Essenciais
Estude no exterior : Perspectivas profissionais

10 diferenças entre líder e chefe

Quais são as diferentes essenciais entre líder e chefe e por que é tão importante para a sua carreira conhecê-las.

10 diferenças entre líder e chefe

A promoção para uma posição de gerência não transforma automaticamente o profissional em líder. Algumas pessoas são líderes natas, enquanto outras precisam desenvolver as habilidades com o tempo. No entanto, há diversas diferenças entre ser chefe e ser líder. Essa distinção é essencial porque o sucesso de uma organização depende da aptidão dos profissionais escolhidos para comandar equipes.

 

pós-graduações no exterior

 

A capacidade de liderar acontece com a prática. Não é à toa que as universidades internacionais focam tanto nas habilidades e treinamentos de liderança durante a graduação, com diferentes programas e módulos na grade curricular ou atividades extracurriculares. O objetivo é formar profissionais que estejam prontos para assumir posições de gestão de pessoas no mercado de trabalho após os estudos.

 

Durante o webinar “Entenda a bolsa Chevening” realizado pela organização loveUK ano passado, a gerente regional na América Latina da University of York, Jenny Gonzalez Hogg, explicou como a seleção dos bolsistas se preocupa em encontrar “futuros líderes”. “Considere o que significa ser um bom líder, pense em exemplos e quais qualidades eles têm em comum. Depois, tente entender quais e como você as apresenta”, explicou.

 

Saber quais são as características de um líder eficiente e as diferenças entre liderança e chefia te ajudará a se destacar desde o início da sua vida acadêmica e profissional. Se liderar não for natural para você, entenda que é possível mudar e se aperfeiçoar ao longo da carreira. Entretanto, é preciso estar disposto a se expor e a desenvolver habilidades, como as de comunicação.

 

As 10 diferenças essenciais entre líderes e chefes

 

10 diferenças entre líder e chefe

 

Você já deve ter escutado falar na principal diferença entre líder e chefe: as pessoas seguem os líderes e trabalham para os chefes. Embora verdade, a distinção vai além disso.

 

A seguir, discorremos sobre dez das diferenças essenciais entre líderes e chefes, de acordo com a Forbes, Business2Community e outros sites de referência em business.

 

1. Criar uma visão do futuro ao invés de metas

 

Os líderes conseguem criar uma visão completa do futuro e inspirar as pessoas a enxergá-la também. Desse jeito, trabalhar para torná-la realidade vira um objetivo coletivo – não porque “o chefe mandou”, mas porque todos conseguem visualizá-la e se envolvem com o processo. É diferente de apenas estipular metas ou prazos específicos sem explicar as razões ou os caminhos até eles.

 

A liderança faz com que todos sejam parte de algo maior e sabe que uma equipe engajada chega mais longe do que indivíduos trabalhando autonomamente.

 

2. Ser agentes de mudança

 

Inovação é importante para os líderes. Eles entendem que, apesar de as coisas funcionarem bem como estão, há sempre maneiras de melhorar. Isso não significa não ter receio de mudança, mas encará-la mesmo assim, por um bem maior.

 

Os chefes tendem a preferir manter o status quo. É aquela coisa de “Por que mexer em time que está ganhando?”. Já os líderes são agentes de mudança e compreendem que uma pequena evolução pode criar ondas por toda a empresa.

 

3. Ser autêntico

 

Os líderes são autênticos. Eles procuram se conhecer o máximo possível, tanto os pontos positivos quanto os negativos, para atingir a autoconsciência. Também trabalham a fim de criar uma marca pessoal fiel a quem eles são. Geralmente, isso resulta em pessoas transparentes, dispostas a se destacar e confortáveis consigo mesmas.

 

Os chefes preferem repetir competência, ações e comportamentos que aprenderam com os outros. Ou seja: adotam um estilo de liderança já existente ao invés de tentar definir o seu próprio.

 

4. Arriscar-se

 

Ao unir a vontade de inovar com a confiança da autenticidade, você atinge uma outra qualidade comum aos líderes: a capacidade de assumir riscos. Diferente dos chefes, que preferem permanecer em um caminho conhecido e seguro para minimizar os riscos, o líder gosta de experimentar coisas novas, mesmo que acabem falhando.

 

Ele sabe que o fracasso faz parte do sucesso.

 

Os chefes procuram evitar ou controlar os problemas em vez de abraçá-los como um meio de aperfeiçoamento.

 

5. Pensar em longo termo

 

Líderes mantêm sua palavra. Eles fazem o que falam e são capazes de conservar a motivação de um objetivo distante, sem precisar ficar recebendo recompensas regularmente.

 

Os chefes trabalham com metas de curto prazo e buscam reconhecimento e elogios com mais frequência. Se isso não acontece, se desmotivam com facilidade.

 

6. Buscar o crescimento pessoal

 

Os líderes são criativos e curiosos. Eles enxergam o retrocesso em não aprender algo novo ou desenvolver suas habilidades todos os dias. O mercado de trabalho está em constante evolução. Para acompanhá-lo, o profissional precisa se manter relevante e o crescimento pessoal é essencial nesse caminho.

 

Os chefes costumam apenas repetir as habilidades e ações que os tornaram bem-sucedidos, aperfeiçoando apenas características já existentes e adotando comportamentos “comprovados”.

 

7. Construir relações

 

O foco dos líderes são as pessoas. O que importa para eles é estar em contato com todas as partes envolvidas na realização da sua visão do futuro. O trabalho em equipe é fundamental e a comunicação deve ser clara, respeitosa e convincente. Tudo isso faz com que o líder seja eficiente em criar confiança e lealdade.

 

O foco dos chefes é o sistema. Eles estão mais interessados nas estruturas. Enxergam apenas indivíduos, e não uma equipe, e preocupam-se com as análises e processos que resultarão no objetivo esperado.

 

8. Inspirar

 

Os líderes entendem que as pessoas que trabalham para eles têm as respostas ou os meios para encontrá-las. São capazes de enxergar o potencial em cada um dos seus colaboradores e os incentivam a melhorar sempre. Apesar de liderar e guiar, eles sabem identificar o momento de se afastar e deixar que as pessoas aprendam e se desenvolvam sozinhas.

 

Os chefes mandam. Eles distribuem tarefas e o passo a passo para realizá-las – e muitas vezes ficam insatisfeitos quando suas ordens não são seguidas à risca.

 

9. Ser entusiasta

 

O trabalho pode ser enfastiante de vez em quando. Não é natural estar disposto ou satisfeito o tempo inteiro, nem mesmo para um líder. O importante é saber o que fazer quando bate o tédio ou o desânimo.

 

Líderes são profissionais mais entusiastas e carismáticos e, ao mesmo tempo, sabem respeitar o potencial e carisma dos outros, sem medo de perder o lugar.

 

Os chefes são autoritários e controladores. Por essas e outras que é tão comum que o líder seja uma pessoa admirada, enquanto o chefe é temido.

 

10. Incentivar novas ideias e escutar

 

 

Os líderes fazem brainstorm e incentivam o pensamento “fora da caixinha”. Eles buscam o envolvimento de toda a equipe para criar novas ideias e escuta as suas opiniões. Os chefes gostam de ser ouvidos. Exigir respeito é diferente de conquistá-lo.

 

10 formas de treinar a liderança

 

  • 1. Escute mais, fale menos.
  • 2. O consenso é bom, mas direção e determinação criam ação.
  • 3. Qualquer pessoa pode identificar um problema. Um líder faz parte da solução.
  • 4. Não se vanglorie publicamente.
  • 5. Dê o exemplo certo.
  • 6. Seja honesto e otimista.
  • 7. Saiba quais são os seus planos para o futuro.
  • 8. Procure conhecer-se cada dia mais.
  • 9. Não tenha vergonha de assumir um erro e pedir desculpas.
  • 10. Respeito em primeiro lugar, sempre.

 

Diferenças entre líder e chefe

 

Leia também:

Como usar a técnica STAR na sua admissão no exterior

Com usar o LinkedIn de maneira eficiente para conseguir o emprego dos seus sonhos

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação

Leitura recomendada

40 mudanças no currículo que irão deixá-lo mais profissional

Chega sempre um momento em que o seu currículo precisa de uma revisão. Reservar um tempo para remodelar e enxugar o CV é muito válido, principalmente se você estiver se preparando para procurar um emprego. E mesmo que já esteja empregado, é sempre bom dar uma revisada no currículo, ao menos uma vez ao ano.   O site USA Today College listou várias dicas de como modificar o seu CV e fazer com que ele se destaque dentre os demais. E não se preocupe se

86K

O que é Co-op Program (Co-operative Education)?

Co-operative ou apenas co-op education é uma forma de aprendizado que combina o aprendizado teórico em salas de aulas com períodos de trabalhos práticos remunerados. Esta experiência de trabalho é chamada de co-op placement , ou seja, a instituição de ensino superior ajuda o estudante a conseguir uma posição profissional em empresas reais, para exercer funções reais relacionadas à área de estudo.   Os co-op placements são opções oferecidas pela

38.1K

O que fazer nos 15 minutos antes de uma entrevista de trabalho

O site Business Insider publicou uma matéria com itens sobre o que fazer durante os 15 minutos angustiantes e de ansiedade que antecedem uma entrevista de trabalho. Este pequeno período pode ser a sua oportunidade de colocar-se no humor certo para se sair bem no processo seletivo. O principal, claro, é manter-se calmo e focado – dependendo do seu nível de stress, a sua capacidade de pensar de forma clara pode ser prejudicada.   Veja dez itens listados

26.2K

Emprego pelo Mundo: o seu sonho de trabalhar no exterior começa aqui

Criado há pouco mais de um ano, com o objetivo de dar resposta a todos que estão à procura de uma oportunidade de emprego fora ou dentro do seu país de residência, o portal Emprego Pelo Mundo pretende fornecer aos seus seguidores um serviço de busca de oportunidades de emprego, empreendedorismo e formação, de forma rápida, fácil e gratuita.   Com um total de mais de 20 milhões de pageviews, mais de 3,5 milhões de visitantes e 213 mil membros no

9.3K