Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

7 características de um curso online de qualidade

Fique de olho nesses 7 aspectos ao escolher o seu curso internacional online, porque são indicativos de qualidade e bom investimento.

7 características de um curso online de qualidade

Com as limitações da pandemia da Covid-19, as instituições de ensino do mundo inteiro, sejam elas universidades, faculdades ou escolas, correram contra o tempo para adaptar suas aulas para o ambiente virtual e oferecer os cursos online. A princípio, essa foi, de fato, a melhor solução. No entanto, com as fronteiras fechadas e sem previsão exata de reabrirem, os estudantes interessados em estudar no exterior se viram sem opções, por enquanto, a não ser um curso internacional online.

 

Mas como saber se o curso online é de qualidade? Como garantir que ele seja tão proveitoso quanto um curso presencial? As aulas virtuais trazem um novo leque de preocupações e aspectos que exigem a sua atenção na hora de escolher o seu curso no exterior. Se você quer estudos de qualidade, precisa ficar atento nas sete características listadas a seguir!

 

1. Acessível

 

Um bom curso online se atenta à questão de equidade em consideração às questões sociais, políticas e culturais, inclusive sendo incentivador e acolhedor com estudantes internacionais. Isso ajuda a criar uma experiência de aprendizagem justa e acessível a todos.

 

A universidade pode oferecer, por exemplo, leituras diversas e interseccionais; materiais audiovisuais que sejam realmente inclusivos; e materiais adicionais gratuitos ou a preços acessíveis para que os estudantes não tenham de gastar com livros ou outros recursos caros, considerando que já precisarão providenciar equipamentos como um laptop.

 

2. Interativo

 

O seu curso online deve oferecer muito mais do que vídeos e textos. Uma característica de um curso online de qualidade é a promoção da interação entre professores e os alunos, e também entre os próprios estudantes, seja em transmissões ao vivo, tarefas de casa, projetos em grupo e muito mais.

 

Em cursos interativos, você:

 

  • Recebe o feedback dos seus professores e instrutores;
  • Recebe orientação e apoio personalizados;
  • Participa de debates ao vivo sobre diferente questões relacionadas aos temas das aulas;
  • Colabora com os seus colegas de classe para solucionar um problema.

 

Mesmo que virtual, o curso online deve servir como um ambiente de aprendizagem social e oferecer oportunidades para a formação de uma comunidade estudantil. Ou seja, embora fisicamente longe dos professores e outros alunos, você deve ser capaz de conhecê-los, trocar conhecimentos, conviver com eles, construir uma rede de contatos e de até mesmo fazer amizades.

 

3. Desafiador

 

Um curso online de qualidade é envolvente. Ao estudar em casa, você será bombardeado por distrações e lutará contra a procrastinação. Tudo bem, é natural! Exatamente por isso o seu curso precisa instigá-lo a participar, contribuir, prender o seu interesse e a sua atenção.

 

Ele deve ser desafiador e motivá-lo a melhorar suas habilidades, aptidões e conhecimentos.

 

Mas, claro, por mais atraente e interessante que seja o curso, você também precisará de uma boa dose de automotivação e disciplina. Leia como se preparar para o aprendizado a distância!

 

4. Prático

 

Cursos online gratuitos

 

Embora online, um bom curso online deve envolver aprendizagem prática. Muito além de só ler e assistir, os alunos precisam ter oportunidades de colocar em prática o que aprenderam.

 

Por exemplo, em um curso de escrita criativa, os estudantes podem escrever contos, compartilhá-los com os colegas de classe, receber feedback do professor, revisá-los e depois reescrever ou criar novas histórias a partir de exercícios de escrita.

 

Em um curso de computação, os estudantes podem escrever códigos, testá-los e usá-los em um programa na prática. Em aulas de economia, podem examinar as relações entre diferentes variáveis, explicar o significado do que descobrirem e aplicar métodos em diferentes situações.

 

Deu para entender, né? Não se trata apenas de absorver conteúdo e conhecimentos, mas de ter oportunidades de testá-los ao longo do curso por conta própria ou em grupos virtuais, aprender com isso e receber feedback construtivo dos professores.

 

5. Eficiente

 

Um bom curso online não é genérico. Ele deve trabalhar para identificar as competências e dificuldades de cada estudante e logo no início deixar bem claro:

 

  • Quais habilidades e conhecimentos o estudante irá adquirir ao longo do curso;
  • Quais conteúdos serão explanados e atividades desenvolvidas para adquiri-los;
  • De quais maneiras os estudantes serão avaliados ao longo do curso para identificar se estão acompanhando o conteúdo adequadamente.

 

A universidade deve ser clara sobre os métodos, conteúdo, recursos, informações (inclusive sobre os preços) e objetivos do curso online desde o começo e ser eficiente em manter os estudantes no caminho certo.

 

6. Professores participativos

 

Um curso online de qualidade tem um corpo docente ativo e atencioso, que demonstra cuidado e transmite confiança aos seus estudantes.

 

O professor do curso online entende que há vida além dos estudos e que os alunos precisam lidar com diferentes compromissos pessoais e/ou profissionais, por isso, precisam ser eficientes e envolventes em suas aulas.

 

Os instrutores de um bom curso online são acessíveis, participativos e responsivos, trabalhando com os alunos para resolver suas preocupações, problemas e dúvidas à medida que vão surgindo.

 

Por isso, quase sempre há um meio de comunicação além das aulas, como um chat, um email, um grupo em aplicativo ou uma página de perguntas e respostas para que o contato aconteça regularmente.

 

7. Flexível

 

Um curso online de qualidade dá aos alunos autonomia suficiente para permitir oportunidades de aprendizagem relevante e significativa. Esse modelo redistribui o poder - na medida do possível - na sala de aula e isso pode significar muitas formas diferentes no ambiente online.

 

Isso pode significar ter a liberdade de fazer escolhas relevantes para as suas aspirações profissionais. Em um curso de contabilidade, por exemplo, os alunos podem analisar as demonstrações financeiras de uma empresa na qual estão interessados, em vez de uma selecionada pelo instrutor.

 

Essa flexibilidade não apenas considera as origens e os interesses de cada aluno, como também oferece espaço para que montem os seus próprios cursos. Em alguns casos, pode até significar você ser cocriador do curso com seu instrutor, de acordo com os seus objetivos e preferências.

 

Este é o tipo de flexibilidade de que os sistemas de ensino superior precisam!

 

Encontre o seu curso online

 

Agora que você já sabe quais características deve ter um curso online de qualidade, use a nossa ferramenta gratuita Selecionador de Cursos para encontrar a sua universidade internacional de acordo com a suas preferências e objetivos. É super fácil de usar!

 

Leia também:

 

Com informações do site The Conversation.

CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA

Leitura recomendada

Por que estudar Direito?

Por que Direito? Esta é uma pergunta que todo aspirante a estudante da área terá de responder muitas e muitas vezes, seja no processo seletivo universitário, no processo seletivo para bolsas de estudo, em inscrições para vagas de trabalho, durante entrevistas... A lista continua! A questão pode tomar diferentes formas: por que você quer ser um advogado? Por que você a carreira em Direito é a opção certa para você? Mas, basicamente, a pergunta é a mesma.  

25.4K

Os diferentes tipos de MBA

Ser um profissional qualificado, atualmente, significa ter não só uma graduação como também uma pós-graduação. Independente do tipo de continuação que você pretende dar aos estudos acadêmicos, não estagnar no bacharelado já não é mais opção, é essencial. A maioria dos profissionais inseridos no mundo do business, em qualquer área ou setor, tende a optar por um MBA. Mas a princípio é importante saber: qual é a diferença entre pós-graduação e MBA?   MBA

13.9K

O que são e por que fazer os cursos preparatórios no exterior?

Foundation, accesss, pathway, bridge courses ... Os  cursos preparatórios podem mudar de nome e ter algumas variações, mas sempre representam a mesma coisa: à sua introdução ao ensino superior no exterior. Isto significa que você os cursa após a conclusão do ensino médio com a intenção de se preparar para uma graduação.   Trata-se de uma qualificação vocacional ou acadêmica, dependendo do país e do objetivo do programa, oferecida em diferentes

9K

10 melhores graduações de Moda do mundo

Interessado em estudar Moda no exterior ? O Business of Fashion (BoF), considerada a bíblia da área educacional, listou as dez melhores escolas de moda no mundo para cursos de graduação. A avaliação das instituições teve como base os seguintes fatores:   Influência global: reputação, seleção de alunos e premiações; Experiência estudantil: corpo discente, recursos e ensino; Investimento a longo prazo: serviço de carreira, empregabilidade

6.8K