Essenciais
Estude no exterior : Últimas notícias

Lista das 100 melhores universidades do mundo em reputação de 2012

As melhores universidades dos EUA, Reino Unido e Austrália. Ranking da Times Higher Education.

9095

 

O ranking das melhores universidades do mundo baseado em reputação de 2011-12, a maior pesquisa mundial de opinião acadêmica, foi divulgado recentemente. Idealizada pela Times Higher Education, a lista foi feita por 17.554 preeminentes professores de 149 países, que classificaram instituições do mundo todo baseados no quão bom consideram ser o ensino e as pesquisas oferecidos por elas. Dentre as 100 que ocuparam um lugar na lista deste ano, 60% são universidades americanas e 12% do Reino Unido.

 

No topo do ranking está a Harvard University, mais famosa instituição dos EUA, seguida por Massachusetts Institute of Technology (EUA), University of Cambridge (Reino Unido), Stanford University (EUA) e University of California Berkeley (EUA), nas cinco primeiras posições – evidenciando a superioridade no ensino acadêmico oferecido pelas universidades destes países. Entretanto, comparada a lista do ano passado, algumas das principais instituições do Reino Unido caíram várias posições, enquanto universidades da China melhoraram o seu desempenho. Também aparecem no ranking países como Austrália (com quatro universidades), Canadá (3), Alemanha (4), Hong Kong (3), Japão (5), Cingapura (2), Suécia (3), Suíça (3), entre outros. A Universidade de São Paulo (USP) foi a única instituição brasileira a alcançar um lugar no ranking.

 

Os realizadores da pesquisa deram a sua opinião sobre universidades com cursos em seis áreas específicas: ciências físicas, engenharia e tecnologia, ciências sociais, disciplinas clínicas, ciências biológicas, e artes e humanas. A metodologia usada para a classificação envolve cinco aspectos:

 

-Ensino: o ambiente de aprendizagem (equivalente a 30% da pontuação geral);

-Pesquisa: volume, renda e reputação (também 30%);

-Citações: influência das pesquisas realizadas pela instituição, com base no número de citações que a pesquisa recebe (30%);

-Lucro da indústria: inovação (2,5%);

-Perspectiva internacional: corpo docente, estudantes e pesquisas (7,5%).

 

O editor da Times Higher Education Rankings, Phil Baty, diz que, em um mercado global tão competitivo, as universidades que possuem melhores reputações podem usufruir de certas vantagens – escolher os melhores professores para o corpo docente, selecionar os estudantes mais talentosos (que conquistarão diplomas que irão servir de passaporte para carreiras de sucesso), atraindo contratos comerciais e as mais lucrativas parcerias para suas pesquisas. Os rankings servem também para que as universidades possam ter consciência do desempenho que vem alcançando e, a partir daí, tomar decisões para aperfeiçoar o ensino acadêmico oferecido, sobre assuntos como bolsas de estudo e projetos futuros.

 

Existem outros rankings de classificação das universidades mundiais, no entanto, os mais recentes baseiam-se na reputação das instituições, analisando experiência acadêmica e pesquisa. A lista da Times Higher Education Rankings (THE) das 100 melhores universidades do mundo em reputação é parte do portfólio de rankings de universidades que estabeleceu a THE como a mais citada e respeitada fornecedora de dados comparativos sobre o desempenho de instituições do mundo todo.

 

Saiba mais...

Conheça mais sobre algumas das instituições presentes na lista da THE:

University of Melbourne, Austrália.

University of Sydney, Austrália.

Ohio State University, EUA.

University of Queensland, Austrália.

University of Leeds, Reino Unido.

University of Bristol, Reino Unido.

 

Fonte: Hotcourses Ltd.

Texto traduzido e adaptado por Brenda Bellani

Pesquise por cursos

Selecione país
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

As 10 melhores cidades universitárias de 2015

O QS Top Universities lançou mais uma lista útil para quem está considerando estudar no exterior: as 10 melhores cidades universitárias do mundo. Para constar no ranking, elas deveriam ter pelo menos duas universidades no ranking da QS World University Rankings e uma população de mais de 250 mil habitantes. As cidades foram avaliadas em cinco fatores: ranking universitário, diversidade de estudantes, empregos, atração de estudantes e acessibilidade financeira.

3380

As 20 melhores cidades estudantis do mundo de 2017, segundo ranking QS

Montreal, eleita a melhor cidade estudantil de 2017, desbancou Paris, invicta há cinco anos.   Duas cidades francófonas dominaram o índice QS Best Student Cities, lista das melhores cidades do mundo para estudantes internacionais. Montreal, no Canadá, ultrapassou Paris e conquistou o primeiro lugar da lista. Localizada na província de Quebec, ela tem a segunda maior população nativa na língua francesa do mundo, perdendo apenas para a própria capital

3216

LinkedIn lista as 10 faculdades mais influentes do mundo na rede

O LinKedIn costuma fazer listas das marcas mais influentes na rede social separadas por setores. Um deles é o da educação. A edição mais atual listou as 50 instituições mais influentes do mundo segundo a avaliação de marketing de conteúdo do LinkedIn, que analisa todas as atividades das marcas na plataforma, como updates na página da empresa, compartilhamentos dos seus colaboradores, posts patrocinados, atividades em grupos na rede e textos publicados.  

1455