Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

O que é PhD: faça o seu doutorado no exterior

Saiba o que é o PhD: aprenda tudo sobre esse tipo de cursos de doutorado em universidades internacionais, o Doctor of Philosophy.

O que é PhD: faça o seu doutorado no exterior

O que é PhD? O que significa ter PhD em alguma coisa? Você também tem essas dúvidas? Aqui respondemos as principais questões sobre o que é esse tipo de doutorado no exterior, que costuma ser focado em pesquisa e te torna um especialista em uma área de estudo específica.

 

O que é PhD: encontre o seu doutorado no exterior

 

O que é o PhD?

 

O PhD é a sigla para Doctor of Philosophy. Este é o título para quem conclui um doutorado no exterior (também chamado de doctoral degree). Apesar de a tradução do termo em inglês seja “Doutor de Filosofia”, não significa necessariamente que todo profissional com um PhD é um filósofo, a não ser que tenha concluído, de fato, o doutorado na área de filosofia.

 

A abreviação vem do latim Philosophiae doctor. Philo significa amigo ou amante e sophia significa sabedoria, conhecimento. Portanto, a palavra Philosophy é usada em PhD pelo seu significado original em latim: “amor pelo conhecimento”. Ser doutor demonstra que você possui total desenvoltura e domínio sobre um assunto.

 

O PhD não é diferente de doutorado. Na verdade, ele é um tipo de doutorado. No exterior, um doctorate é qualquer pós-graduação que concede um doctoral degree, um diploma de doutorado, que representa o mais alto nível de diploma acadêmico em vários campos do saber (embora já haja o pós-doc em diversos outros).

 

Para se qualificar, você precisa produzir um trabalho avançado de pesquisa que resulte em uma tese e que proporcione uma nova contribuição significativa ao conhecimento na sua área de estudo. Com a tese aprovada, você recebe o título de “Doutor” - daí o nome.

 

O PhD é o tipo de doutorado mais comum concedido em quase todas as disciplinas em universidades ao redor do mundo. Outros tipos de doutorados tendem a ser mais especializados ou para projetos mais práticos e profissionais.

 

O que significa PhD?

 

Qual é a duração do PhD?

 

Um PhD comum costuma durar de três a seis anos, dependendo do país, universidade, área de estudo e também se você o cursará em tempo integral ou em meio período. Segundo o site Get Educated, o tempo médio de conclusão é 5,7 anos, mas há doutorandos que levam até oito.

 

Quem pode fazer um PhD?

 

De maneira geral, você precisa de um mestrado para encontrar em um PhD no exterior. É comum que os alunos de Artes e Humanas concluam um MA (Master of Arts) antes de iniciar um PhD, a fim de adquirir as experiências, conhecimentos e técnicas de pesquisa necessárias.

 

Os alunos de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM) nem sempre precisam de um MS/MSc (Master of Science) para fazer um PhD, pois obtêm treinamento em técnicas de laboratório e outras habilidades durante a sua graduação.

 

No entanto, tudo isso se aplica aos estudantes que fazem o bacharelado e/ou o mestrado já no país onde pretendem cursar também o doutorado. Se você tem uma carreira acadêmica no Brasil, por exemplo, vai passar pelo processo seletivo no exterior como um estudante internacional, então provavelmente precisará de requisitos adicionais.

 

O fato de um mestrado ser um critério para um doutorado também varia de acordo com o país. Os PhDs australianos podem exigir um mestrado como o equivalente ao seu “ano de honra” (o quarto ano opcional da graduação na Austrália é chamado de honors e os alunos se dedicam a uma pesquisa). Já os programas de PhD dos EUA geralmente exigem um mestrado.

 

Leia também: Qual é a melhor escolha de mestrado para você?

 

O que você precisa para fazer um PhD no exterior?

 

A admissão em um PhD no exterior vai considerar o desempenho acadêmico prévio do candidato e as suas habilidades de pesquisa. Algumas universidades selecionam estudantes por um processo parecido com o de mestrados – você escolhe o curso e se inscreve online, providenciando todos os requisitos exigidos.

 

Entretanto, outras recomendam que você conheça os professores da universidade e entre em contato com um deles que possa ser o seu supervisor no doutorado antes mesmo de iniciar a sua inscrição. O ideal é que esse docente tenha experiência na área que você quer estudar e possa te orientar, inclusive, na construção do projeto que você precisará submeter como parte do processo seletivo.

 

Por isso, se você está interessado em fazer um PhD no exterior, um primeiro passo seria pesquisar quais universidades são especializadas na sua área de pesquisa, identificar algum professor ideal para ser o seu supervisor e entrar em contato se apresentando e explicando a sua intenção de pesquisa.

 

Quase sempre, você também precisará de:

 

  • Proficiência no inglês (ou em outro idioma estrangeiro) : a nota mínima exigida em testes padronizados de língua inglesa, como IELTS e TOEFL, costuma ser mais alta para PhDs do que para graduações e mestrados;
  • Cartas de referência profissionais e/ou acadêmicas;
  • Personal statement;
  • Proposta de pesquisa.

 

Projeto de pesquisa

 

A proposta de projeto de pesquisa é, sem dúvida, a parte mais importante da sua inscrição. Você passará anos da sua vida dedicada a ela, portanto, precisa ser bem elaborada e definir exatamente quais são os seus objetivos:

 

  • Descreva os tópicos da sua pesquisa no contexto de seus trabalhos anteriores;
  • Destaque o seu conhecimento sobre os debates atuais dentro do campo escolhido;
  • Demonstre um nível adequado de análise;
  • Identifique lacunas relevantes no seu conhecimento atual que serão preenchidas com o PhD;
  • Sugira uma hipótese de pesquisa relevante para preencher algumas dessas lacunas apontadas;
  • Explique a sua metodologia de pesquisa pretendida em detalhes;
  • Discuta as implicações que a pesquisa de doutorado poderá ter no mundo real.

 

Como será o meu PhD no exterior?

 

O diploma de PhD é outorgado em inúmeras disciplinas. São comumente campos de estudo dos “doutorados em filosofia” as áreas de teologia, direito, medicina, psicologia, artes liberais, entre outras. Ser PhD significa ser capaz de se envolver em experiências do pensamento e da razão para solucionar problemas em sua área de estudo, de forma sofisticada; e ter domínio em pesquisa acadêmica.

 

O PhD é normalmente um curso de pesquisa pura, diferente de muitos mestrados no exterior, que envolvem também uma grade de aulas. (Inclusive, entenda a diferença entre taught master’s degree e research master’s degree.)

 

Mas isso não significa que você vai apenas passar anos trancado em uma biblioteca ou laboratório. Na verdade, o PhD moderno é uma qualificação diversa e variada com muitos componentes diferentes.

 

Um PhD típico envolve uma série de estágios:

 

  • Revisão de literatura e um levantamento dos estudos atuais em sua área;
  • Condução de pesquisas originais e coleta de resultados;
  • Produção de uma tese que apresente suas conclusões;
  • Redação da tese e envio para aprovação;
  • Defesa de tese em exame oral.

 

Esses estágios variam um pouco entre as disciplinas e universidades, mas tendem a seguir a mesma sequência ao longo dos anos de um doutorado típico em tempo integral.

 

Embora você, com certeza, passará a maior parte do seu tempo pesquisando de fato, alguns PhDs incluem também trabalhos com o seu supervisor; ajudar como assistente ou lecionar algumas aulas de graduação em vagas de Teaching Asssitant; participar de simpósios, conferências e outros eventos acadêmicos da sua área; participar de oficinas de desenvolvimento profissional, networking e comunicação; publicar trabalhos acadêmicos em jornais, livros e outras mídias; supervisionar laboratórios etc.

 

Tudo isso vai depender do país, da universidade e da área que você escolher.

 

O que é PhD? - Doutorado no exterior

 

Encontre o seu PhD no exterior

 

Agora que você já sabe o que significa PhD, encontre o seu doutorado no exterior com o nosso Selecionador de Cursos. Essa ferramenta gratuita e fácil de usar te ajuda a filtrar universidades e cursos no exterior de acordo com as suas preferências, objetivos e histórico escolar.

 

Leia também:

CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA

Leitura recomendada

article Img

Por que estudar Direito?

Por que Direito? Esta é uma pergunta que todo aspirante a estudante da área terá de responder muitas e muitas vezes, seja no processo seletivo universitário, no processo seletivo para bolsas de estudo, em inscrições para vagas de trabalho, durante entrevistas... A lista continua! A questão pode tomar diferentes formas: por que você quer ser um advogado? Por que você a carreira em Direito é a opção certa para você? Mas, basicamente, a pergunta é a mesma.  

25.4K
article Img

Os diferentes tipos de MBA

Ser um profissional qualificado, atualmente, significa ter não só uma graduação como também uma pós-graduação. Independente do tipo de continuação que você pretende dar aos estudos acadêmicos, não estagnar no bacharelado já não é mais opção, é essencial. A maioria dos profissionais inseridos no mundo do business, em qualquer área ou setor, tende a optar por um MBA. Mas a princípio é importante saber: qual é a diferença entre pós-graduação e MBA?   MBA

14K
article Img

O que são e por que fazer os cursos preparatórios no exterior?

Foundation, accesss, pathway, bridge courses ... Os  cursos preparatórios podem mudar de nome e ter algumas variações, mas sempre representam a mesma coisa: à sua introdução ao ensino superior no exterior. Isto significa que você os cursa após a conclusão do ensino médio com a intenção de se preparar para uma graduação.   Trata-se de uma qualificação vocacional ou acadêmica, dependendo do país e do objetivo do programa, oferecida em diferentes

9.1K
article Img

10 melhores graduações de Moda do mundo

Interessado em estudar Moda no exterior ? O Business of Fashion (BoF), considerada a bíblia da área educacional, listou as dez melhores escolas de moda no mundo para cursos de graduação. A avaliação das instituições teve como base os seguintes fatores:   Influência global: reputação, seleção de alunos e premiações; Experiência estudantil: corpo discente, recursos e ensino; Investimento a longo prazo: serviço de carreira, empregabilidade

6.8K