Essenciais
Estude no exterior : informações de assunto

Por que aprender a língua inglesa?

Os benefícios para a mente e a sua vida pessoal ao aprender um idioma estrangeiro e por que as proficiência no inglês é essencial

Por que aprender a língua inglesa ou outro idioma estrangeiro?
98

Você já deve estar cansado de escutar que é extremamente importante aprender inglês. Não queremos ser repetitivos, mas a verdade é que não há como evitar. A proficiência no inglês já passou de importante há muito tempo; atualmente, ela é essencial, principalmente para a sua carreira.

 

Não é fácil aprender um idioma estrangeiro. Exige um investimento significativo de tempo e dinheiro, muita dedicação, disciplina e treino. É uma empreitada de anos. Entretanto, aprender um idioma estrangeiro, qualquer um deles, traz diferentes tipos de benefícios e vantagens a todos os aspectos da sua vida.

 

6 benefícios para a sua mente de aprender um novo idioma:

 

1. Ao alternar do português para outro idioma e vice-versa repetitivamente e, de maneira geral, se acostumar com duas formas diferentes de pensar e falar, você se torna um pensador mais consciente e aprende a ouvir os outros com mais atenção.

 

2. Você aprende a se comunicar com mais eficiência e também com mais criatividade. Você já passou por uma situação em que quer falar uma palavra em um idioma estrangeiro, mas não sabe como ou se esqueceu dela, e aí precisa achar outras formas de explicar o que você está tentando dizer? Então, basicamente é isso. Você encontra novas formas de se comunicar com os outros e ainda por cima treina a criatividade.

 

3. O aprendizado do idioma estrangeiro desenvolve novas áreas do seu cérebro, deixando-o mais flexível, e fortalece a sua habilidade natural de se concentrar e processar informação. (Inclusive, uma pesquisa sueca constatou que o cérebro de quem aprende uma segunda língua cresce mais. Literalmente.)

 

4. O aprendizado do idioma estrangeiro é uma excelente atividade para desenvolver e manter as suas funções cognitivas: linguagem, memória, planejamento, percepção, raciocínio, entre outras.

 

5. Previne ou desacelera o desenvolvimento de doenças como a demência e o Alzheimer.

 

6. As pessoas que se dedicam ao aprendizado de um idioma estrangeiro aprendem a adiar a gratificação imediata em busca de metas a longo prazo e compreendem o significado de trabalhar duro por um objetivo maior.

 

5 benefícios para a sua vida pessoal de aprender um idioma estrangeiro

 

Como saber falar outra língua influencia diretamente a sua vida pessoal? Já dá para se ter uma ideia a partir dos benefícios de uma mente desenvolvida listados acima. Mas tem mais!

 

1. Ao se permitir aprender um idioma estrangeiro, você abre as portas do mundo. Mesmo com uma fluência básica você já tem acesso a novas ideias, conteúdo, informações e notícias de outras culturas. Não só isso, a experiência te faz enxergar o mundo de maneira diferente e muito mais ampla porque cada língua tem o seu próprio vocabulário. Algumas têm palavras inexistente em qualquer outro idioma, o que lhe proporciona uma base maior para explorar tudo ao seu redor e dar atenção a detalhes antes despercebidos.

 

Conheça palavras incríveis que não existem no inglês.

 

2. Você pode ter contato direto com produtos culturais de outros países, como músicas, filmes, documentários, mídias sociais, etc.

 

3. Você aprende novas culturas e costumes de outros países, principalmente dos que possuem o idioma como língua oficial, e desenvolve a empatia ao ter contato com realidades tão distintas.

 

4. Você pode viajar com mais tranquilidade e segurança para outros países por ser capaz de se comunicar com os estrangeiros de maneira mais eficiente – sem precisar recorrer tanto à mímica. Além disso, possibilita que você faça amizade com pessoas interessantes de diferentes nacionalidades, ampliando ainda mais a sua percepção de mundo e tornando-se uma pessoa mais tolerante e culturalmente consciente.

 

5. Falar duas línguas é quase como ter duas personalidades, mas no bom sentido. Estudos já comprovaram que os bilíngues se tornam pessoas sutilmente diferentes (ou não tão sutilmente assim) quando estão se comunicando no idioma estrangeiro. Uma explicação possível é que as personalidades das pessoas e a imagem que elas fazem delas mesmas mudam de acordo com a língua e as associações culturais ligadas a elas.

 

Cada cultura tem o seu conjunto de expectativas de como as pessoas devem agir e se expressar, de modo que pode ser que um idioma específico nos estimule subconscientemente a nos vermos pelo “filtro” dos costumes culturais que associamos à língua. Com isso, aprender um novo idioma faz com que você se conheça melhor e explore quem você é, criando uma nova dimensão de si próprio.

 

Por que é importante aprender o inglês?

 

A maioria dos benefícios listados acima valem para o aprendizado de qualquer língua estrangeira, no entanto, nos focaremos no inglês. Idioma oficial de 53 países com mais 370 milhões de falantes nativos, ela não é a língua mais falada do mundo, ficando atrás do chinês/mandarim e do espanhol. No entanto, ela ainda é considerada a língua universal. As razões para isso são históricas, desde a colonização britânica à dominação cultural, econômica, política e militar dos Estados Unidos nos séculos 20 e 21.

 

Outro possível motivo é que o inglês é mais acessível do que demais idiomas: não tem gênero, nenhuma morfologia complicada e é escrito com o alfabeto romano. Em contraponto, como aponta o site Emmersion Learning, este fator é um tanto subjetivo, afinal, o idioma também tem um vocabulário extenso, uma ortografia altamente inconsistente, verbos irregulares, algumas pronúncias complicadas como o “th”, entre outras coisas que confundem os não nativos.

 

Mesmo assim, o inglês continua relevante. Apenas com a proficiência na língua você consegue comunicar-se com pessoas no mundo inteiro porque, independente de onde você estiver, sempre haverá alguém que também sabe inglês. Na maioria das cidades turísticas do mundo, as pessoas aprendem pelo menos o básico para poder se comunicar com os turistas em restaurantes, lojas, museus e qualquer outro lugar normalmente visitado por eles.

 

No Brasil, a fluência é exigência mínima para quem quer concorrer a vagas em inúmeros setores, desde a administração de empresas, jornalismo e relações públicas até engenharia e computação, particularmente em empresas multinacionais ou com carteiras de clientes internacionais. É também uma necessidade para quem quer seguir uma carreira acadêmica e científica, uma vez que os principais trabalhos mundialmente são publicados em inglês.

 

Agora, se a sua intenção for alavancar uma carreira internacional, a fluência deixa de ser uma exigência mínima para ser uma obrigação máxima. O mesmo acontece com quem tem interesse de fazer uma graduação ou pós-graduação no exterior.

 

Neste artigo, nós já explicamos a importância do inglês para uma carreira internacional. Basicamente, em nosso mundo crescentemente globalizado, o profissional com proficiência na língua inglesa tem mais chances não só de ser selecionado no processo seletivo, como também crescer dentro da empresa e ser transferido para uma filial em outro país.

 

Já no âmbito acadêmico, o resultado em um teste de proficiência no inglês é um dos documentos obrigatórios para a seleção no exterior, em grandes destinos de estudo como Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, Malta e até mesmo em países não nativos no inglês, como Alemanha, Suécia e Hong Kong.

 

Além disso, outros testes padronizados de admissão são aplicados na língua inglesa, mesmo aos estudantes internacionais, como o SAT, ACT, MCAT (medicina), GMAT (gestão e MBA) e LSAT (direito).

 

Universidades que oferecem cursos de inglês

 

Depois de tudo isso, você ainda tem desculpas para não aprender inglês? Nós selecionamos algumas universidades, institutos e escolas renomadas que oferecem cursos preparatórios de inglês. Confira a seguir:

 

 

Pesquise outras opções aqui!

 

Leia mais:

10 dias para melhorar o seu inglês antes de ir estudar no exterior

Meu inglês é bom o suficiente para estudar no exterior?

Um curso de inglês de curta duração no exterior é suficiente para aprender o idioma?

Como escolher o seu curso de inglês na Irlanda

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

Por que aprender a língua inglesa ou outro idioma estrangeiro?

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.

Leitura recomendada

Por que estudar Direito?

Por que Direito? Esta é uma pergunta que todo aspirante a estudante da área terá de responder muitas e muitas vezes, seja no processo seletivo universitário, no processo seletivo para bolsas de estudo, em inscrições para vagas de trabalho, durante entrevistas... A lista continua! A questão pode tomar diferentes formas: por que você quer ser um advogado? Por que você a carreira em Direito é a opção certa para você? Mas, basicamente, a pergunta é a mesma.  

23685

Os diferentes tipos de MBA

Ser um profissional qualificado, atualmente, significa ter não só uma graduação como também uma pós-graduação. Independente do tipo de continuação que você pretende dar aos estudos acadêmicos, não estagnar no bacharelado já não é mais opção, é essencial. A maioria dos profissionais inseridos no mundo do business, em qualquer área ou setor, tende a optar por um MBA. Mas a princípio é importante saber: qual é a diferença entre pós-graduação e MBA?   MBA

9937

10 melhores graduações de Moda do mundo

Interessado em estudar Moda no exterior ? O Business of Fashion (BoF), considerada a bíblia da área educacional, listou as dez melhores escolas de moda no mundo para cursos de graduação. A avaliação das instituições teve como base os seguintes fatores:   Influência global: reputação, seleção de alunos e premiações; Experiência estudantil: corpo discente, recursos e ensino; Investimento a longo prazo: serviço de carreira, empregabilidade

3791