Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

As 10 melhores Escolas de Direito do mundo

As 10 escolas mais renomadas, concorridas, exigentes e mundialmente famosas para quem quer se formar na área de Direito

As 10 melhores Escolas de Direito do mundo

O Dia do Advogado é comemorado no Brasil no dia 11 de agosto graças à fundação das primeiras universidades brasileiras de Direito por Dom Pedro I em 1827, a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo, e a Faculdade de Direito de Olinda, Pernambuco. A data é celebrada todos os anos por estudantes de Direito, que vão a restaurantes e bares e costumam sair sem pagar a conta, o que também deixou a data conhecida como Dia da Pendura.

 

Para quem está considerando um curso de Direito no exterior, há algumas coisas a serem levadas em conta. Por exemplo, nos Estados Unidos, o Direito é apenas uma área de pós-graduação; por isso, para cursá-la, você precisa necessariamente de um diploma de bacharelado. Não há exigência quanto à área da sua graduação, no entanto, como nos EUA o estudante tem bastante liberdade para montar sua grade curricular, você precisa cursar as matérias chamadas de pre-law, ou pré-direito, que o prepararão para a admissão em uma Escola de Direito americana. Além disso, será necessário prestar a prova de admissão Law School Admission Test – LSAT (Teste de Admissão em Escola de Direito).

 

Outro fator a ser considerado é o custo benefício. Um curso de Direito não costuma ser barato nem no Brasil. Uma universidade considerada de alta qualidade quase sempre também é aquela que tem os estudantes com a maior média salarial inicial – ou seja, aqueles que adentram o mercado de trabalho com um salário acima da média. O salário inicial de advogados em países como Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos é de, respectivamente, U$S 56.121, US$ 30.675; US$ 32.800-52.481 e US$ 68.375, segundo o site Crimson Education (sem considerar a moeda local e o custo de vida de cada país).

 

Por isso, a sua pesquisa será fundamental na hora de encontrar o melhor curso no exterior. A fim de ajudá-lo a dar os primeiros passos na sua busca, nós listamos a seguir as melhores escolas de direito de alguns dos principais destinos de estudo do mundo. Esperamos que ajude!

 

As 10 melhores escolas de direito do mundo

 

Antes de mais nada, é importante lembrar que essa lista muda ano a ano, apesar de manter-se razoavelmente similar. As instituições mais mundialmente renomadas pela área de Direito são quase sempre as mesmas, podendo alterar as posições nos rankings, mas permanecendo no top 20.

 

A lista a seguir traz informações do ranking da Crinsom Education e do Top Universities.

 

1. Harvard University – Estados Unidos

 

A Escola de Direito da Harvard é de longe a mais famosa e renomada do mundo, e também uma das maiores, oferecendo todo tipo de especialização, recurso e atividade extracurricular. Apenas 16,5% das pessoas que se inscrevem são admitidas no corpo estudantil de aproximadamente 900 integrantes e a Universidade aceita uma nota do exame LSAT ou do GRE, teste geral para admissão em pós-graduações nos EUA. Apesar de ser uma universidade muito cara, a Harvard é a garantia da melhor educação acadêmica possível que uma pessoa pode receber para se tornar um advogado.

 

Você pode tentar concorrer a uma bolsa de estudo com base em necessidade financeira oferecida pela Harvard Law School.

 

Proporção de alunos para cada professor: 12,4

Média de custo*: US$ 277.000 por três anos de estudos.

 

2. University of Oxford – Reino Unido

 

University of Oxford

 

Os cursos de Direito da Oxford são os únicos do mundo lecionados por meio de uma combinação de seminários, aulas e tutoriais, possibilitando assim um contato bem mais próximo entre alunos e professores. A Escola oferece dois programas principais na área: o Bacharelado de Direito Civil, para alunos com estudos prévios em Direito; e o Magister Juris, direcionados aos estudantes que não possuem histórico em Direito. Isso é especialmente interessante, porque você pode conseguir uma vaga na Universidade, independente da sua área de estudo.

 

Média de alunos admitidos por ano: 90

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 41.417

 

3. University of Cambridge – Reino Unido

 

Os cursos de Direito da famosa Universidade de Cambridge foram criados para aprofundar os conhecimentos dos estudantes, ou seja, você precisa já ser da área de Direito e estar interessado em se tornar um advogado ou simplesmente aprender mais. O Mestrado de Direito (LLM) é formado por quatro disciplinas que o próprio estudante pode escolher dentro de qualquer campo legal. Inclusive, a Cambridge e a Harvard têm um curso conjunto de LLM/JD de três anos e meio que permite ao estudante atuar tanto no Reino Unido quanto nos EUA.

 

Média de alunos no curso: 154

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 40.657

 

4. Yale University – Estados Unidos

 

A Yale está localizada em uma comunidade bem menor, comparada às universidades já citadas, apesar de ter um número bem maior de estudantes. A maioria dos formandos de Direito da instituição, localizada em Connecticut, tende a permanecer no meio acadêmico ao invés de praticar a profissão em uma empresa de Direito. Mesmo assim, quem consegue um diploma dessa Universidade com certeza garantirá um ótimo emprego no setor.

 

Média de alunos para cada professor: 8,46

Média de alunos na Escola: 650

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 246.806 por três anos de estudos

 

5. Stanford University – Estados Unidos

 

O que destaca a Universidade de Stanford das demais é a ênfase que ela dá à contribuição ao invés do estudo independente. Assim, ela substitui a competição feroz entre os estudantes e a pressão acadêmica pelo trabalho em equipe e o estímulo intelectual. Além disso, a instituição dá bastante liberdade ao aluno para montar cursos duplos a fim de se formar com duas especializações ou então montar a sua própria grade curricular. Sem contar a sua localização a Califórnia, que, com certeza, é um ponto positivo para quem gosta de calor!

 

Proporção de alunos para cada professor: 7,3

Média de alunos na Escola: 572

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 277.866 por três anos de estudos

 

6. New York University – Estados Unidos

 

A Escola de Direito da Universidade de Nova York tem uma variedade de especializações, mas o seu forte são as áreas de Direito Internacional e Interesse Público. Se você tiver interesses diferentes dentro da área, pode optar por um curso duplo e se formar com um diploma conjunto da NYU e de outras universidades parceiras como Princeton e Yale. Além disso, a NYU oferece programas de estudos no exterior em instituições localizadas em 15 países diferentes.

 

Proporção de alunos para cada professor: 9,1

Média de alunos na Escola: 1.369

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 278.718 por três anos de estudos

 

7. University of California, Berkeley – Estados Unidos

 

University of California Berkeley

 

Na Berkeley, um dos campi da Universidade da Califórnia, você pode estudar áreas como Propriedade Intelectual, Direito Ambiental e Direito Internacional em uma localização ensolarada nos Estados Unidos. E se você não encontrar a especialização do seu interesse, a UC Berkeley permite que você faça o terceiro ano de estudos na Harvard University. O porém é que apenas 22% dos estudantes que se inscrevem na Universidade são selecionados.

 

Proporção de alunos para cada professor: 13,8

Média de alunos na Escola: 916

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 249.937 por três anos de estudos

 

8. Columbia University – Estados Unidos

 

Como na grande maioria das melhores escolas de direito do mundo, estudar na Columbia é uma experiência estressante e extremamente exigente. Para se ter uma ideia, o estudante já pode ser reprovado no primeiro mês. O curso de Métodos Jurídicos, um preparatório de três semanas, ajuda os estudantes a fazer a transição ao Direito e os ensina sobre os estudos da área e os métodos de aprendizado na Columbia, além de apresentá-los aos professores, colegas de classe e à cidade de Nova York, onde a Universidade está localizada. Ao término destas três semanas de curso preparatório, os estudantes podem passar para um curso integral de Direito ou serem reprovados.

 

Proporção de alunos para cada professor: 7,6

Média de alunos na Escola: 1.267

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 274.620 por três anos de estudos

 

9. University of Chicago – Estados Unidos

 

A Universidade de Chicago, conhecida também como UChicago, admite apenas 15% dos candidatos inscritos na sua Escola de Direito. Ela é especializadas em cursos que combinam áreas de Economia e Direito – de fato, o único professor de Direito do mundo que já venceu o Prêmio Nobel lecionava Direito e Economia na Universidade. As provas na UChicago (conhecidas como finals) acontecem a cada trimestre ao invés de a cada semestre, como costumam ser nas universidades americanas. Além disso, a instituição tem uma publicação, o Supreme Court Review, que é o jornal jurídico mais citado do mundo.

 

Proporção de alunos para cada professor: 7,5

Média de alunos na Escola: Mais de 600

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 276.021 por três anos de estudos

 

10. University of Melbourne - Austrália

 

University of Melbourne

 

Interessado em um curso no Hemisfério Sul? Que tal a Escola de Direito da Universidade de Melbourne, na Austrália? Os seus cursos têm ênfase internacional, com foco na globalização, e todas as salas de aula têm um limite de aproximadamente 60 estudantes por classe, para que possam receber uma atenção mais personalizada dos professores. A Melbourne também oferece cursos conjuntos com a Oxford, proporcionando aos estudantes a oportunidade de fazer dois anos de estudos na Austrália e o último no Reino Unido. Mas se você preferir permanecer em Melbourne por toda a duração do seu curso, saiba que a cidade é constantemente eleita como a melhor do mundo para se viver.

 

Média de alunos na Escola: 1.200

Média de custo para estudantes internacionais: US$ 91.182 por três anos de estudos

 

*Todas as médias de custos incluem o valor do curso, acomodação, alimentação e despesas pessoais.

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Pós-graduação
SOBRE O AUTOR

As 10 melhores Escolas de Direito do mundo

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

Por que estudar Direito?

Por que Direito? Esta é uma pergunta que todo aspirante a estudante da área terá de responder muitas e muitas vezes, seja no processo seletivo universitário, no processo seletivo para bolsas de estudo, em inscrições para vagas de trabalho, durante entrevistas... A lista continua! A questão pode tomar diferentes formas: por que você quer ser um advogado? Por que você a carreira em Direito é a opção certa para você? Mas, basicamente, a pergunta é a mesma.  

23579

Os diferentes tipos de MBA

Ser um profissional qualificado, atualmente, significa ter não só uma graduação como também uma pós-graduação. Independente do tipo de continuação que você pretende dar aos estudos acadêmicos, não estagnar no bacharelado já não é mais opção, é essencial. A maioria dos profissionais inseridos no mundo do business, em qualquer área ou setor, tende a optar por um MBA. Mas a princípio é importante saber: qual é a diferença entre pós-graduação e MBA?   MBA

9622

10 melhores graduações de Moda do mundo

Interessado em estudar Moda no exterior ? O Business of Fashion (BoF), considerada a bíblia da área educacional, listou as dez melhores escolas de moda no mundo para cursos de graduação. A avaliação das instituições teve como base os seguintes fatores:   Influência global: reputação, seleção de alunos e premiações; Experiência estudantil: corpo discente, recursos e ensino; Investimento a longo prazo: serviço de carreira, empregabilidade

3458