Essenciais
ESTUDE NO EXTERIOR : informações de assunto - Leitura recomendada

O que são e por que fazer os cursos preparatórios no exterior?

Com diferentes nomes e variações – foundation, access, pathways –, os cursos preparatórios para graduações podem ser o seu primeiro passo para sua graduação no exterior.

O que são e por que fazer os cursos preparatórios no exterior?
6701

Foundation, accesss, pathway, bridge courses... Os cursos preparatórios podem mudar de nome e ter algumas variações, mas sempre representam a mesma coisa: à sua introdução ao ensino superior no exterior. Isto significa que você os cursa após a conclusão do ensino médio com a intenção de se preparar para uma graduação.

 

Trata-se de uma qualificação vocacional ou acadêmica, dependendo do país e do objetivo do programa, oferecida em diferentes áreas, para que os estudantes comecem a se inserir na área acadêmica que quer estudar no bacharelado e também disciplinas de base, essenciais para uma carreira acadêmica bem-sucedida.

 

A seguir, esmiuçamos o assunto para que você aprenda o que são os cursos preparatórios, o formato que eles podem ter, por quais motivos cursá-los e onde você encontra opções deste programa de estudos no exterior.

 

O que é o curso preparatório?

 

O curso preparatório é um programa de estudos criado para preencher a lacuna existente entre a sua qualificação educacional e nível de conhecimento atuais e o nível necessário para cursar um diploma de graduação ou de mestrado em uma universidade internacional. Conhecidos como foundation degrees, preparation courses ou pathway programs, estes estudos complementam os seus conhecimentos e aptidões que possam ainda estar desfalcadas após concluir o ensino médio.

 

Estes preparatórios também ajudam os estudantes internacionais vindos de diferentes sistemas de ensino do mundo a se familiarizarem e conseguirem as qualificações necessárias para o sistema acadêmico do país no qual pretendem fazer sua graduação, tornando-se assim elegível à admissão.

 

Outras características do programa preparatório no exterior:

 

  • Os cursos preparatórios são direcionados tanto para estudantes nativos quanto para internacionais de todas as partes do mundo, independente da sua origem.
  • As opções de cursos específicas para estudantes estrangeiros normalmente incluem também com aulas de inglês para melhorar a fluência necessária tanto no idioma do uso cotidiano quanto no inglês acadêmico, para o uso em ambiente universitário, em tarefas, projetos, participação em salas de aula, leituras, redações, interpretação de textos, etc.
  • Os cursos preparatórios podem ser genéricos com intenção de preparar os estudantes para campos de estudos mais amplos, por exemplo, negócios, humanas, ciências ou artes; ou então ter uma grade curricular mais adaptada a fim de preparar o estudante para uma área de estudo específica, por exemplo, tecnologia da informação, engenharia civil, artes midiáticas, jornalismo etc.
  • Estes programas de preparatórios têm normalmente um ano de duração, podendo ser dividido em três semestres ou fases, cada uma delas com um número específico de módulos que deve ser cursado.
  • No Reino Unido, Estados Unidos e Canadá, todos localizados no Hemisfério Norte, os cursos têm início setembro e, como levam um ano para serem terminados, os estudantes se formam no preparatório a tempo de dar início à graduação no ano letivo seguinte.
  • Há também opções de programas preparatórios intensivos de seis meses para os estudantes interessados em concluir os estudos com mais rapidez; estes costumam ter início em janeiro e acabar em agosto, apesar de, intensivos ou não, muitos cursos terem datas de início flexíveis.

 

A conclusão do curso

 

O curso preparatório não costuma ser concluído com a concessão de um diploma acadêmico, mas o certificado de conclusão implica um nível satisfatório de conhecimento e preparação para a admissão no ensino superior, seja em uma graduação ou em uma pós-graduação – dependendo do nível do programa cursado – no país onde você estudou.

 

Por que fazer um curso preparatório no exterior?

 

Possuir um curso preparatório pode ser um ponto extremamente positivo no seu processo seletivo no exterior. Isto demonstra o seu interesse pela área de estudo e o seu conhecimento do sistema educacional do país. Algumas universidade oferecem programas de acesso a graduações para os estudantes que completarem foundation courses na própria instituição ou em faculdades parceiras. Outras, inclusive, incluem cursos preparatórios como uma das exigências do processo seletivo.

 

Os preparatórios proporcionam uma base de conhecimento em disciplinas importantes para determinadas áreas de estudo; desta forma, se você deve escolher o curso que lhe preparará para a graduação que você pretende cursar.

 

6 vantagens de fazer um curso preparatório no exterior:

 

curso preparatório no exterior

 

1. Melhorar suas chances de admissão: os requisitos para a admissão em cursos preparatórios são bem menos competitivos e rígidos do que os necessários para entrar direito em uma graduação ou mestrado no exterior. Depois, ao terminar o seu preparatório, você terá todas as qualificações certas para ser selecionado em uma graduação.

 

2. Admissão direta em uma graduação: em alguns casos, principalmente quando o curso preparatório e a graduação são oferecidos pela mesma universidade, você tem a admissão garantida e automática no bacharelado ao concluir o preparatório de maneira bem-sucedida. Além disso, com o curso você adquire todo o conhecimento necessário, não só acadêmico mas também sobre o funcionamento da instituição, para se sentir mais confiante ao começar a graduação.

 

3. Melhorar a sua proficiência na língua inglesa: os cursos preparatórios costumam ter módulos para ajudar os estudantes estrangeiros a melhorar a fluência no inglês antes de assumir a grande responsabilidade de fazer um bacharelado ou mestrado ministrado completamente no idioma.

 

4. Facilidade ao começar a sua graduação ou mestrado: como alguns cursos preparatórios são em áreas de estudo específicas, você já estará familiarizado com as disciplinas da grade curricular e com a terminologia do curso quando começar a sua graduação.

 

5. Fácil adaptação: Todo estudante internacional passa por um período de adaptação ao se mudar para estudar no exterior, mesmo que para alguns leve menos tempo do que para outros. O programa preparatório foi projetado para facilitar a adaptação dos estudantes tanto ao país e a cultura quanto ao sistema de ensino, e para diminuir o choque cultural que possa acontecer. O conteúdo do curso, apesar de desafiador e essencial, não é tão rigoroso quanto o de uma graduação, o que lhe ajuda a ir se acostumando gradualmente com os estudos no país.

 

6. Habilidades gerais de estudo: Além de aprender o conteúdo de base necessário a fim de se preparar para graduação e também se adaptar à cultura e ao sistema de ensino, o foundation program ajuda a aprender habilidades gerais de estudo que serão muito úteis para os estudos acadêmicos, por exemplo, como escrever os seus trabalhos e como fazer anotações durante as aulas.

 

Média de preço de uma curso preparatório no exterior

 

A taxa de ensino anual de um curso preparatório internacional geralmente é mais barata do que a de um programa acadêmico, como uma graduação ou uma pós-graduação. Os valores variam amplamente entre 2.500 a 25.000 euros por ano, dependendo do país, da cidade, da instituição, da duração e do nível dos estudos – por exemplo, genérico ou específico em uma área de estudo.

 

Apesar de não serem tão comuns, há algumas opções de bolsas de estudo para este tipo de programa também.

 

Onde fazer o seu curso preparatório?

 

Os foundation courses são populares nos Estados Unidos e Canadá, mas principalmente no Reino Unido, onde o foundation year, um ano completo de preparatório acadêmico, é obrigatório para estudantes internacionais interessados em cursar graduações em universidades do país. Se você for admitido em um bacharelado no Reino Unido, passará pelo preparatório e, ao término bem-sucedido do primeiro ano de estudos, pode passar diretamente para o segundo ano da graduação.

 

Quando não tem um foco acadêmico como os cursos exigidos aos estudantes estrangeiros, os preparatórios no Reino Unido são mais voltados para o âmbito vocacional. Segundo o UCAS, o serviço oficial de admissões em universidades e faculdades do Reino Unido, os foundation degrees são ideias para quem ainda não tem certeza sobre cursar um programa acadêmico completo, como uma graduação, ou se pretende trabalhar durante os estudos. Com um preparatório no país, “você pode ganhar habilidades profissionais e técnicas para aprofundar a sua carreira em um período de tempo mais curto do que em um programa acadêmico”.

 

Um programa preparatório vocacional completo no Reino Unido dura dois anos (ou três, se você quiser se formar com honras) e equivale a dois terços de uma graduação britânica. Para ser admitido, a experiência de trabalho prévia, industrial ou comercial, pode ser mais relevante do que suas qualificações educacionais formais.

 

Atenção: um foundation degree não é a mesma coisa que um foundation year. Apesar de ambos passarem como programas preparatórios, o degree é uma qualificação por si só, preparando os estudantes para uma carreira e equivalendo a parte de um bacharelado, enquanto o year é o programa especificamente para quem estiver interessado ou precisar se preparar academicamente antes de dar início a uma graduação.

 

Opções de universidades que oferecem cursos preparatórios no exterior:

 

 

Pesquise por cursos preparatório no exterior pelo Hotcourses Brasil. Ao encontrar alguma universidade ou curso de interesse, clique em “Mais informações” ou em “Contate a universidade” para entrar em contato direto com algum representante da instituição e tirar todas as suas dúvidas.

 

Leia também:

Programas preparatórios no Reino Unido – um passo para o seu diploma perfeito

O que é Bacharelado Internacional?

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

O que são e por que fazer os cursos preparatórios no exterior?

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

Por que estudar Direito?

Por que Direito? Esta é uma pergunta que todo aspirante a estudante da área terá de responder muitas e muitas vezes, seja no processo seletivo universitário, no processo seletivo para bolsas de estudo, em inscrições para vagas de trabalho, durante entrevistas... A lista continua! A questão pode tomar diferentes formas: por que você quer ser um advogado? Por que você a carreira em Direito é a opção certa para você? Mas, basicamente, a pergunta é a mesma.  

24163

Os diferentes tipos de MBA

Ser um profissional qualificado, atualmente, significa ter não só uma graduação como também uma pós-graduação. Independente do tipo de continuação que você pretende dar aos estudos acadêmicos, não estagnar no bacharelado já não é mais opção, é essencial. A maioria dos profissionais inseridos no mundo do business, em qualquer área ou setor, tende a optar por um MBA. Mas a princípio é importante saber: qual é a diferença entre pós-graduação e MBA?   MBA

11143

10 melhores graduações de Moda do mundo

Interessado em estudar Moda no exterior ? O Business of Fashion (BoF), considerada a bíblia da área educacional, listou as dez melhores escolas de moda no mundo para cursos de graduação. A avaliação das instituições teve como base os seguintes fatores:   Influência global: reputação, seleção de alunos e premiações; Experiência estudantil: corpo discente, recursos e ensino; Investimento a longo prazo: serviço de carreira, empregabilidade

4842

5 benefícios de fazer uma pós-graduação no exterior

Os alunos que vivenciam uma pós-graduação em uma universidade no exterior costumam ser categóricos: a experiência é de fato necessária e pode ser um divisor de águas para a carreira profissional. Cada vez mais, empresas buscam por profissionais com bagagem internacional, esperando que tenham consciência da importância da diversidade cultural e habilidade para trabalhar com pessoas de diferentes nacionalidades, empresas multinacionais e clientes do mundo todo.

3105