Essenciais
Estude no exterior : Perspectivas profissionais

Ficar ou voltar: o que fazer quando você termina seus estudos no exterior?

Ficar e aproveitar do que o seu destino de estudo tem a oferecer, inclusive profissionalmente, ou retornar ao Brasil e matar a saudade de casa?

Ficar ou voltar: o que fazer quando você termina seus estudos no exterior?
53

Estudar no exterior é um processo que envolve muitas decisões. Do começo ao fim, você encontrará dilemas diferentes: Qual é o destino ideal? Qual curso escolher? Qual é a melhor instituição de ensino? Onde morar? E muitos outros. Inquestionavelmente, as decisões a serem tomadas serão de grande importância em cada passo que você der.

 

estudar no exterior

 

No entanto, é inevitável topar com um dos dilemas mais importantes da sua vida: o que fazer quando você terminar seu processo de aprendizado em um país estrangeiro? Talvez você deva permanecer no lugar que o recebeu nos últimos anos? Ou talvez você deva retornar ao seu país de origem? De qualquer forma, a decisão que você tomar terá consequências diretas no seu presente e no seu futuro, portanto é uma determinação que você deve tomar com cautela.

 

Se esse for o seu caso, você deve saber que é normal sentir medo ao tomar essa decisão, em retrospecto, ao final do processo, você será uma pessoa diferente em muitos aspectos. As experiências e tudo o que aprendeu podem fazer você se sentir mais uma vez em sua zona de conforto, o que o levará a contemplar a possibilidade de permanecer no local em que você está, um país em que você se sente em casa, oferece infinitas oportunidades de crescimento pessoal e profissional e a possibilidade de continuar explorando seus arredores.

 

Por outro lado, você pode enfrentar a oportunidade de retornar ao seu país de origem, um lugar em que você ainda tem familiares e amigos, um país que viu você crescer e do qual foi embaixador gastronômico, histórico e cultural durante a sua estadia no exterior. Ao voltar para casa, pode parecer bastante tentador reunir-se com sua família, tentar mais uma vez os sabores de sua terra, etc. Isso provavelmente não tem preço e, a essa altura, haverá muitas razões pelas quais voltar pode ser uma boa opção.

 

Entendemos o quão importante é para você tomar essa decisão, por isso assumimos a tarefa de destacar alguns fatores relevantes que o ajudarão a dar o próximo grande passo em sua vida.

 

Um mundo de experiências para descobrir

 

Viver um período estudando no exterior abre as portas para o mundo e inquestionavelmente muda sua percepção das experiências dentro e fora de casa. Se você ficar no país que o recebeu como estudante internacional, terá a oportunidade de continuar tendo experiências inesquecíveis. Onde quer que vá, provavelmente encontrará uma sociedade multicultural e terá experiências gastronômicas, históricas e divertidas na maioria das vezes.

 

No entanto, voltar para casa depois de um longo tempo pode ser a oportunidade perfeita para redescobrir sua cidade. Você provavelmente visitará os lugares de que tanto gostava ou talvez esteja interessado em descobrir os novos lugares que surgiram na sua ausência. Você pode até ir além da sua cidade e ter a oportunidade de conhecer outros destinos em seu país, surpreender-se com suas maravilhas e criar novas experiências de aprendizado.

 

As oportunidades estão ao seu alcance

 

Uma experiência acadêmica internacional transforma sua vida completamente, você muda a maneira de pensar, se encontra consigo mesmo e aprende a viver com as pessoas ao seu redor, mas, acima de tudo, prepara você para o mundo do trabalho.

 

Estudar, aprender e se formar no exterior não apenas fornece uma visão mais ampla do mundo, mas também pode oferecer bases sólidas para empreender sua carreira profissional e aumentar suas oportunidades de emprego.

 

Ser um profissional treinado no exterior pode torná-lo ainda mais atraente para os recrutadores de grandes empresas multinacionais. Portanto, ao tomar a decisão de permanecer no país em que você está ou voltar para casa, recomendamos que você preste atenção e analise com calma o conjunto de oportunidades que você tem ao seu alcance.

 

É altamente provável que, no final do seu curso, você tenha a oportunidade de realizar um estágio profissional ou, na sua falta, eles oferecerão uma oportunidade de trabalho, permitindo que você tenha experiência profissional internacional e melhore seu currículo.

 

Por outro lado, tendo estudado no exterior, é provável que você domine um segundo ou terceiro idioma, o que lhe proporciona uma grande vantagem competitiva e pode oferecer oportunidades de emprego em seu país de origem, graças à crescente demanda por profissionais com a capacidade de trabalhar em mercados muito mais globalizados.

 

Não se esqueça de que o retorno ao seu país também oferece a oportunidade de compartilhar o conhecimento e as experiências adquiridas durante o seu processo de aprendizado internacional com pessoas da sua nacionalidade. Você pode contribuir para o desenvolvimento econômico de sua nação e, como muitas outras pessoas, você será um agente do fenômeno conhecido como mobilidade do conhecimento.

 

De qualquer forma, você deve analisar as condições de trabalho da oferta que tem em suas mãos e se fizer o que ama, o trabalho será altamente recompensador. Também será possível comparar fatores como salário, ambiente de trabalho, empreendedorismo, oportunidades de crescimento, entre outros.

 

Cidadãos do mundo

 

cidadãos do mundo

 

Passar um tempo em outro país nos muda, embora continuemos sendo a mesma pessoa em essência, na maioria dos casos você perceberá que, no final, você é diferente, alguém muito mais independente, autônomo, responsável, aventureiro e curioso.

 

Ao morar longe de nosso país de origem, nos tornamos cidadãos do mundo e tanto explorar como experimentar se tornam uma necessidade verdadeira. Se você voltar para casa, uma parte de você ficará naquele destino que mudou sua vida e proporcionou experiências inesquecíveis, da mesma forma que, se você permanecer como imigrante, seu país de origem permanecerá em você com a essência da sua cultura, memórias, família e outros.

 

E aí? O que você quer fazer?

 

Por fim, entendemos que não é uma decisão fácil de tomar e não podemos oferecer a você uma verdade absoluta do que pode acontecer se você sair ou ficar. Portanto, essa é uma decisão totalmente pessoal, dependendo de cada caso especificamente. O ideal é analisar os prós e os contras, estudar suas oportunidades de trabalho e crescimento pessoal, aspectos econômicos e elementos que influenciam diretamente sua qualidade de vida.

 

Queremos mostrar que, não importa onde você decida estar, aqui ou ali, você sempre terá a oportunidade de começar de novo, compartilhar suas experiências, explorar e viajar pelo mundo. Pensar em você e no seu bem-estar pode mostrar o caminho que você deve seguir. Portanto, não se apresse e continue desfrutando dessa grande experiência.

 

E você, fica para construir sua nova casa ou voltar para casa?

 

Leia mais:

10 dicas para retornar ao mercado brasileiro após os estudos no exterior

5 dicas para encontrar um emprego como estudante estrangeiro

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Ficar ou voltar: o que fazer quando você termina seus estudos no exterior?

Editor - colaborador

Leitura recomendada

40 mudanças no currículo que irão deixá-lo mais profissional

Chega sempre um momento em que o seu currículo precisa de uma revisão. Reservar um tempo para remodelar e enxugar o CV é muito válido, principalmente se você estiver se preparando para procurar um emprego. E mesmo que já esteja empregado, é sempre bom dar uma revisada no currículo, ao menos uma vez ao ano.   O site USA Today College listou várias dicas de como modificar o seu CV e fazer com que ele se destaque dentre os demais. E não se preocupe se

70505

O que é Co-op Program (Co-operative Education)?

Co-operative ou apenas co-op education é uma forma de aprendizado que combina o aprendizado teórico em salas de aulas com períodos de trabalhos práticos remunerados. Esta experiência de trabalho é chamada de co-op placement , ou seja, a instituição de ensino superior ajuda o estudante a conseguir uma posição profissional em empresas reais, para exercer funções reais relacionadas à área de estudo.   Os co-op placements são opções oferecidas pela

36769

O que fazer nos 15 minutos antes de uma entrevista de trabalho

O site Business Insider publicou uma matéria com itens sobre o que fazer durante os 15 minutos angustiantes e de ansiedade que antecedem uma entrevista de trabalho. Este pequeno período pode ser a sua oportunidade de colocar-se no humor certo para se sair bem no processo seletivo. O principal, claro, é manter-se calmo e focado – dependendo do seu nível de stress, a sua capacidade de pensar de forma clara pode ser prejudicada.   Veja dez itens listados

24574

Emprego pelo Mundo: o seu sonho de trabalhar no exterior começa aqui

Criado há pouco mais de um ano, com o objetivo de dar resposta a todos que estão à procura de uma oportunidade de emprego fora ou dentro do seu país de residência, o portal Emprego Pelo Mundo pretende fornecer aos seus seguidores um serviço de busca de oportunidades de emprego, empreendedorismo e formação, de forma rápida, fácil e gratuita.   Com um total de mais de 20 milhões de pageviews, mais de 3,5 milhões de visitantes e 213 mil membros no

9190