Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

O que é associate degree?

Associate degrees: graduações tecnológicas de dois anos de duração famosas entre estudantes internacionais nos Estados Unidos

O que é associate degree?
42559

Nos Estados Unidos, um diploma chamado associate degree é equivalente aos dois primeiros anos dos quatro de um curso comum de graduação. Chega quase a ser equivalente a um curso preparatório (foundation education). É a base da hierarquia dos cursos acadêmicos oferecidos nos Estados Unidos (e também na Austrália).

 

São as Community Colleges, ou faculdades comunitárias, que costumam oferecer esse tipo de estudos. Tratam-se de instituições com cursos de ensino superior de dois anos de duração. Por isso, os associate degrees são conhecidos como de “transferência” por terem na grade curricular a educação obrigatória (ou core em inglês) dos dois primeiros anos das graduações tradicionais de quatro anos de duração de universidades norte-americanas.

 

Um associate, além de mais curto, costuma ser também mais barato do que entrar diretamente em um bachelor - bacharelado. Assim, o estudante consegue começar o ensino superior, conquistar um diploma, se preparar para um bacharelado e, na maioria dos casos, passar de um associate diretamente para o terceiro ano de uma graduação em uma universidade.

 

Por ser a base acadêmica do estudante, ele não costuma afunilar muito o conhecimento. Por exemplo, o estudante pode concluir um Associate of Arts, com a base fundamental para um Bachelor of Arts, e depois escolher a sua major em uma universidade e, aí sim, aprofundar os seus conhecimentos e experiências em uma área de estudo específica.

 

Principais tipos de diplomas acadêmicos oferecidos pelas community colleges americanas:

 

  • Associate Degrees - de Artes (AA), Ciências (AS), Belas Artes (AAF), Engenharia (AE), entre outros;
  • Diplomas­ – Diferentes dos degrees, estes não costumam valer créditos acadêmicos;
  • Certificates – Certificados.

 

Tipos de associate degree

 

Normalmente, os cursos que outorgam o diploma de associate degree são divididos em duas categorias: não vocacionais (classificados apenas como Artes e Ciências e Programas Gerais) e os vocacionais (Ciências Aplicadas), que treinam os estudantes para serem tecnólogos em áreas mais requisitadas.  

 

Algumas das áreas técnicas mais comum nos cursos de associate degree:

 

  • Business e comércio
  • Processamento de dados
  • Serviços da saúde e paramédicos
  • Mecânica e engenharia
  • Ciências naturais
  • Serviço público

 

No geral, as associates voltados para a preparação para os estudos acadêmicos/técnicos são divididos em três tipos: Associate in Arts (AA), Associate in Science (AS) e Associate in Applied Science.

 

Associate in Arts (AA)

 

Um diploma Associate em Artes, conhecido apenas pela sigla AA, geralmente é mais abrangente e, consequentemente, menos específico dos três tipos. Durante o curso, os estudantes podem escolher uma série de disciplinas bem amplas, que incluem introduções a áreas como história, arte, literatura, música, negócios, escrita criativa, comunicação, psicologia, etc.

 

A maior vantagem de um associate de artes é que ele não limita o estudante a um caminho acadêmico fixo quando for se transferir a uma graduação, o que significa que o AA pode ser a base para diversos bacharelados e também para uma série de carreiras, se o estudante resolver ir direto para o mercado de trabalho.

 

Associate in Sciences (AS)

 

O diploma de Associate em Ciências, conhecido pela sigla AS, também é bastante abrangente, no entanto, ainda assim é um pouco mais específico do que o Associate em Artes. Estes cursos costumam ser ideais para os estudantes que tiverem interesse em aprofundar os estudos acadêmicos em uma graduação voltada para áreas das ciências, como Enfermagem, Fisioterapia e Engenharia.

 

Associate in Applied Sciences (AAS)

 

Já o diploma de Associate em Ciências Aplicadas, conhecido pela sigla AAS, é um caminho de educação acadêmica altamente específico, geralmente técnico, com foco em apenas um campo profissional. É recomendado para estudantes que já têm certeza da área na qual querem exercer uma função e também para quem quer acabar o associate e adentrar o mercado de trabalho imediatamente – ao invés de se transferir para uma universidade e concluir uma graduação, apesar de isso também ser possível com um AAS.

 

Os Associates in Applied Sciences são mais encontrados nas áreas de Contabilidade, Web Design, Enfermagem, Estudos Paralegais, Assistente de Ensino, Cuidado Respiratório, Empreendedorismo, Serviços Humanos, Atendimento ao Cliente, entre outros.

 

Principais diferenças entre o associate e o bacharelado

 

Duração: A diferença mais básica é o tempo que cada curso leva para ser concluído. Um estudante integral consegue um associate degree em dois anos, enquanto um bacharelado tradicional leva três anos.

 

Taxas de ensino: Devido à duração mais curta, o valor de um associate é bem menor do que de um bacharelado; além disso, as community colleges, por natureza, já possuem preços mais acessíveis.

 

Grade curricular: Como comentamos acima, há duas abordagens nos associates: acadêmica ou técnica e vocacional. Uma prepara o estudante para uma graduação e outra, para uma carreira. Com a primeira, o estudante costuma conseguir uma transferência para um bacharelado em uma universidade, portanto, não costuma escolher uma major durante o associate, cursando uma grade curricular mais genérica. Na graduação nos Estados Unidos, o estudante universitário cursa uma grade curricular obrigatória, chamada de core, com disciplinas consideradas essenciais a uma educação acadêmica; a partir do terceiro ano, o estudante escolhe sua área de estudo e começa a ter matérias mais específicas relacionadas a ela.

 

Principais motivos para estudar um Associate Degree

 

Existem alguns motivos que levam os estudantes a optar por um associate degree:

 

1. A conclusão do curso de   associate acontece em apenas dois anos, diferente das graduações, que duram no mínimo quatro anos.

 

2. Os cursos oferecidos pelas community ou junior colleges são mais baratos que os oferecidos pelas universities colleges. Um semestre de associates chegam a custar apenas metade, às vezes um terço do valor do mesmo período em uma graduação tradicional. Quando resolver completar uma graduação de quatro anos, o estudante poderá eliminar até 60 créditos acadêmicos de seu currículo acadêmico por já ter um diploma associate, isso significa que, em quase todos os casos, ele já entra na graduação no segundo ou terceiro ano, dependendo da grade curricular do seu associate.

 

3. A conclusão de um desses cursos pode ajudar os estudantes que ainda precisam atingir as médias de notas exigidas por universidades para serem aceitos no processo de seleção de cursos de quatro anos. Pesar da educação de muita qualidade, a admissão em faculdades comunitárias são menos concorridas e os requisitos, mais brandos. Este fator é especificamente atraente para estudantes internacionais que, de maneira geral, precisam ter proficiência adequada na língua inglesa e se acostumar com o sistema de ensino superior dos Estados Unidos antes de dar início a uma graduação tradicional.

 

4. A maioria das cidades americanas possui escolas profissionais (as chamadas career schools) e faculdades comunitárias, ou seja, a oferta é grande e variada. Para os norte-americanos nativos, isto significa que é mais fácil de encontrar uma opção perto de onde eles moram, economizando dois anos de educação acadêmica sem sair de casa, como normalmente acontece quando os alunos se formam no ensino médio e passam em uma universidade. Para os estudantes internacionais, isto significa ter diversas opções de localização entre as quais escolher, podendo, assim, fugir de cidades grandes que costumam ter um custo de vida muito mais caro.

 

5. Se a intenção do estudante for ter algum tipo de treinamento técnico e profissionalizante a fim de conquistar uma vaga no mercado de trabalho, um associate adequado é capaz de proporcionar as habilidades, experiências e conhecimentos necessários para adentrar o mercado de trabalho com a conclusão do curso.

 

6. Como alguns desses cursos foram projetados para atender a todos os estudantes – inclusive aqueles que já possuem família ou uma rotina de trabalho –, os associates costumam ser flexíveis, com opções presenciais ou online, diurnas ou noturnas, aos finais de semana, etc. A intenção é caber na vida de todos e não vice-versa.

 

Instituições com associate degrees nos Estados Unidos

 

Conheça alguns exemplos de faculdades comunitárias e universidades com opções de associate degrees:

 

 

6 carreiras lucrativas que você pode conseguir com um Associate Degree

 

Antes de mais nada, é necessário dizer que nem sempre um associate degree é suficiente para conquistar uma vaga profissional. Em diferentes campos, um bacharelado é obrigatório como parte do processo seletivo e, nestes casos, os candidatos que tiverem concluído uma graduação serão priorizados.

 

Mesmo assim, há carreiras lucrativas que podem ser construídas a partir da conclusão de um associate degree, como as seguintes, litadas pelo GetEducated. Segundo o site, 4% de todos os empregos nos Estados Unidos exigem apenas um associate e os estados de Massachusetts, Vermont, Dakota do Sul e Virginia Ocidental têm o maior número de vagas, enquanto Massachusetts e Rhode Island apresentam a maior média salarial.

 

1. Controle de tráfego aéreo: US$ 122.410 anuais;

2. Terapeuta de radiação: US$ 80.160 anuais;

3. Técnico nuclear: US$ 79.140 anuais;

4. Tecnólogo em radiologia: US$ 58.960 anuais;

5. Programador: US$ 79.840 anuais;

6. Tecnólogo em medicina nuclear: US$ 74.350 anuais;

7. Higienista dental: US$ 72.910 anuais;

8. Enfermeiro registrado: US$ 68.450 anuais;

9. Desenvolvedor Web: US$ 66.130 anuais;

10. Sonografista médico: US$ 64.280 anuais.

 

Leia também:

Vantagens de cursar um associate degree nos Estados Unidos

Cursos preparatórios para graduações na Inglaterra

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

O que é associate degree?

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

Por que estudar Direito?

Por que Direito? Esta é uma pergunta que todo aspirante a estudante da área terá de responder muitas e muitas vezes, seja no processo seletivo universitário, no processo seletivo para bolsas de estudo, em inscrições para vagas de trabalho, durante entrevistas... A lista continua! A questão pode tomar diferentes formas: por que você quer ser um advogado? Por que você a carreira em Direito é a opção certa para você? Mas, basicamente, a pergunta é a mesma.  

23685

Os diferentes tipos de MBA

Ser um profissional qualificado, atualmente, significa ter não só uma graduação como também uma pós-graduação. Independente do tipo de continuação que você pretende dar aos estudos acadêmicos, não estagnar no bacharelado já não é mais opção, é essencial. A maioria dos profissionais inseridos no mundo do business, em qualquer área ou setor, tende a optar por um MBA. Mas a princípio é importante saber: qual é a diferença entre pós-graduação e MBA?   MBA

9935

10 melhores graduações de Moda do mundo

Interessado em estudar Moda no exterior ? O Business of Fashion (BoF), considerada a bíblia da área educacional, listou as dez melhores escolas de moda no mundo para cursos de graduação. A avaliação das instituições teve como base os seguintes fatores:   Influência global: reputação, seleção de alunos e premiações; Experiência estudantil: corpo discente, recursos e ensino; Investimento a longo prazo: serviço de carreira, empregabilidade

3789