Essenciais
Estude no exterior : Últimas notícias

A junção das plataformas Messenger e Skype

Plataforma online de mensagem instantânea, o MSN da Microsoft não existe mais. Messenger é integrado ao programa Skype.

Junção do MSN ao Skype
677

*Imagem do site oficial do Skype

 

As redes sociais já são parte integral da vida de muita gente. Definitivamente, são ferramentas fundamentais para estudantes no exterior que precisa manter contato com família e amigos no Brasil. A popularidade destas plataformas cria a necessidade de tornarem-se cada vez mais elaboradas e funcionais. É por isto que empresas como a Microsoft precisam atender a demanda do mercado mantendo seus produtos no páreo com a concorrência.

Com os chats em redes sociais como o Facebook ou então o Google Talk nas contas do Gmail e a possibilidade do uso da webcam, integrados a todas as outras funcionalidades oferecidas por estas empresas, o Messenger da Microsoft acabou um tanto obsoleto. Para mantê-lo na ativa, já que ainda é usado mundialmente (possui mais de 100 milhões de usuários, sendo 30% brasileiros), mas torná-lo mais atual, a Microsoft resolveu unir o Messenger ao Skype, outra plataforma famosa da empresa.

O Skype permite serviços como ligações online, ligações para celulares e telefones, videoconferências, chat, troca de arquivos e compartilhamento de tela. Ou seja, o que é permitido no MSN (basicamente um programa de mensagens instantâneas) e muito mais. A nova versão Skype 6.0 já está disponível há algumas semanas e o Messenger como uma plataforma independente já saiu do ar. Os usuários podem usar as suas contas na Microsoft já existente para logar no Skype e importar os contatos do MSN. O download do Skype é gratuito e pode ser feito no site oficial do programa.

Os aplicativos do Messenger para celulares e tablets também saem do ar e passam a ser partes integradas dos aplicativos do Skype.

 

Leia mais:

Ronaldo Fenômeno vai estudar publicidade em Londres

Download ilegal nos Estados Unidos

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Pós-graduação
SOBRE O AUTOR

Junção do MSN ao Skype

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

As 10 melhores cidades universitárias de 2015

O QS Top Universities lançou mais uma lista útil para quem está considerando estudar no exterior: as 10 melhores cidades universitárias do mundo. Para constar no ranking, elas deveriam ter pelo menos duas universidades no ranking da QS World University Rankings e uma população de mais de 250 mil habitantes. As cidades foram avaliadas em cinco fatores: ranking universitário, diversidade de estudantes, empregos, atração de estudantes e acessibilidade financeira.

2843

As 20 melhores cidades estudantis do mundo de 2017, segundo ranking QS

Montreal, eleita a melhor cidade estudantil de 2017, desbancou Paris, invicta há cinco anos.   Duas cidades francófonas dominaram o índice QS Best Student Cities, lista das melhores cidades do mundo para estudantes internacionais. Montreal, no Canadá, ultrapassou Paris e conquistou o primeiro lugar da lista. Localizada na província de Quebec, ela tem a segunda maior população nativa na língua francesa do mundo, perdendo apenas para a própria capital

2489

LinkedIn lista as 10 faculdades mais influentes do mundo na rede

O LinKedIn costuma fazer listas das marcas mais influentes na rede social separadas por setores. Um deles é o da educação. A edição mais atual listou as 50 instituições mais influentes do mundo segundo a avaliação de marketing de conteúdo do LinkedIn, que analisa todas as atividades das marcas na plataforma, como updates na página da empresa, compartilhamentos dos seus colaboradores, posts patrocinados, atividades em grupos na rede e textos publicados.  

1146