Essenciais
Canadá: Últimas notícias

Canadá e Austrália facilitam visto de trabalho após estudos

Governos do Canadá e da Austrália divulgam novas regras que facilitarão a solicitação do visto de trabalho após a conclusão dos estudos no país, mesmo que tenham sido cursados online.

Canadá e Austrália facilitam visto de trabalho após estudos

Na última semana, tanto o governo do Canadá quanto o da Austrália publicaram notas oficiais com mudanças nas regras dos seus respectivos vistos de trabalho após os estudos, que permitem a extensão da estadia após a conclusão de algum curso do país para conseguir uma experiência profissional. Ambos facilitarão a concessão do visto, mesmo que os estudantes internacionais tenham de completar os estudos de modo online por consequência da pandemia da Covid-19.

 

Estudar no exterior: baixe catálogos universitários de graça

 

Mudanças similares já haviam sido anunciadas pelo Reino Unido na metade do ano, que passarão a valer a partir de abril de 2021. Com o novo programa britânico de post-study work visa, os estrangeiros que atenderem aos requisitos de conclusão de uma graduação ou mestrado no país se qualificam para continuar por dois anos a mais no Reino Unido e procurar por um trabalho. Já quem termina um doutorado (PhD) em uma universidade britânica consegue uma extensão de três anos.

 

Entenda as mudanças nas regras do Canadá e da Austrália a seguir!

 

Visto de trabalho após os estudos no Canadá

 

Visto de trabalho após os estudos no Canadá

 

O Departamento Federal de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá anunciou novos critérios de qualificação para os vistos de trabalho após os estudos, chamados de post-study work permit ou apenas PGWP no Canadá. O intuito é ajudar os estrangeiros que não puderam começar ou continuar as aulas presenciais no país devido às restrições de viagens internacionais como medida de segurança.

 

Com as novas regras, qualquer período de estudos cursados online fora do Canadá desde a primavera de 2020 agora conta na duração do seu PGWP canadense. Os estudantes internacionais não terão mais esse tempo reduzido no visto, como acontecia antes. A nova medida é válida até o dia 3º de abril de 2021.

 

Segundo o site oficial canada.ca, se você tem todos os requisitos adequados para conseguir o seu PGWP, você ainda poderá solicitá-lo se:

 

  • Suas aulas presenciais no Canadá passaram para o formato exclusivamente online e você terá de começar ou continuar os estudos virtualmente por causa da Covid-19, ou;
  • Se você precisou suspender os seus estudos ou estudar por meio período durante os semestres de inverno, primavera ou verão de 2020 por causa da Covid-19.

 

Isso facilita a vida de todos os estudantes internacionais que estavam estudando ou pretendiam estudar no Canadá presencialmente, mas foram obrigados a dar início ou continuar o curso online em 2020.

 

Se você ainda nem viajou para o Canadá por conta das restrições de viagem, mas gostaria de ter acesso ao PGWP, precisa ter um dos quatro requisitos:

 

  • Já ter um visto de estudo (chamado de study permit no Canadá);
  • Ter sido aprovado para um study permit;
  • Já ter solicitado um study permit antes de começar o seu curso canadense no semestre de primavera, verão ou outono de 2020, ou;
  • Planejar solicitar o seu study permit antes de começar o seu curso canadense no semestre com início em janeiro de 2021.

 

Caso atenda a um desses critérios, todo o período cursado fora do Canadá desde a metade de 2020 agora passa a contar na duração do seu PGWP. Antes, valeria apenas o período estudado online após a aprovação do seu study permit.

 

Para solicitar o seu post-study work permit (PGWP), você precisará de uma carta de conclusão e o seu histórico final do curso canadense.

 

Leia também: Como funciona o novo ensino híbrido adotado pelas universidades durante a pandemia

 

Quanto do seu curso canadense você pode concluir online?

 

De acordo com o site oficial canada.ca, isso depende da data de início e da duração do seu curso de uma instituição canadense.

 

  • Curso de curta duração com início entre maio e setembro de 2020: você pode concluir 100% dos seus estudos online, desde que o curso tenha de oito a 12 meses e você o tenha iniciado entre os meses de maio e setembro de 2020.
  • Curso de 12 meses ou mais OU curso de curta duração com início antes de maio de 2020: você pode concluir 50% os seus estudos online até o dia 31 de abril de 2021; o restante deve ser cursado no Canadá.
  • Dois cursos canadenses: você pode concluir 50% dos seus estudos online até o dia 31 de abril de 2020. Mas, para isso, precisa terminar os dois cursos em até dois anos em instituições reconhecidas como Designated Learning Instittutions pelo governo do Canadá; um dos cursos deve ter começado entre maio e setembro de 2020; e cada um dos dois programas precisam atender a todos os requisitos de qualificação ao PGWP e ter pelo menos oito meses de duração.

 

Saiba mais sobre o PGWP do Canadá aqui.

 

Visto de trabalho após os estudos na Austrália

 

Visto de trabalho após os estudos na Austrália

 

Entre as novas regras no Visto Temporário Após Graduação (Subclasse 485) anunciadas pelo governo australiano, agora há a possibilidade de conseguir o visto mesmo não estando na Austrália por causa das restrições de viagem e os estrangeiros não precisarão mais possuir um visto de estudante seis meses antes de solicitar um visto 485.

 

Temporary Graduate Visa, integrante da subclasse 485, é o visto que permite a estadia adicional temporária de alunos internacionais para viver e trabalhar após concluírem os estudos na Austrália.

 

Ele é dividido em dois formatos:

 

1. Graduate Work: Para estudantes internacionais que concluírem uma graduação recentemente e que apresentem habilidades e qualificações relevantes para ocupações específicas em demanda na Austrália. Com ele, você pode viver, estudar e trabalhar no país temporariamente por até 18 meses.

 

2. Post-Study Work: Para estudantes internacionais que concluíram um curso acadêmico de uma instituição da Austrália recentemente. Com ele, você também pode viver, estudar e trabalhar no país temporariamente, no geral por dois a quatro anos dependendo da sua formação.

 

Os vistos da Subclasse 485 passaram por alterações que valerão aos estudantes que foram afetados pela Covid-19. O governo australiano agora permite que:

 

  • Os estudos cursados online fora da Austrália como resultado das restrições de viagens em decorrência do coronavírus contem como Requisito de Estudo Australiano para titulares de vistos de estudantes, tanto novos quanto já existentes;
  • Os estudantes já graduados afetados pelas restrições de viagens em decorrência do coronavírus solicitem e conquistem um visto Temporary Graduate fora da Austrália, se tiverem todos os requisitos necessários.

 

Os estudos online fora da Austrália valerão a partir do momento da concessão do seu visto de estudante. Se você estiver se inscrevendo em um visto de Subclasse 485 de fora do país, precisa ter ou ter tido um visto de estudante nos últimos 12 meses.

 

Notícias do mundo da educação global

 

Mantenha-se informado sobre o mundo da educação global. No nossa página de notícias para estudantes internacionais, você encontra todas as atualizações sobre estudar no exterior durante a pandemia, como as universidades dos principais destinos de estudo estão se adaptando à situação e muito mais!

 

Leia também:

Reino Unido entenda o novo sistema de pontos para ter o visto de estudante

Trabalhar após os estudos: as opções nos principais destinos no exterior

3 fatores sobre estudar no exterior em tempos de Covid-19

CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA