Essenciais
Austrália: Destino de Estudo

As imagens símbolo da Austrália

4783

 

Qual é a primeira coisa que lhe vem à mente quando o assunto é Austrália? Deixe-me adivinhar: praia, canguru ou coala. Acertei? Estas imagens representam este país assim como “futebol, praia e carnaval” são relacionados à imagem da cultura brasileira. E mesmo o país sendo muito mais do que isso, estas imagens padrões australianas têm uma razão de serem associadas ao continente-ilha.

 

Praias paradisíacas

 

Compreendido como a menor área continental do mundo, o país é banhado por diferentes águas por todos os 50 mil km de costa (oceano Índico, mar do Timor, mar de Arafura, Estreito de Torres, entre outros). São paisagens paradisíacas que formam a identidade do país e são costumeiras na vida dos australianos: quase três quartos da população vivem em áreas metropolitanas e zonas costeiras. Além disso, são chamarizes de turistas do mundo todo. Um fator vantajoso para o turismo no país é que as praias nunca lotam devido à relação entre habitantes e quilômetros de litoral: a densidade populacional, de 2,8 habitantes por quilômetro quadrado, está entre as mais baixas do mundo (embora uma grande parte da população esteja concentrada no litoral do sudeste).

 

E é pela abundância de praias e pelas ondas monstruosas que a Austrália é famosa mundialmente pelo surfe, além de ter o maior número de campeões mundiais no esporte. As melhores praias para se praticar este esporte radical na Austrália estão em Gold Coast (cidade de universidades como a Bond University, Escola de Idiomas de Gold Coast e Instituto de TAFE de Gold Coast), em Queenland; no litoral norte do Estado de Nova Gales do Sul; e a sudeste de Melbourne (local de diversas universidades, entre elas a Faculdade de Administração de Melbourne, a Faculdade de Cabelo e Beleza de Melbourne e o Instituto de Tecnologia de Melbourne), em Victoria.

 

Os símbolos da fauna australiana

 

A abundância dos famosos mamíferos marsupiais na fauna australiana se dá devido à separação entre continente e outras massas terrestres antes que estes animais pudessem se estabelecer em diferentes áreas. Há 55 espécies de cangurus, animal-símbolo da Austrália, habitando todo o continente-ilha, e são cuidadosamente monitoradas. Estes animais também fazem parte da culinária: a carne de canguru é um famoso prato australiano. Já os coalas são encontrados exclusivamente na Austrália, principalmente no sudeste e nordeste, e estão em via de extinção desde o início da colonização inglesa. É por este motivo, que o governo australiano tem um forte sistema de proteção animal e mantém inúmeros zoológicos e parques de vida selvagem nas maiores cidades e centros turísticos. A visita a estes centros de proteção animal é bastante popular entre turistas, assim como passeios nos habitats naturais.

 

Aussies

 

O termo aussie é comumente usado para referir-se aos australianos. Os cerca de 22 milhões de habitantes são multiculturais, com quase 90% da população tendo descendência européia e mais de 20% nascidos no estrangeiro (principalmente no Reino Unido, Nova Zelândia, Itália, Vietnã e China). O que, na formação da Austrália, era representado por cerca de 250 nações individuais de aborígenes, hoje a população indígena do país tem pouco mais de 400 mil pessoas. Mesmo assim, eles têm importante papel na formação cultural do país.

 

A Austrália é muito urbanizada: 85% dos habitantes vivem em cidade, sendo que 40% concentram-se nas metrópoles Sydney e Melbourne.

 

Conheça mais sobre famosas cidades australianas

Saiba as mudanças para a concessão do visto de estudante para a Austrália

Como se inscrever para um curso na Austrália

 

Estudar na Austrália

GRATUITO

Ebook ‘Estudar na Austrália’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar na Austrália em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Pesquise por cursos

Austrália
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.