Essenciais
Estude no exterior : Antes de partir

O que esperar da passagem pela Imigração em aeroportos dos Estados Unidos?

Imigração americana nos aeroportos dos Estados Unidos: quais documentos mostrar e o que responder?

O que esperar da passagem pela Imigração em aeroportos dos Estados Unidos?
23566

O último passo para adentrar o seu destino de estudo é a Imigração. Assim que você aterrissa no aeroporto, antes mesmo de pegar a sua bagagem despachada, você é encaminhado à fila da Immigration – guichês onde será entrevistado por funcionários americanos - que permitirá ou não a sua entrada definitiva no país.

 

Se você estiver indo estudar nos Estados Unidos, durante o seu voo, os comissários de bordo irão distribuir formulários para todos os passageiros, que deverão ser preenchidos antes da aterrissagem. Trata-se do Customs Declaration form 6059B – formulário de Declaração de Direitos Alfandegários 6059B; nele você terá de detalhar o conteúdo de suas bagagens respondendo com um xis em “Yes” ou “No” se está trazendo, por exemplos, “frutas, vegetais, alimentos...” ou então “carnes ou animais”. Você deverá preencher também o endereço de onde vai morar nos Estados Unidos, por isso, se você ainda não houver o decorado, leve anotado em algum lugar da sua mala de mão. Outras informações que o formulário pede:

 

-Número de familiares viajando com você.

-Número do seu passaporte.

-Nome de outros países visitados nesta mesma viagem antes dos Estados Unidos (se o seu voo é direto Brasil-EUA, então basta deixar o espaço em braço).

-Número do voo.

-Responder com “Yes” ou “No” se está trazendo uma quantia maior que U$ 10.000,00 – ou o equivalente na sua moeda local.

-Responder com “Yes” ou “No” se está trazendo mercadorias comerciais em sua bagagem (se sim, terá que detalhá-la).

 

Se tiver qualquer dúvida durante o preenchimento, pode perguntar para os comissários que costumam ser bastante solícitos e estão cientes das dúvidas dos passageiros. Uma vez completado, mantenha o formulário em um local fácil de achar dentro da sua bagagem de mão, para quando precisar entregá-lo na Imigração, você ter acesso rápido a ele.

 

Você será direcionado às filas de non-citizens, não-nativos, e irá esperar até a sua vez de ser atendido em um dos guichês dos funcionários da Imigração. Sendo um estrangeiro, provável que seja solicitado a mostrar documentos que comprovem as razões da sua viagem para os Estados Unidos. Como a sua viagem é a estudos, é importante que você tenha com você documentos que confirmem a sua matrícula na instituição de ensino. O funcionário pode perguntar sobre a sua estadia, portanto, tenha na ponta da língua o nome da sua universidade/faculdade, o nome do seu curso, quanto tempo irá durar, quando pretende partir do país, onde irá morar, e coisas do tipo. A conversa será em inglês.

 

Quando passei pela Imigração dos Estados Unidos, o funcionário perguntou o motivo da minha viagem. Quando soube que estava viajando como au pair, quis saber onde morava minha hostfamily, de quantas crianças eu ia cuidar, e por que eu quis ser au pair. Perguntas semelhantes a que eu já havia respondido na entrevista do consulado americano no Brasil. Mantive comigo os papéis mandados pela agência de au pairs que comprovavam o meu pagamento do programa, o documento que confirmava o meu acordo de morar e trabalhar para a minha hostfamily, e coisas do tipo, para caso o funcionário me pedisse por comprovações, mas não foi necessário.

 

Tenha também o seu passaporte em mãos, será a primeira coisa entregue ao funcionário. A passagem pelo guichê deve demorar poucos minutos. No entanto, todo imigrante está sujeito a passar por uma inspeção de bagagem por um dos funcionários da U.S. Customs and Border Protection (CBP) – ou Proteção da Alfândega e Fronteiras dos EUA. Estas inspeções têm fundamento legal vindo do Immigration and Nationality Act (INA) – ou Ato de Imigração e Nacionalidade. Portanto, você poderá ser requisitado a abrir as suas bagagens de mão e expor o conteúdo.

 

Uma vez aceito no país, você é permitido continuar a sua entrada no aeroporto. Antes, o funcionário irá carimbar o seu passaporte e o seu formulário Custom Declaration, e lhe entregará um Form I-94 preenchido que detalhará qual classificação é a sua dentre os tipos de imigrantes e por quanto tempo a sua estadia nos Estados Unidos é permitida.

 

Ah! E não se assuste com a cara amarrada dos funcionários; já escutei bastante gente dizendo que a pessoa que a entrevistou estava com cara feia ou de mau humor, mas isto não irá interferir na sua entrada se você tiver documentos em mãos e souber as informações da sua estadia.

 

Leia mais:

Preconceito: brasileiros nos Estados Unidos

Beijar ou não beijar: como cumprimentar americanos

Como usar o correio nos EUA

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

O que esperar da passagem pela Imigração em aeroportos dos Estados Unidos?

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

8 motivos para estudar no exterior

Seja por conta própria ou por um intercâmbio oferecido pela sua universidade brasileira, estudar no exterior será sempre uma opção beneficial à sua vida de maneira absolutamente geral. Existem inúmeras razões pelas quais a experiência de viver em outro país e frequentar uma instituição internacional deveria ser uma opção obrigatória do sistema educacional de qualquer lugar do mundo. Se você ainda não estiver convencido sobre os benefícios desta experiência, leia

35454

Cheerleading: líderes de torcida no Brasil

Você já as viu em filmes norte-americanos ou em grandes eventos esportivos dos Estados Unidos. Você sabe quem elas são! As cheerleaders, ou líderes de torcida, são parte integral da cena esportiva americana. Cada time tem o seu grupo de meninas (e, em grande parte, meninos também) que preparam apresentações cheias de dança, acrobacias, ginástica, ritmo e pom-poms com um só intuito: agitar a torcida.    Criado pela Princeton University nos Estados

33464

10 coisas engraçadas que você vai fazer ao se preparar para estudar fora

O que fazer quando você vai estudar no exterior? Nós temos artigos e mais artigos sobre este assunto aqui . Tudo para ajudá-lo a se preparar para a partida e também para os estudos, a adaptação, a vida em outro país, etc. Mas há algumas coisas que são difíceis de evitar e outras completamente essenciais na hora de fazer as malas para estudar no exterior...   Alegria avassaladora   Aquele momento de alegria pura e genuína. Uma

4038

Consultora explica como é o trabalho de orientação para quem quer estudar no exterior

O Hotcourses Brasil entrevistou Emily Dobson, consultora educacional coorporativa, criadora da Brazil College Counseling , agência de orientação universitária para brasileiros que gostariam de estudar nos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá. Reconhecida oficialmente pela UCLA Credentialed Higher Education Consultants Association e autorizada a trabalhar no Brasil, Emily, que é americana e mora no Brasil há mais de dez anos, explicou como é o trabalho de um

3572