Essenciais
Estude no exterior : Antes de partir

Dicas de segurança no intercâmbio

Dos preparos antes de partir até seguro de saúde e precauções rotineiras, o Viva-Mundo dá dicas de como manter-se seguro por toda a duração dos seus estudos no exterior

Dicas de segurança no intercâmbio
692

Então você decidiu dar esse passo grande, ousado e corajoso e se mudar para o exterior para estudar. Parabéns! Há muito que aprender e experimentar como parte da sua nova aventura. Mas o que vem depois? Uma preocupação comum para aqueles que vão fazer um intercâmbio é como eles vão ficar seguros em um novo e desconhecido país.

 

É uma preocupação compreensível, mas nem sempre uma que seja verdadeiramente representativa de como as coisas realmente são. Claro, longe de casa você é removido do conforto que a família, amigos e familiares te oferecem. No entanto, o diferente e desconhecido não significa necessariamente algo inseguro – e é algo sempre importante de se lembrar ao viajar. É muito melhor sentir-se seguro e tranquilizado em um outro país. E qual a melhor maneira de fazer isso? Preparação.

 

Se você estiver interessado em viajar ao exterior para estudar, visite www.viva-mundo.com.

 

Pesquise sobre a instituição que você irá estudar                            

 

Ao pesquisar sobre a universidade ou escola que você deseja ir, você deve ter sempre em mente a sua qualidade. Lugares maiores, mais conhecidos e mais respeitados geralmente tendem a ser mais seguros e oferecem estruturas de apoio caso você precise delas.

 

Se você está em dúvida sobre a avaliação da sua instituição de destino, tente ler o máximo que puder sobre ela. Leia revisões on-line, verifique rankings universitários, veja páginas no Facebook. Em essência, tente ler qualquer coisa sobre o lugar além da sua página oficial na web, pois às vezes elas tendem a ser bastante tendenciosas.

 

Verifique se no local há suporte disponível, caso seja necessário. Existe uma pessoa para entrar em contato que organiza ajuda ao estudante no exterior? Você está indo através de uma agência? Eles têm uma equipe de suporte no seu destino? Se não, o que a instituição que você está indo pode oferecer em caso de emergência?

 

Universidades geralmente são espaços seguros. O perigo, para a maioria dos estudantes que viajam, está fora dessas paredes. Onde você está morando, aonde você vai quando não estiver na universidade, com quem está passando seu tempo, coisas deste tipo...

 

Pesquise sobre o local

 

Antes de viajar você vai querer encontrar um lugar para ficar quando chegar. Certifique-se de pesquisar sobre o endereço e tê-lo em sua língua nativa, bem como na língua local do lugar que você irá. Você também deve pesquisar as rotas de sua nova casa para sua nova escola e para o aeroporto/estação de trem.

 

Com quem você vai morar? Se você vai ficar com pessoas que você não conhece, tente entrar em contato com elas antes de viajar. Avalie suas personalidades: você se identificou com eles? As pessoas com quem você irá conviver vão fazer uma enorme diferença na sua experiência no exterior.

 

Em que tipo de área você irá ficar hospedado? Há muita violência lá? Mais uma vez, certifique-se de perguntar ao maior número de pessoas possível. Peça conselhos à universidade, veja opiniões de pessoas na internet, procure até a taxa de criminalidade do local. Mas lembre-se de manter a perspectiva. Os veículos de notícias de um lugar geralmente só vão destacar as más notícias (principalmente os jornais) e uma má percepção de um lugar não representa cem por cento a realidade.

 

Fique esperto

 

Ou seja, há muito que você pode fazer para garantir sua segurança ainda enquanto está em casa. A fim de ficar seguro, você deve ser vigilante e esperto enquanto descobre o seu novo ambiente. Aqui estão algumas coisas para se ter sempre em mente:

 

  • Esteja ciente das leis locais

 

Há semelhanças em relação a leis em todos os lugares do mundo, porém há certas leis em alguns países que podem ser um pouco mais difíceis de entender. Particularmente, esteja atento em relação a assuntos como: segurança rodoviária, medicação, fotografia, drogas recreativas, demonstrações e atividades políticas. Além disso, seja atencioso com os outros quando estiver circulando pela cidade e evite qualquer tipo de confronto!

 

  • Tenha um seguro

 

Os estudantes sempre se esquecem de obter um seguro, o que é muito perigoso, pois significa que se houver algum problema grave, não terão algo que lhes dê suporte.

 

Ter um seguro é valioso, especialmente para itens como laptops e celulares. Porém mais valioso ainda é ter um seguro saúde. Muitas universidades e escolas oferecem um plano de saúde para o aluno, enquanto alguns planos cobrem até a viagem internacional. Na verdade, é possível que o plano de seu país dê cobertura para você também. Mas independente disso, é bom você verificar tudo o que você precisa fazer para obter um e checar se ele é válido para toda a duração da sua viagem ao exterior. Não há sentimento pior do que você ter uma emergência de saúde e não poder ir ao um bom hospital.

 

  • Sempre avise a alguém para onde você está indo

 

Se puder, avise para mais de uma pessoa, pois assim terá mais gente cuidando de você caso algo aconteça.

 

  • Certifique-se que você está com todos seus documentos

 

Seu passaporte e seu visto são extremamente necessários, mas tente evitar levá-los para todos os lugares. Por isso, tenha sempre uma cópia de ambos na sua bolsa ou carteira, e tenha a imagem deles no seu celular para que estejam sempre acessíveis.

 

  • Mantenha seus contatos de emergência com você em todos os momentos

 

Tenha todos os contatos da família, amigos e universidade com você e no seu celular. Também pode ser bastante útil o contato da Embaixada local.

 

  • Beba com sabedoria

 

Não deixe sua bebida nos lugares sem a sua vigilância. Evite beber demais e certifique-se de saber como chegar em casa. Não use táxis clandestinos.

 

  • E o mais importante: Mantenha-se longe de problemas

 

Claro que esta é a regra número um para ficar em segurança. Mantenha sempre um perfil discreto, tendo atitudes simples como: não se tornar alvo fácil tirando muito dinheiro na rua, cuidar dos seus pertences e estar sempre ciente do que acontece a sua volta. Evite áreas escuras á noite, mantenha seus pertences num lugar seguro e, o mais importante, confie nos seus instintos.

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Dicas de segurança no intercâmbio

Editor - colaborador

Dê uma olhada...