Essenciais
Estude no exterior : Últimas notícias

Oxford e Cambridge são as melhores do mundo, segundo ranking da Times 2017-18

Mesmo com bom desempenho da Europa, China continua a ganhar espaço no ranking mundial; a USP é a melhor colocada do Brasil.

Oxford e Cambridge são as melhores do mundo, segundo ranking da Times 2017-18
493

O Reino Unido conquistou os dois melhores lugares do mais recente Times Higher Education’s World University Rankings, famoso ranking universitário mundial que, neste ano, chega à sua 13ª edição. A lista de 2017-18, publicada hoje, traz a University of Oxford e University of Cambridge, respectivamente, em primeiro e segundo lugar do mundo!

 

Este é o segundo ano consecutivo que a Oxford consegue segurar o importante título; a Cambridge, por sua vez, desbancou as americanas California Institute of Technology (Caltech) e a Stanford University em 2017.

 

Apesar das duas primeiras posições do ranking, o Reino Unido tem apenas 12 universidades entre as 100 melhores do mundo, enquanto os Estados Unidos, em comparação, têm 41.

 

Globalmente, os Estados Unidos continuam a dominar a lista, mas as universidades chinesas estão crescendo ano a ano.

 

Mudanças gerais no desempenho do Reino Unido

 

Embora as instituições britânicas consideradas de elite terem mantido ou melhorado a posição em relação ao ano passado, algumas das menos ranqueadas tiveram uma queda – principalmente nos fatores de ensino e pesquisa. Isto pode ter acontecido graças à concorrência global cada vez mais acirrada, como comprovam as diversas universidades asiáticas que melhoraram o desempenho nos mesmos fatores.

 

Há também o receio de que o Brexit tenha um impacto profundo no desempenho das universidades do Reino Unido nos próximos anos. O número de estudantes europeus matriculados nas instituições britânicas já caiu 5% este ano. Além disso, as melhores universidades, como Cambridge e Oxford, recebem muitos financiamentos da Europa e esta verba pode receber um corte significativo dependendo dos acordos finais do Brexit.

 

Europa

 

A Europa, no geral, manteve um desempenho forte, apesar da competição com a Ásia:

 

  • A ETH Zurique, da Suíça, caiu uma posição, mas continua no top 10, em 10º lugar;
  • A Trinity College Dublin conseguiu melhorar 14 posições, conquistando a 117ª;
  • Universitat Pompeu Fabra (UPF) e Scuola Superiore Sant’Anna melhoram o desempenho e passaram a ser as melhores colocadas, respectivamente, da Espanha e da Itália.

 

A Europa agora tem sete universidade entre as 30 melhores do mundo, enquanto a Ásia tem três. Em 2017, os continentes tinham, respectivamente dez e duas instituições no top 30.

 

Ásia

 

  • Duas universidades chinesas conseguiram ultrapassar a melhor instituição da Alemanha, a LMU Munique;
  • A Tsinghua University ultrapassou a École Polytechnique Fédérale de Lausanne da Suíça;
  • A Universidade de Pequim ultrapassou a Karolinska Institute, da Suécia, conseguindo o mesmo patamar que a Universidade de Edimburgo, na Escócia.

 

Brasil

 

A Universidade de São Paulo (USP) foi a única brasileira a alcançar a faixa 251-300.

 

Depois dela, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) está entre as 401-500 melhores do mundo, e a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) entre as 501-600.

 

As 10 melhores universidades do mundo, segundo o ranking da Times de  2017-18

 

1. University of Oxford – Reino Unido

2. University of Cambridge – Reino Unido

=3. California Institue of Technology – Estados Unidos

=3. Stanford University – Estados Unidos

5. Massachusetts Institute of Technology – Estados Unidos

6. Harvard University – Estados Unidos

7. Princeton University – Estados Unidos

8. Imperial College London – Reino Unido

9. University of Chicago – Estados Unidos

=10. Instituto Federal de Tecnologia de Zurique - Suíça

=10. University of Pennsylvania – Estados Unidos

 

Para ver o ranking completo, clique aqui.

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Oxford e Cambridge são as melhores do mundo, segundo ranking da Times 2017-18

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

As 10 melhores cidades universitárias de 2015

O QS Top Universities lançou mais uma lista útil para quem está considerando estudar no exterior: as 10 melhores cidades universitárias do mundo. Para constar no ranking, elas deveriam ter pelo menos duas universidades no ranking da QS World University Rankings e uma população de mais de 250 mil habitantes. As cidades foram avaliadas em cinco fatores: ranking universitário, diversidade de estudantes, empregos, atração de estudantes e acessibilidade financeira.

3205

As 20 melhores cidades estudantis do mundo de 2017, segundo ranking QS

Montreal, eleita a melhor cidade estudantil de 2017, desbancou Paris, invicta há cinco anos.   Duas cidades francófonas dominaram o índice QS Best Student Cities, lista das melhores cidades do mundo para estudantes internacionais. Montreal, no Canadá, ultrapassou Paris e conquistou o primeiro lugar da lista. Localizada na província de Quebec, ela tem a segunda maior população nativa na língua francesa do mundo, perdendo apenas para a própria capital

2944

LinkedIn lista as 10 faculdades mais influentes do mundo na rede

O LinKedIn costuma fazer listas das marcas mais influentes na rede social separadas por setores. Um deles é o da educação. A edição mais atual listou as 50 instituições mais influentes do mundo segundo a avaliação de marketing de conteúdo do LinkedIn, que analisa todas as atividades das marcas na plataforma, como updates na página da empresa, compartilhamentos dos seus colaboradores, posts patrocinados, atividades em grupos na rede e textos publicados.  

1361