Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

Por que estudar Cinema & Televisão no exterior?

Da direção à pós-produção: conheça a bela e extraordinária área acadêmica de Cinema & Televisão, exemplos de cursos no exterior e caminhos profissionais

Por que estudar Cinema
439

Por mais de 100 anos, o cinema ainda é uma envolvente forma de arte, apesar de já ter passado por inúmeras metamorfoses tanto de conteúdo quanto de estilo ao longo de sua incrível história. Os filmes e produções televisivas moldam nossas ideias de tendências, culturas, identidades étnicas, do futuro e do passado.

 

Cinema e Televisão, no Brasil ou em qualquer lugar no mundo, é uma área que necessita de uma gama de trabalhos extremamente criativos e uma equipe de profissionais de diferentes especializações. Por natureza, as pessoas que se envolvem com este ramo profissional são contadores de histórias, apaixonados por narrativas, personagens, artes, culturas...

 

Visão geral da área

 

A área de Cinema & Televisão envolve:

 

  • O conhecimento do processo criativo desde o conceito ou ideia e o roteiro até o produto final para exibição;
  • Conhecimento do ambiente de trabalho durante o processo de filmagem: recursos, colaborações, a função de cada profissional da equipe, responsabilidades, etc.;
  • Elementos de mise-em-scène*;
  • Conceito clássico de storytelling audiovisual;
  • Escolhas estéticas;
  • Capacidades técnicas e tecnológicas;
  • Análise e escolha de recursos necessários para cada parte do processo;
  • Habilidade de planejar projetos de acordo com os recursos técnicos e financeiros disponíveis.

 

E as áreas profissionais:

 

  • Roteiro;
  • Pré-produção;
  • Pesquisa;
  • Direção;
  • Câmera;
  • Edição de som;
  • Mixagem de som;
  • Cenografia;
  • Figurino;
  • Produção executiva;
  • Efeitos visuais;
  • Maquiagem;
  • Casting (responsável pela seleção de elenco e distribuição de papéis);
  • Edição;
  • Fotografia;
  • Continuidade;
  • Montagem e Finalização.

 

Estas são as mais importantes e amplamente conhecidas; no entanto, para que uma produção cinematográfica ou televisiva saia do papel, é necessária uma equipe de centenas a milhares de profissionais de todas as áreas, desde eletricistas e cabeleireiros a laboratoristas e músicos.

 

O diretor não só é a pessoa que conta a história, mas também entende porque ela deve ser contata e determina como ela será apresentada. É dele a função de controlar os aspectos artísticos e dramáticos do trabalho e de orientar toda a equipe do projeto.

 

Estrutura típica de um curso de Cinema & Televisão

 

Apesar de ter uma grade de disciplinas teóricas, por ser uma área que exige muita técnica independente da função, os cursos acadêmicos de Cinema & Televisão costumam focar bastante na prática, com aulas em estúdios, suítes, laboratórios, entre outros ambientes típicos do ramo. Por isso, é muito importante verificar sobre a grade curricular oferecida pela universidade, assim como todas as instalações e equipamentos que são usados pelos estudantes de Cinema & Televisão durante o curso. Ter experiência prática faz toda a diferença.

 

Outro fator que deve ser considerado é se a instituição oferece um módulo obrigatório de estágio ou emprego remunerado no setor, para que os estudantes possam trabalhar em companhias ou estúdios reais, o que, além da experiência, também proporciona uma rede de contatos dentro da área.

 

A grade curricular típica de uma graduação de Cinema & Televisão geralmente inclui matérias como produção televisiva, produção cinematográfica, direito e ética de mídias, documentário, estética para cinema e televisão, conteúdo multimídia, fotografia, história do cinema e da televisão, imagem sonora, introdução à animação, estudos de performances, estratégias de narração de histórias, roteiro, entre várias outras. A oferta de disciplina varia imensamente de universidade para universidade e pode também seguir um caminho mais especializado, como produção, roteiro ou direção.

 

A Slippery Rock University of Pennsylvania, nos Estados Unidos, por exemplo, tem um bacharelado focado em Produção de Mídia Digital, que ajuda os estudantes a desenvolver habilidades teóricas, técnicas e criativas para trabalhar com diferentes tipos de mídia – vídeo, áudio, mídias sociais, TV, web, entre outras. No entanto, a ênfase do curso é a internet e como criar, organizar e apresentar informações online que incentivem a interação.

 

A internet e as redes sociais com certeza mudaram a área e tornaram necessária a implementação das grades curriculares para atender a um novo nicho crescente do mercado, como, por exemplo, web produções e canais no YouTube.

 

Exemplos de cursos de Cinema & Televisão no exterior

 

A Brooklyn College, parte do sistema de instituições da City University of Ney York, nos Estados Unidos, tem cinco opções de bacharelados de arte com especializações diferentes: Produção de Documentário, Roteiro, Produção Cinematográfica, Estudos do Cinema e Estudos da Indústria.

 

O Departamento de Cinema da Brooklyn é um dos melhores de Nova York; o seu corpo docente é formado por diretores, roteiristas, produtores, editores, cineastas e cinegrafistas experientes. Sem contar que, sem dúvidas, estudar cinema em Nova York já é uma vantagem enorme graças aos inúmeros estúdios e empresas do ramo localizadas na cidade.

 

A University of Westminster, no Reino Unido, oferece um Bacharelado de Artes (com Honras) em Produção Televisiva, um curso bastante prático de três anos de duração. A sua grade curricular inclui disciplinas de publicidade e cultura promocional, estudos de audiências, cultura de celebridades, questões contemporâneas sobre criatividade política de mídia, indústrias culturais e mercados da mídia, a mídia pelo mundo, multiculturalismo e a mídia, direito e a mídia, censura, entre outras.

 

O foco é em como os programas de televisão são concebidos, produzidos, autorizados e distribuídos em um broadcast digital e um ambiente de múltiplas plataformas.

 

A Massey University, na Nova Zelândia, tem um Bacharelado de Produção de Mídia Criativa que engloba projetos práticos de produção de vídeo e televisão, design de som, pós-produção, desenvolvimento de mídia interativa, design de aplicativos e games, animação, captura de movimento e efeitos visuais (em inglês, conhecidos pela siga VFX).

 

Com três anos de duração, o curso da Massey University tem uma ênfase mais tecnológica, acompanhando as mudanças atuais da área e proporcionando o conhecimento em uma variedade de mídias e também intermidiáticos.

 

Caminhos profissionais de Cinema & Televisão

 

Com um diploma em Cinema & Televisão, o profissional pode se especializar e trabalhar em diferentes funções dentre os ramos mencionados acima, em “Visão geral da área”.

 

Você pode se tornar:

 

  • Ator;
  • Cinegrafista;
  • Operador de câmera
  • Diretor;
  • Produtor;
  • Roteirista;
  • Maquiador;
  • Fotógrafo;
  • Figurinista;
  • Cenógrafo;
  • Continuista;
  • Diretor de casting;
  • Produtor executivo;
  • Diretor de fotografia;
  • Produtor interativo;
  • Desenvolvedor web;
  • Artista de storyboard;
  • Diretor de arte;
  • Animador;
  • Técnico de efeitos visuais;
  • Técnico de som;
  • Montador;
  • Crítico de cinema;
  • Professor.

 

Entre tantas outras carreiras possíveis.

 

*O que significa mise-en-scène: expressão francesa ligada à encenação ou posicionamento de uma cena, ou à direção ou produção de um filme/peça de teatro.

 

Leia mais:

Por que estudar Comunicação Visual no exterior?

Por que estudar Artes Visuais no exterior?

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Por que estudar Cinema

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Dê uma olhada...