Essenciais
Estude no exterior : Últimas notícias

ONU oferece bolsas de estudo a afrodescendentes

Programa procura candidatos afrodescendentes engajados às questões de direitos humanos e ao combate às discriminações raciais; inscrições vão até 31 de maio

Programa da ONU oferece bolsas de estudo a afrodescendentes para intensivo na Suíça
840

Estão abertas as inscrições para o Programa Anual de Bolsas de Estudo para Pessoas Afrodescendentes do Escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas. Todos os anos, a iniciativa oferece oportunidades de aprendizado intensivo sobre questões de importância global, como leis dos direitos humanos, formas de discriminação racial, acesso à justiça e “perfilamento” racial.

 

O programa faz parte da Década Internacional de Afrodescendentes das Nações Unidas 2015 - 2024, cujo objetivo é fomentar a situação dos direitos humanos de afrodescendentes de todo o mundo e capacitá-los com o conhecimento necessário para combater o racismo e a discriminação racial e promover os direitos humanos.

 

As bolsas de estudo

 

Os selecionados participarão de um programa intensivo de três semanas em Genebra, na Suíça, do dia 13 de novembro a 1º de dezembro de 2017. As bolsas de estudo cobrem o valor das passagens aéreas econômicas, seguro de saúde básico e um estipêndio para arcar com as despesas de uma acomodação modesta e outros custos de vida durante a estadia em Genebra.

 

 

Critérios de seleção

 

Os candidatos devem:

 

  • Ser fluentes em inglês;
  • Ter no mínimo quatro anos de experiência profissional na promoção dos direitos humanos;
  • Fazer parte de uma organização que trabalhe em causas relacionadas às pessoas de ascendência africana ou aos direitos de minoria;
  • Ter disponibilidade para participar da duração completa da bolsa de estudo.

 

Como se inscrever:

 

As inscrições vão até o dia 31 de maio de 2017.

 

Para se inscrever, você deve enviar os seguintes documentos em um só email para o endereço africandescentfellowship@ohchr.org, com o título “Application for the 2017 Fellowship Programme for People of African Descent.”:

 

  • Currículo;
  • Um formulário de inscrição totalmente preenchido, assinado e escaneado;
  • Uma declaração pessoal de no máximo 500 palavras sobre as motivações do candidato para se inscrever no programa e de que forma ele usará os conhecimentos adquiridos com a bolsa de estudo para promover os interesses e direitos de pessoas afrodescendentes;
  • Uma carta oficial da organização da qual faz parte;
  • Uma cópia do passaporte.

 

É crucial que o seu email tenha apenas esses cinco anexos – se houver outros, a inscrição será desqualificada.

 

E ATENÇÃO! Todos os documentos anexados devem seguir um padrão de título obrigatório:

 

SOBRENOME nome – Tipo do documento (em inglês)

 

Exemplo:

SILVA Jacqueline – Application form.doc
SILVA Jacqueline – A Personal Statement.doc 
SILVA Jacqueline – Letter of Support.pdf
SILVA Jacqueline – Passport.pdf

 

Visite a página oficial do programa aqui.

 

Leia mais:

A melhor forma de pedir por uma bolsa de estudo no exterior

Como aumentar as suas chances de conquistar uma bolsa de estudo no exterior

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Programa da ONU oferece bolsas de estudo a afrodescendentes para intensivo na Suíça

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

As 10 melhores cidades universitárias de 2015

O QS Top Universities lançou mais uma lista útil para quem está considerando estudar no exterior: as 10 melhores cidades universitárias do mundo. Para constar no ranking, elas deveriam ter pelo menos duas universidades no ranking da QS World University Rankings e uma população de mais de 250 mil habitantes. As cidades foram avaliadas em cinco fatores: ranking universitário, diversidade de estudantes, empregos, atração de estudantes e acessibilidade financeira.

3260

As 20 melhores cidades estudantis do mundo de 2017, segundo ranking QS

Montreal, eleita a melhor cidade estudantil de 2017, desbancou Paris, invicta há cinco anos.   Duas cidades francófonas dominaram o índice QS Best Student Cities, lista das melhores cidades do mundo para estudantes internacionais. Montreal, no Canadá, ultrapassou Paris e conquistou o primeiro lugar da lista. Localizada na província de Quebec, ela tem a segunda maior população nativa na língua francesa do mundo, perdendo apenas para a própria capital

3050

LinkedIn lista as 10 faculdades mais influentes do mundo na rede

O LinKedIn costuma fazer listas das marcas mais influentes na rede social separadas por setores. Um deles é o da educação. A edição mais atual listou as 50 instituições mais influentes do mundo segundo a avaliação de marketing de conteúdo do LinkedIn, que analisa todas as atividades das marcas na plataforma, como updates na página da empresa, compartilhamentos dos seus colaboradores, posts patrocinados, atividades em grupos na rede e textos publicados.  

1402