o maravilhoso Templo Expiatório da Sagrada Família, de Gaudí; se você for fã do futebol, tem que dar uma passadinha nos estádios Camp Nou e F.C. Barcelona. E, é claro, qualquer um ficará apaixonado pelas suas praias, como a Barceloneta e a Nova Icaria. Ah, e você ainda pode pagar apenas € 5 para visitar Tibidabo!

 

O custo de vida em Barcelona é relativamente parecido com o brasileiro. Uma refeição completa em um restaurante, segundo o site Numbeo, sai em média € 10 e um combo no McDonalds custa € 7; a passagem única de ônibus ou trem custa €2,15.

 

3. Budapeste, Hungria

 

 

Budapeste talvez não seja um dos destinos mais populares da Europa, mas com certeza tem todos os quesitos para entrar nos seus planos de viagem durante as férias escolares. Primeiramente, a sua moeda nacional, o florim húngaro custa apenas R$ 0,01 (acredite se quiser!), bem mais barato em relação ao euro. Segundo, o custo de vida na capital histórica da Hungria é 25,86% mais barato do que em São Paulo, de acordo o Numbeo; isto significa que uma refeição em um restaurante, uma passagem de transporte público e uma compra em um supermercado ou em um shopping sairão mais baratos ou similares aos preços no Brasil, mesmo com a conversão da moeda. De fato, a Hungria aparece na lista dos dez países mais baratos para se visitar do site Skyscanner!

 

Por ser a única capital do mundo a possuir águas termais, uma das principais atrações de Budapeste são suas 28 “casas de banho” públicas ou seus “banhos termais” medicinais espalhados pela cidade. Com um ingresso único, você pode passar o dia inteiro em um dos mais famosos spas da cidade, como o Gellért e o Király, usufruindo das piscinas, saunas, banhos turcos e massagens.

 

Visite também o Castelo de Buda, o Parlamento de Busapeste, a Praça dos Heróis, o Teatro Nacional de Budapeste e a Praça Vörösmarty.

 

4. Califórnia, Estados Unidos

 

Parque Nacional de Yosemite

 

Resolvemos selecionar toda a Califórnia em nossa lista porque não conseguimos nos decidir por um só lugar neste estado ensolarado e maravilhoso dos Estados Unidos. De norte ao sul, ele está recheado de atrações maravilhosas! San Diego é a 11ª cidade mais segura do país, com parques e praias limpas. A cidade universitária Davis é um exemplo nacional para quem gosta de pedalar: 20% de todas as viagens diárias pela cidade são feitas de bicicleta pelos seus habitantes.

 

Para quem gosta de atividades ao ar livre, o Parque Nacional de Yosemite, um patrimônio nacional, não só é o destino ideal como provavelmente um dos lugares mais lindos que você verá na vida – localizado na Serra Nevada e com altitude de até 4.000 metros, Yosemite tem desfiladeiros de granito, cascatas, bosques, sequóias gigantes, montes, trilhas, lagos, etc.

 

E, é claro, tem também Los Angeles e Hollywood, Beverly Hills, San Francisco, Santa Monica, Santa Barbara, Malibu... Além de ter algumas das universidades mais renomadas do país, fazendo com que o estado atraia jovens do mundo inteiro. A Califórnia é um destino ideal para quem tem tempo e pretende fazer um mochilão, passando por diferentes destinos em uma só viagem. Você pode até estender as férias até Las Vegas, em Nevada, a algumas horas de viagem da Califórnia de carro ou ônibus.

 

5. Buenos Aires, Argentina

 

Fonte: Wikipedia Commons

 

Um destino um pouquinho mais perto, Buenos Aires, a capital dos nossos hermanos argentinos, atrai turistas do mundo inteiro todos os anos. A Forbes inclui a cidade na sua lista dos 30 lugares mais baratos do mundo para se visitar, destacando, principalmente, o valor baixo das corridas de táxi (de 5 a 8 pesos) e dos restaurantes. A Forbes também recomenda usar dólares americanos durante a viagem para conseguir alguns dos melhores negócios e promoções. A Argentina também está na lista dos dez países mais baratos do Skyscanner!

 

Na cidade, obviamente você precisa vivenciar duas de suas tradições mais famosas: assistir a um show de tango e provar um bife de chourizo argentino! A vida noturna é um dos pontos fortes da capital: segundo o The Guardian, a cidade tem a maior proporção de bares e restaurantes do mundo, seguido por Madri e Montreal. Visite também a Casa Rosada, o Caminito, a Avenida 9 de Julho, a Plaza de Mayo, o Puerto Madero, e o estádio do Boca Juniors La Bombonera.

 

Destino extra:

 

Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

 

Se você prefere manter-se em terras brasileiras, para uma viagem mais curta ou mais barata do que férias internacionais, nós recomendamos a incrível capital catarinense. Florianópolis tem se tornado um dos principais destinos turísticos para jovens do Brasil, com baladas e festas especiais para formandos do “terceirão”. Além disso, não podemos deixar de mencionar suas impressionantes 42 praias, desde as mais calmas até as ideais para o surfe; as dunas da Joaquina, onde você pode praticar o windsurfe; e a linda Lagoa da Conceição, com feirinhas e inúmeras opções de restaurantes ao seu redor.

 

Fontes:

10 países mais baratos do mundo para viajar nas férias (Skyscanner)

Os 30 lugares mais baratos para se viajar em 2017 (Forbes)

30 lugares épicos para visitar antes dos 30 (Huffington Post)

10 países mais seguros do mundo para turistas (Condé Nast Traveler)

Os 15 países mais seguros do mundo (Independent)

Numbeo

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

5 destinos turísticos para as suas férias escolares

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...