Essenciais
Canadá: Inscrevendo-se em uma universidade

As melhores dicas para a sua inscrição em uma universidade do Canadá

Coordenadores da University of Ottawa dão dicas importantes para o seu processo seletivo no Canadá

As melhores dicas para a sua inscrição em uma universidade do Canadá
700

Antes de aproveitar de todos os benefícios de estudar no Canadá, você vai precisar passar primeiramente pelo processo seletivo universitário – e essa nem sempre é uma tarefa fácil. O Canadá é o destino mais popular entre os estudantes brasileiros nos dois últimos anos, no entanto, o sistema de ensino superior do país é um pouco diferente de outros grandes destinos de estudo internacionais.

 

A maioria das pessoas acredita que as atividades extracurriculares e experiências de trabalho voluntário são os fatores mais importantes para a seleção – porque de fato são essenciais nos Estados Unidos e em outros países. Mas no Canadá são as suas notas que definirão o seu sucesso.

 

Para entender o processo seletivo e oferecer as melhores dicas sobre a admissão no Canadá, o Hotcourses conversou com dois profissionais da University of Ottawa, Marc-André Gougeon, Coordenador de Iniciativas Estratégicas e Desenvolvimento de Mercado, e com Irene Xia Zhou, Coordenadora de Integração e Sucesso Acadêmico.

 

 

Como é o processo seletivo para estudantes internacionais no Canadá? É parecido com o dos Estados Unidos, no qual o candidato deve escrever uma carta de motivação (essay ou personal statement)?

 

Marc-André Gougeon: Na verdade, o processo seletivo do Canadá é um pouco diferente em comparação ao de outros países, como o dos Estados Unidos, por exemplo. Para a maioria das instituições canadenses, não é necessário escrever uma essay para a admissão, porque ela é amplamente baseada nas notas dos candidatos.

 

Mesmo assim, há cursos que exigem informações adicionas. Por exemplo, se você estiver se inscrevendo em um curso de artes visuais ou arquitetura em universidades diferentes, precisará de um portfólio. Ou se for se inscrever em um curso de música, pode ser que tenha de passar por uma audição. Mas para a maioria das graduações a exigência mais importante são notas boas no ensino médio. Além disso, as universidades analisarão os resultados em um teste de proficiência em um idioma [no Canadá, pode ser o inglês ou o francês, dependendo da instituição e localização].

 

Assim, o processo de inscrição pode variar. Algumas instituições aceitarão inscrições diretas. Mas nem sempre este é o caso. Aqui na Universidade de Ottawa, por exemplo, nós estamos localizados na província de Ontário, portanto, os estudantes devem se inscrever pelo serviço central chamado Ontario Universites’ Application Centre (OUAC). Todas as inscrições são feitas por meio de um portal online e depois enviadas para as diferentes universidades escolhidas pelo candidato.

 

Existem diferentes seções na inscrição, como as informações biográficas – nome e endereço –, e também uma de atividades extracurriculares. Esta será para tudo o que você tiver feito ao longo dos estudos, então, se você praticar um esporte ou tiver feito trabalho voluntário, por exemplo, o formulário pedirá que você informe essas experiências, mas nós nem sempre consideramos estas informações quando avaliamos as inscrições. São detalhes que usamos quase para “preencher lacunas”. Por isso, se alguém tiver tirado um ano sabático, nós queremos saber o que ele/ela fez nesse tempo – seja um trabalho voluntário no exterior ou qualquer coisa do tipo.

 

Mas, no geral, trata-se de um formulário de inscrição genérico, você tem que preencher informações pessoais básicas, apontar qual curso você quer fazer, indicar a última escola que você frequentou e coisas do tipo.

 

 

O que os estudantes internacionais podem fazer para que a sua inscrição se destaque dentre as demais?

 

Irene Xia Zhou: Existe um sistema de avaliação de médias para inscrições, que é muito importante não só para a Ottawa, mas para a maioria das instituições. Os estudantes de graduação precisam se certificar de que sua média é boa e atende aos requisitos para a admissão. Eles não precisam providenciar nenhuma informação sobre histórico profissional, experiência de voluntariado ou até mesmo cartas de recomendação, que são necessárias para a admissão em pós-graduações.

 

Os candidatos a pós-graduações têm mais trabalho para se inscrever em um curso no Canadá do que os de graduação, porque eles precisam providenciar mais documentos e comprovar experiências prévias para serem considerados. Neste sentido, a competição é maior para os estudantes de pós-graduação porque eles precisam bem mais do que notas altas – precisam comprovar histórico profissional, experiências voluntárias e habilidades.

 

Marc: Para a maioria das universidades canadenses, ter boas notas é a melhor maneira de se destacar. Eu obviamente não posso falar em nome de todas as universidades do país, mas aqui na Universidade de Ottawa, as atividades extracurriculares, esportes e trabalhos voluntários não necessariamente irão ajudar na sua inscrição inicial, mas certamente ajudarão se você estiver se inscrevendo em uma bolsa de estudo internacional. Mesmo assim, as bolsas de estudo também exigem notas altas.

 

O que acontece se vocês recebem um fluxo de inscrições de candidatos com notas altas? Vocês consideram outros fatores?

 

Irene: Não acredito que outros fatores seriam considerados porque, digamos que os candidatos façam suas inscrições em períodos diferentes, elas são avaliadas caso a caso e em tempo hábil. Se alguém se inscreve antes de outros candidatos, obviamente a sua inscrição será avaliada primeiro. Se este candidato for admitido e a cota de vagas para o curso for atingida, o próximo estudante a se inscrever terá que considerar a sua segunda opção de curso.

 

De acordo com a sua experiência, há alguma dica importante para quando o estudante estiver preenchendo o formulário de inscrição?

 

Irene: Um conselho essencial para qualquer estudante que estiver se inscrevendo em qualquer universidade é para se familiarizar com as equivalências. Os sistemas educacionais do mundo são muito diferentes e os níveis de estudo também. Assim, digamos que se você estiver vindo de outro país e você quer cursar um diploma acadêmico ou equivalente no Canadá, o seu histórico escolar deverá ser avaliado pelo departamento de admissões ou outra agência, dependendo da instituição.

 

É importante ter isso em mente, porque às vezes o candidato pode ser extremamente qualificado em seu país de origem, mas no Canadá, devido ao sistema de credenciais e à avaliação do histórico escolar, eles não conseguem se igualar ao mesmo nível de qualificação.

 

Também é importante compreender como o processo seletivo funciona e quais são os primeiros passos. A maioria dos sites tem essas informações, então você precisa entendê-las e seguir cada um dos passos adequadamente e não deixar nada incompleto para que sua inscrição não deixe de ser avaliada.

 

Vocês priorizam inscrições preenchidas por agentes em nome dos estudantes ao invés das inscrições preenchidas pelos próprios estudantes?

 

Irene: Esta escolha depende dos estudantes, porque são eles que terão de pagar por um agente. Eles podem ajudar a compreender o processo seletivo ou com problemas técnicos que o candidato possa enfrentar. A maioria dos estudantes não recebe a ajuda de um agente e prefere se inscrever por conta; e se eles tiverem qualquer dúvida ou dificuldade, nós podemos ajudá-los.

 

Nós temos serviços de suporte e podemos ajudar os estudantes internacionais em relação aos requisitos para a admissão.

 

Vocês têm um processo para confirmar as notas que são enviadas pelos candidatos internacionais?

 

Irene: Os candidatos internacionais enviarão suas notas à Secretaria de Admissões em formato PDF, para que possamos avaliar os arquivos. No entanto, estes estudantes devem entregar pessoalmente ou por correio os seus históricos escolares oficiais em um envelope selado com o carimbo das instituições que os emitiram. É assim que a Secretaria de Admissões consegue verificar a autenticidade das notas.

 

Fonte: Artigo de Safeera Sarjoo para o Hotcourses Abroad (traduzido e adaptado por Brenda Bellani).

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Canadá
Graduação
SOBRE O AUTOR

As melhores dicas para a sua inscrição em uma universidade do Canadá

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.