Essenciais
Estude no exterior : Visto

10 dicas sobre o visto de estudante

Você está pensando em estudar no exterior? Confira 10 informações úteis para solicitar o seu visto de estudante.

10 dias para tirar o seu visto de estudante
250

A educação internacional é cada vez mais atraente para centenas de pessoas do mundo inteiro. Estudar no exterior promete inúmeros benefícios no desenvolvimento pessoal e profissional de qualquer pessoa. Uma aventura que vai mudar sua vida completamente com experiências inesquecíveis.

 

Dependendo da sua nacionalidade e do país de destino, o visto de estudante será um elemento essencial quando começar a planejar o seu intercâmbio. Sem dúvida, é um dos tipos mais comuns de vistos, principalmente entre as milhares de pessoas que sonham em estudar fora.

 

estudar no exterior

 

O visto de estudante pode desbloquear o destino acadêmico dos seus sonhos. Um documento oficial que lhe permitirá estudar legalmente em outro país durante um determinado período de tempo. Cada país tem seu próprio visto, com requisitos e características específicas, portanto, o que você irá precisar dependerá, na maioria dos casos, do país de destino e do tipo de programa acadêmico escolhido.

 

Se você está mesmo pensando em sair da sua zona de conforto e sonha em fazer um intercâmbio, listamos 10 dicas úteis para a solicitação do seu visto de estudante.

 

1. A informação é a base essencial do seu processo de estudo

 

Em qualquer um dos estágios de aplicação do seu programa de estudos, você deve se certificar de que está bem informado. Embora seja importante conhecer os detalhes sobre seu curso acadêmico, a faculdade ou universidade de sua escolha, as questões relativas ao visto não devem ser exceção.

 

Um dos primeiros passos é a busca por orientação e consultoria da sua futura universidade internacional. As instituições acadêmicas têm uma equipe de consultores estudantis dispostos a participar e apoiá-lo nesta etapa, que é, com certeza, uma das mais importantes da sua vida.

 

Ao entrar em contato com seu consultor acadêmico, tire todas as suas dúvidas, assim você será capaz de entender todos os detalhes de todo o processo, esclarecer seus receios e evitar erros ou retrocessos durante sua aplicação.

 

Em relação ao visto de estudante, é essencial que você consulte seu orientador com questões do tipo:

 

  • Que tipo de visto a instituição acadêmica exige de acordo com o programa da sua escolha?
  • Que tipo de documentação acadêmica você deve apresentar ao solicitar seu visto?
  • Quais são as diretrizes básicas a seguir durante o processo de solicitação de visto?

 

Além de qualquer outra pergunta que você possa ter.

 

Você também pode obter conselhos de agências especializadas em procedimentos de vistos ou na embaixada / consulado do país de destino em sua cidade.

 

É importante ter em mente que nem todos os países têm uma embaixada ou consulado em cada parte do mundo, então você deve descobrir se pode encontrar um dos dois em sua cidade ou estado.

 

Além disso, claro que você pode procurar online todos os tipos de informações relacionadas ao pedido do seu visto. Mas tenha certeza de que você está consultando sites oficiais. Outra opção é entrar em contato com a equipe da embaixada ou consulado por telefone ou e-mail.

 

2. Descubra os requisitos para solicitar seu visto

 

Como mencionado acima, cada país tem seus próprios requisitos e características de visto. No entanto, todos eles compartilham algumas condições comuns.

 

Após sua pesquisa, faça uma lista de todos os requisitos que você deve cumprir para solicitar seu visto de estudante. As condições podem variar de acordo com o tipo de programa de estudo, que vão desde cursos de línguas, estudos vocacionais ou técnicos até cursos de graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado.

 

A princípio, pode parecer um processo complexo e distante, pode até se tornar um pouco frustrante, mas a realidade é que atender aos requisitos do visto de estudante é muito mais fácil em comparação com outros tipos de visto de longo prazo.

 

Na maioria dos casos, você deve enviar os seguintes documentos, consultando simultaneamente as outras condições que devem ser atendidas de acordo com o seu país de destino.

 

  • Formulário de pedido de visto - preencha o formulário apropriado.
  • Carta de admissão ao programa acadêmico de sua faculdade ou universidade no exterior.
  • Certificado bancário para comprovação financeira.
  • Certificações de estudos anteriores - certificado de graduação, cursos ou diplomas.
  • Certificado oficial de proficiência em um idioma estrangeiro.
  • Registro criminal.
  • Fotografias coloridas do tamanho do passaporte com fundo branco.

 

3. Preço do visto

 

As taxas e custos para a emissão do visto de estudante dependem do seu local de destino e nacionalidade. Os preços variam de acordo com o país para o qual você está viajando e o tipo de moeda utilizado.

 

Em alguns dos destinos mais populares dentro da comunidade acadêmica internacional, os preços variam de US$ 115 para o visto canadense, US$ 180 para o visto da Nova Zelândia e US$ 420 para o visto australiano.

 

Depois de identificar as taxas que você terá que pagar pelo visto de estudante e pelos dados biométricos, é importante examinar os diferentes métodos de pagamento. Você provavelmente terá a oportunidade de pagar online diretamente pelo site oficial da embaixada. Caso contrário, você deve ir ao consulado ou à embaixada do país de destino em sua cidade para fazer a transação.

 

4. Defina uma linha do tempo para o seu pedido de visto

 

Recomendamos que você defina um cronograma com cada um dos estágios do seu processo de inscrição, o que te ajudará a se preparar com antecedência e ter em mente os prazos de cada etapa, evitando contratempos.

 

Elabore seu calendário e agenda para participar de consultorias com seus orientadores acadêmicos, definir prazos para a coleta de documentos necessários, delimitar as tarefas pendentes e agendar sua entrevista com antecedência na embaixada.

 

O tempo é um dos recursos mais valiosos quando se solicita um visto de estudante, por isso não perca um minuto para realizar seus sonhos.

 

5. Documentos apostilados e traduções certificadas

 

É provável que você precise de um tradutor juramentado para traduzir seus documentos. Isso pode ser um passo inevitável, dependendo do país de destino. Ao mesmo tempo, a legalização por apostila de alguns certificados é fundamental no seu pedido de visto, descobrir quais documentos você deve legalizar e apostá-los online através do site oficial da chancelaria de seu país ou pessoalmente identificando o cartório mais próximo.

 

Esse tipo de documentação permite que países estrangeiros reconheçam a legalidade de seus documentos e certificações brasileiros. Além disso, implicam uma despesa adicional para os custos do visto, portanto, é importante preparar um orçamento que inclua todos os tipos de despesas extras.

 

6. Prepare-se para a entrevista

 

Sua entrevista na embaixada é uma das fases determinantes durante o processo. Recomendamos que você esteja bem preparado para obter o sucesso desejado.

 

Aqui vão algumas dicas para se preparar:

 

·         Cuide da sua apresentação pessoal - use as roupas adequadas para uma entrevista.

·         Evite distrações e preste atenção ao entrevistador e suas perguntas.

·         Mantenha a calma e fale com sinceridade.

·         Seja específico e concreto com suas respostas.

·         Seja pontual – o atraso, neste caso, pode significar o cancelamento da sua entrevista.

 

Além disso, não esqueça de levar toda a documentação organizada e preparar suas respostas. Passar uma imagem de segurança permitirá que realize seu sonho de fazer um intercâmbio.

 

7. Saiba mais sobre o seu programa de estudo

 

Sua intenção de estudar no exterior será o tópico principal durante sua entrevista com o funcionário da embaixada, portanto, conhecer os detalhes mais relevantes sobre seu programa de estudos, instituição de ensino e país de destino será essencial.

 

Fale sobre o tipo e a duração do programa a ser realizado, bem como as razões pelas quais você escolheu seu curso e especificamente seu destino de estudo, para demonstrar que sua intenção é de estudar e não de ir viver no país.

 

O ideal é destacar os dados mais relevantes para você durante a entrevista, por exemplo: Qual é a localização da instituição de ensino? O quão você está apaixonado por seu programa acadêmico? Quais são as suas expectativas em relação à experiência de estudar no exterior? E assim por diante.

 

8. Prepare a documentação adicional para sua viagem

 

Embora já tenhamos mencionado alguns dos documentos que você deve ter como requisito para solicitar o visto, existe outro tipo de documentação adicional que você deve preparar:

 

- Ter um seguro médico é obrigatório durante a sua estada em um país estrangeiro, para que você possa garantir sua assistência médica em caso de emergência. Em alguns casos, você pode adquirir um com a ajuda da faculdade ou universidade de sua escolha, caso contrário, existem companhias de seguros que prestam esse serviço.

 

- Alguns países, como o próprio Brasil, exigem um certificado de vacinas no aeroporto para entrar em seu território. Descubra se você deve cumprir qualquer requisito para entrar no país.

 

- Se você é menor de idade, provavelmente deve preparar ainda mais documentos, incluindo: certidão de nascimento e a carta de autorização dos pais para você sair do país.

 

9. Seja paciente e permaneça otimista

 

Se você quer fazer um intercâmbio e estudar no exterior, precisa ser muito paciente em cada uma das etapas necessárias. Durante os processos de inscrição no programa, pedido de visto ou busca de um local para morar, você terá que esperar algum tempo e irá riscar vários itens da sua lista até chegar ao seu primeiro dia de aulas em outro país.

 

Um sonho não é realizado da noite para o dia, por isso, ser paciente e persistente será essencial para que você atinja seus objetivos. Estudar no exterior é muito mais simples do que parece e é uma experiência que vale a pena ser vivida, então tente se manter otimista.  Isso vai ajudar a passar por cada etapa com calma e reduzir o nervosismo durante a espera.

 

10. Depois de obter seu visto de estudante

 

Se você seguir todos os nossos conselhos, você certamente obterá o visto de estudante sem grandes inconvenientes. Após o seu visto ser aprovado, o que normalmente ocorre logo após a entrevista, você deve esperar em casa por alguns dias para obter seu passaporte e visto pelo correio, em alguns casos, o visto pode ser eletrônico e enviado via e-mail.

 

Seu passaporte e visto são os documentos que o identificam como um estudante internacional, portanto você deve cuidar deles durante toda a sua estadia no exterior. Evite ao máximo qualquer contratempo com sua documentação. Em caso de roubo ou perda, você deve entrar em contato com o consulado do seu país no destino o mais rápido possível. Você receberá a assistência e orientação sobre como proceder.

 

Finalmente, com a aprovação do seu visto de estudante, você estará pronto para começar seu intercâmbio. Ao estudar em um país estrangeiro, inúmeras oportunidades no mercado de trabalho global podem ser abertas para você no futuro.

 

O que você está esperando para tornar seu sonho realidade?

 

Leia também:

Psicóloga especializada em RH explica porque empresas contratam quem já estudou no exterior

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Selecione país
Graduação
SOBRE O AUTOR

10 dias para tirar o seu visto de estudante

Editor - colaborador