Essenciais
Estude no exterior : Quando chegar lá

As tradições natalinas na Ásia

O Natal é comemorado na Ásia? Conheça as tradições natalinas nos seis destinos de estudo asiáticos mais famosos.

As tradições natalinas na Ásia

A Ásia cresce ano a ano não só como um destino de estudo para pessoas do mundo inteiro, mas também como potência acadêmica, avançando posições cada vez mais nos principais rankings das melhores universidades do mundo. Qualquer país da Ásia lhe proporcionará uma experiência acadêmica e cultural incrível e completamente diferente da nossa, o que por si só já é um enorme atrativo para quem quer fugir do comum quando o assunto é estudar no exterior.

 

Mas como é nessa época do ano, em que países como Estados Unidos e Reino Unido, principais destinos de estudo do mundo, começam a se enfeitar para o Natal e a paisagem fica branquinha de neve? A Ásia também comemora o Natal? Como são as tradições natalinas nos países asiáticos? Nós respondemos essas perguntas a seguir!

 

O Natal na Ásia

 

Como a Ásia tem um número bem menor de cristãos e católicos comparado ao resto do mundo, muitos países do continente acabam celebrando o Natal mais como uma data comemorativa ou um evento de inverno do que uma comemoração religiosa. De fato, você encontrará decorações natalinas, como grinalda, pisca-pisca e outros enfeites pelas grandes cidades – até porque a grande maioria desses produtos é fabricada na China.

 

Mesmo que comemorado em alguns países, o dia 25 de dezembro não é um feriado nacional, então dependendo de onde você estudar na Ásia, provavelmente terá aulas no Natal, se ainda não estiver de férias. Isso muda de país a país – na Malásia, por exemplo, a data é feriado.

 

Mas, como em qualquer continente, ou seja, que abrange vários países com tradições diferentes, isso muda bastante dependendo do seu destino. As Filipinas, outro exemplo, onde há um número bem maior de cristãos, começam a se enfeitar para o Natal no dia 1º de setembro!

 

É curioso que, mesmo sendo inverno na Ásia nessa época do ano, o clima é predominantemente quente em vários países e mesmo assim, como acontece no Brasil, decora-se os locais com imitação de neve.

 

Embora não celebrado tradicionalmente como no mundo Ocidental, outra coisa que a Ásia adotou nesse período é a temporada de compras. Há diversos shoppings gigantescos pelo continente e durante a época natalina também ocorrem promoções, saldões e eventos especiais de vendas na Ásia. O Papai Noel até chega a fazer aparições em alguns shoppings!

 

Além disso, outro fator importante na celebração do Natal nos países asiáticos é o grande número de estrangeiros vivendo no continente. Assim, famílias de expatriados comemorarão como se estivessem em sua terra natal por uma questão de tradição, independentemente do lugar do mundo onde se encontram. Os negócios mantidos por essas pessoas, como restaurantes e pubs de costumes ocidentais, serão decorados e farão festas e jantares típicos na véspera de Natal.

 

Conheça algumas curiosidades sobre o Natal nos principais destinos de estudo da Ásia:

 

1. Natal em Singapura

 

Singapura tem o maior número de residentes estrangeiros do mundo, por isso, é um dos países onde você notará mais decorações e comemorações nessa época do ano. Embora o cristianismo não seja predominante, o Natal é amplamente comemorado, mas sem um caráter religioso.

 

Os shoppings são decorados e a Orchard Road, famosa via central da cidade-estado, é enfeitada com luzes natalinas. O site oficial de turismo Visiting Singapore, inclusive, diz que “o atal é uma grande celebração que proporciona aos locais mais uma desculpa para fazer o que mais amam: comer e fazer compras”.

 

Como Singapura tem uma mistura enorme de nacionalidades, o Natal também acaba adotando uma versão multicultural com toques asiáticos. O tradicional peru, por exemplo, ganha um tempero com ervas, gengibre e pimenta mais típico do país.

 

O que fazer:

 

  • Santa Run for Wishes: desde 2013, há uma corrida anual em dezembro e toda a renda arrecadada com as inscrições é doada à organização Make a Wish Singapore.
  • Orchard Road: essa avenida central de Singapura é famosa pelas suas lojas e shoppings; nessa época do ano ela é bastante enfeitada com decoração natalina de tema diferente a cada ano e oferece diversas promoções ao longo do mês.
  • Christimas Wonderland: do final de novembro ao dia 26 de dezembro todos os anos, você pode visitar a Christmas Wonderland nos Gardesn by the Bay em Singapura, um festival com decoração natalina, barracas de comida e jogos, corais, atividades e muito mais.

 

Leia tambémGuia do estudante internacional em Singapura

 

2. Natal na Malásia

 

Com uma mistura de cultura malaia, chinesa, europeia e indiana, a Malásia é um dos países que mais comemora diferentes festivais ao longo do ano e o Natal não fica de fora. Ou seja, você vai ter muita coisa para fazer durante o seu tempo livre se escolher estudar nesse país incrível.

 

Embora o dia 25 de dezembro seja um feriado público no país, ele tem uma natureza comercial e não religiosa. Cristãos ou não, a maioria dos malaios vão ao shopping, um passatempo bem comum no país, para fazer compras nessa época e aproveitar de atividades e eventos como jogos e apresentações.

 

Assim como aqui, os shoppings têm decorações estravagantes com árvores de Natal enormes e a cada ano mudam o tema e tentam superar a edição anterior. O Pavilion Kuala Lumpur, famoso shopping da capital, inclusive, uma vez teve neve artificial ao longo de dezembro!

 

Na véspera de Natal, à meia-noite, também é comum ver shows de fogos de artifício pelo país, especialmente em Kuala Lumpur.

 

Para as pessoas que conseguem tirar alguns dias de férias nesse período, um destino bastante popular são as Cameron Highland, um distrito em Pahang onde o clima é mais frio no final do ano.

 

Estudar na Malásia: Cameron Highlands

Famosas plantações de chá na idílica região de Cameron Highlands.

 

3. Natal em Hong Kong

 

Mesmo fazendo parte da China, a influência ocidental é bem evidente em Hong Kong, inclusive nessa época do ano. Os ambientes públicos são decorados com árvores de Natal e piscas-piscas e os famosos arranha-céus de Hong Kong disputam quem tem a iluminação mais bonita.

 

De fato, Hong Kong talvez tenha uma das principais celebrações de Natal na Ásia, com feriados públicos nos dias 25 e 26 de dezembro. De novembro a fevereiro, o território autônomo realiza um festival chamado Hong Kong WinterFest, que a CNN classificou como uma das dez melhores celebrações natalinas do mundo. Nele, você encontra:

 

  • Mega promoções nos shoppings;
  • A Sinfonia de Luzes, um show audiovisual 3D high tech, com iluminação e música natalina coordenadas nos prédios da região central;
  • Apresentações musicais temáticas e muito mais.

 

O Balé de Hong Kong faz apresentações especiais do espetáculo O Quebra-Nozes nessa época do ano no Centro Cultural, com grandes cenários e figurinos e participação da Sinfonia de Hong Kong. Também é comum que a Orquestra Filarmônica faça espetáculos especiais para a data.

 

4. Natal na Coreia do Sul

 

Aproximadamente 25% da população da Coreia do Sul é cristã. Embora seja apenas um quarto de seus habitantes, o dia 25 de dezembro é um feriado público e até mesmo o restante da população (70% se declara budista ou agnóstico) acaba celebrando a data de alguma forma, embora seja bem mais modesta do que no restante do mundo.

 

Um dos costumes natalinos na Coreia é trocar cartões com dinheiro como presente. Além disso, a cultura coreana tem a sua própria versão do Papai Noel, Santa Haraboji, ou Avô Papai Noel, que se veste com um chapéu coreano tradicional e um terno azul.

 

Estudar na Coreia do Sul: as tradições natalinas coreanas

Santa Haraboji, o Papai Noel coreano. (Foto: Learn Something New Everyday)

 

Há menos decoração natalina na Coreia do que nos países listados acima, mas os estrangeiros residentes costumam enfeitar suas casas e negócios. Uma tradição que tem crescido cada vez mais é ir à igreja do dia de Natal, mesmo entre não-cristãos.

 

Uma atividade bastante comum nessa época do ano é patinação do gelo em shoppings e áreas centrais das grandes cidades.

 

5. Natal no Japão

 

Apesar de menos de 2% da população se afirmar cristã e o dia 25 de janeiro não ser feriado, a época de Natal é bem evidente no Japão, especialmente na véspera. Casas e empresas recebem decorações temáticas e muitas vezes as celebrações são emendadas ao Aniversário do Imperador no dia 23 de dezembro, uma data importante no país.

 

O Natal acabou se tornando um dia bastante romântico no Japão. Os casais planejam jantares em restaurantes especiais e passeiam pela cidade de mãos dadas para ver a iluminação – que, na verdade, passou a ser relacionada mais à estação do inverno do que ao Natal.

 

As árvores de Natal não são comuns nas casas dos japoneses, mas algumas empresas e shoppings adotam a decoração. Além disso, a tradição da visita do Papai Noel também é comum entre as crianças do país, mas ao invés de entrar pela chaminé, ele é tido como um tipo de aparição mágica que deixa presentes na casa.

 

As compras de Natal não têm um apelo grande no Japão, porque a troca de presentes não é comum na data como na cultura ocidental. Para quem é cristão e faz questão de manter as tradições religiosas, há igrejas nas grandes cidades que realizam missas no Natal.

 

6. Natal na China

 

Fora de Hong Kong e Macau, as celebrações de Natal na China tendem a ser particulares entre familiares e amigos. Ou seja, não é uma comemoração pública nacional como nos demais países. Os hotéis acostumados a receber turistas estrangeiros ganham decorações temáticas e alguns shoppings realizam promoções especiais, mas a data não é importante na China.

 

Para a maior parte do país, o dia 25 de dezembro é um dia comum de trabalho, ainda mais que o ano novo chinês é celebrado em janeiro ou fevereiro.

 

Leia também:

 

(Com informações do Asia Exchange e Trip Savvy.)

CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA

Leitura recomendada

article Img

As vantagens e desvantagens de ter amigos brasileiros no exterior

Pode ter certeza que, quando você estiver prestes a se mudar de país para estudar no exterior , alguém vai lhe dar o seguinte conselho: não conviva com brasileiros, senão você passará toda a experiência falando em português e acabará deixando o inglês de lado. Este é um bom conselho? Você deve segui-lo à risca?   Ter amigos brasileiros enquanto estudo no exterior ou não? Não há ninguém melhor para responder esta pergunta do que alguém que realmente

7.7K
article Img

5 dicas para conciliar estudos e o trabalho

Você terá uma reunião de trabalho em dois dias, mas não consegue achar tempo para se preparar porque semana que vem tem três provas na faculdade. O que fazer quando a vida profissional entra em conflito com a universitária? Manter uma rotina atarefada é desafiador e cansativo, por isso gostaríamos de ajudar listando cinco dicas para conciliar os estudos e o trabalho e para fazer as pazes entre estas duas partes da sua vida. E, quem sabe, sobra até um tempo para a

4.3K
article Img

Como me envolver na cultura do meu destino de estudo no exterior

Estudar no exterior é uma experiência gratificante e incrível ao mesmo tempo. Isso porque você vai viver em um novo país, desfrutará de novas experiências, e ainda terá a oportunidade única de conhecer pessoas e uma cultura diferentes, o que certamente acrescentará muita coisa boa em sua vida e a tornará uma pessoa com uma bagagem cultural e pessoal bastante rica.   Para que isso aconteça, é imprescindível se envolver na cultura do seu destino de

2.2K